Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Banner billboard Saldos 2019
24
Nov18

Drama da porta aberta

| O Informador

porta aberta.jpg

Desde pequeno que me lembro que a porta de casa, ao longo do dia, sempre tem de estar aberta. Acreditem que aos trinta continuo sem perceber a razão da necessidade de estarem com a porta de casa aberta quando existem janelas mesmo ao lado. 

Seja Verão ou Inverno, faça chuva ou sol, com frio ou calor, a porta é aberta, nem sempre e muito raramente de forma total mas a verdade é que uma nesga tem de estar aberta para que «o ar circule». Já expliquei que a janela resulta bem melhor e assim podemos estar fechados em casa, não existindo necessidade de deixar portas disponíveis para qualquer pessoa se aproximar e quase entrar sem nos darmos conta.

E quando está calor, a casa está fresca, uma ventoinha está ligada e mesmo assim abrem a porta que acaba por deixar entrar o ar quente que está na rua? Juro que já tentei e sempre que posso fecho, mas quando dou por isso a malvada da porta já está aberta, bastando acordarem que lá vão abrir a brecha para entrar o ar, brecha essa que só volta a ser fechada após o jantar. 

15
Ago18

Fim-de-semana caseiro

| O Informador

descansar.jpg

Todos sofremos do mesmo ao longo de determinado período e aqui o moço não é exceção. No passado fim-de-semana o meu estado de espírito bloqueou por completo e a ideia era só uma, ficar por casa, aproveitar o sossego do lar, ligar-me ao Netflix, nada de computador e livros deixados na mesa-de-cabeceira. A ideia era descansar, dormir mais que o habitual e ver vários episódios das séries em andamento. Quase que assim foi!

No Sábado ainda sai após o almoço para um café mas logo regressei a casa, após deixar umas dezenas de euros na troca do comando do carro que se partiu. Mais de metade da tarde foi passada de cama, a deixar que os músculos relaxassem e a televisão ligada como companhia perfeita. Não estava para sair, mas após o jantar a noite chamou e esticou até bem tarde, o que foi recompensado no Domingo, onde acordei perto do meio-dia, nada de almoços e somente um iogurte para não ficar com o estômago completamente vazio. A tarde foi passada completamente na ronha, sem quase me mexer, entre a fase do sentado e deitado onde adormeci várias vezes para acordar com um som exterior que me foi despertando. Descansei durante todo um Domingo em que não coloquei os pés na rua, tendo mesmo assim adormecido à noite cedo e acordado mais tarde na Segunda-feira. 

08
Mar17

Férias sem sossego

| O Informador

Juro que não tenho paciência para estar de férias em casa! Passaram poucos dias e já é comum acordar com barulho, o que me deixa desde logo mal disposto pela manhã. Primeiro não consigo dormir mais que o normal, depois é desnecessário em período de férias ter de acordar tão cedo e por fim pergunto qual a razão de terem de fazer barulho só para irritarem os outros?

Uma primeira semana de férias por casa e o desejo que Sexta-feira chegue para que desapareça até dia 20 com a finalidade de descansar, dormir até mais tarde e não ter de ouvir o mesmo de sempre, dia após dia, hora após hora.

01
Mar17

Casa... Trabalho... Casa... Trabalho...

| O Informador

A minha vida tem andado um pouco assim - Casa... Trabalho... Casa... Trabalho... - pelas últimas semanas! Sinto-me cansado e o estado de espírito não anda em forma, como tal nem para sair após o jantar existe vontade para ir beber um café fora, confraternizar e meter uns copos na mesa. 

Há vários meses, para não dizer mesmo um ano, que o trabalho não apertava tanto e a vida privada não ficava tão baralhada como agora. Tudo poderá advir do cansaço físico, é certo, mas neste momento o pensamento é para aproveitar a minha própria companhia nos tempos que me restam livres, tratar de me esticar ao comprido pela cama, pegar num bom livro, ver televisão como forma de entretenimento e pouco mais. O telemóvel vai fazendo companhia nas horas vagas e o blog por muito que tente anda um pouco desmotivado como o seu autor. Ambos andamos mais calados, sem ideias de mudanças e a desejar que as férias apareçam em breve para desfrutar de mais horas de sono livre e sem horários para deitar e levantar. 

Sinto-me cansado e farto do Mundo! Tudo gira, as horas passam e os desejos são cada vez menos para que a busca pela felicidade aconteça. Cansaço aliado ao pessimismo e falta de vontade dão nisto, confesso! Tenho a noção do que sinto mas também tenho uma grande apatia para com a mudança que deveria suscitar. 

17
Ago16

Porta aberta! Pessoas de férias!

| O Informador

Serão de Sexta-feira! Um condutor! Um carro! Uma estrada! Um destino! Ups, um imprevisto!

Enquanto me dirigia a uma tasca/café/restaurante aqui da zona para um café e um copo ou outro de branco ia a olhar por vezes para o espelho para ver como estava o cabelo mas quando estou quase a chegar ao destino lembro-me que a melhor amiga se encontra de férias e ia passar à sua porta. «Tenho de ver se está tudo bem com a casa!», pensei, mas ao mesmo tempo e sem conseguir explicar a sensação que tive, pensei que algo não estaria da melhor forma! E não estava!

Assim que passo à sua casa reparo que a porta está totalmente aberta! Fico estático no carro! Paro praticamente no meio da estrada e naqueles primeiros segundos acho que perdi a capacidade de reação! Confesso que não percebi de imediato o que teria e devia fazer! Avancei, dei a volta ao carro e voltei a passar à porta para verificar se conseguia ver alguma coisa! Nada, tudo escuro e a porta sem qualquer movimento! Avanço e volto novamente para trás! Estaciono o carro uns metros à frente, ligo à amiga e pergunto onde está! Pergunta parva, claro, já que sabia muito bem que se encontrava de férias! Digo-lhe o que se passa enquanto chego junto da porta! Não entro porque decido logo ir até ao posto da GNR que fica a poucos metros da habitação! Continuo a falar com ela, encosto a porta e lá vou eu bater por três vezes à porta do posto quando me abrem! Explico toda a situação, fazem as perguntas da praxe e dois agentes seguem rua abaixo comigo! Entram na casa, fico em espera enquanto continuo a falar com ela, fazem-me perguntas para a questionar via telefone, servindo assim de intercâmbio! Tudo aparentemente normal e sem ser remexido naquela casa! Pedem para entrar e ver com os meus olhos a situação! Na verdade não conheço totalmente a casa para dar por falta de algo à primeira vista, mas verifico as coisas com um olhar meio ausente por desconhecimento! Eles vão embora e deixam a mensagem que passo à amiga! Fico dentro da casa e fecho a porta para ver se fica fechada mesmo sem chave! Parece ficar tudo ok! Abro a porta, saio e fecho! Ficou tudo fechado e aparentemente toda esta situação não passou de um susto!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Sim! Mas a verdade é que hoje em dia, as pessoaa n...

  • O Informador

    A mágoa que alguém nos provoca deixa sempre mazela...

  • Sofia

    Completamente! Sou desconfia poe natureza.

  • O Informador

    Isso sem dúvida, o que nos magoa de verdade fica s...

  • Sofia

    Há coisas que te fazem que jamais esquecerás!Estou...

Mensagens

Pesquisar