Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

mw-billboard
31
Mai20

Maio, mês do automóvel

despesas carro.jpg

 

Existe o dia dedicado a tudo e mais alguma coisa, quer seja nacional ou internacional, e por aqui declaro que Maio é o mês do meu automóvel.

Ao longo de Maio as despesas com o veículo começam a cair do início ao fim como se tivessem a desfilar em frente à conta bancária como que a dizer... «Queres? Então paga!». Apareceu o Seguro, cujo pagamento é feito por duas vezes ao longo do ano, o Imposto Único de Circulação, a mudança de óleo e a Inspeção com tudo aprovado. Despesas e mais despesas, euros e mais euros a saírem da conta, um lay-off a permanecer por mais uns tempos e um carro que parece que come à mesa connosco em certas alturas fixas do ano e outras vezes de forma inesperada. 

 

19
Fev20

Cinzento sim! Preto não!

carros.jpg

 

Uma dica para quem procura ou pensa em comprar novo carro pelos próximos tempos! Não comprem um automóvel preto e se optarem por uma cor escura olhem com bons olhos para os cinzas que ficarão bem melhor servidos. Sei que o preto nos veículos parece muito mais bonito, no entanto a longo prazo perceberão que a escolha da cor importa, principalmente quando olham para o vosso menino de quatro rodas e percebem que está sempre todo sujo, o que não acontece com os cinzentos que mesmo que fiquem com pitadas de lama e vestígios do que se vai colando não fica tão notado à distância.

Durante anos e logo após ter tirado a carta de condução, andei com um carro de cor cinzenta que me foi passado pelos pais. Perfeito! Mesmo que andasse a precisar de lavagens, não se notava lá muito, embora se percebesse que não estava a brilhar, o ponto de atingir mesmo a necessidade de lavagem ia sendo prolongado. 

Quando resolvi comprar o meu carro optei pela cor preta, alguns avisos foram feitos para não optar por esse tom por se notar tudo. Mas o cromo foi insistir e umas semanas após a compra logo percebi no erro que tinha cometido. Posso sair agora mesmo do banho com o veículo e quando olho logo deteto que em alguns locais a água passou mas não fez grande coisa, ficando bem notadas as manchas de sujidade, principalmente pelas partes baixas. O cinza pode estar sujo e escapa, o preto pode estar somente um pouco menos limpo e logo parece um nojo!

30
Jun19

Momento de gratidão na estrada

gratidão.jpg

Agradeço a concentração que mantive há uns dias quando poderia ter sofrido um acidente por um condutor apressado resolver não parar num stop. Seguia na minha vida e só tive mesmo tempo de desviar o carro para a estrada de onde acabava de sair o veículo com o seu condutor indisciplinado. Se não fosse atento e tivesse seguido caminho como normalmente e como seria intenção também naquele dia, lá os tinha levado pela frente. Ficava sem carro, quase de certeza que todos saímos magoados e podia mesmo não estar aqui para vos contar esta história. Ao poder de concentração, pensamento rápido e capacidade de ação, só tenho a agradecer!

03
Jun19

Atenção, podes ser atropelado!

trânsito paris.jpg

 

Visitar Paris tem muita coisa boa, mas também existem os cuidados a ter para turistas que estão habituados a uma circulação em vias públicas de forma calma e tranquila como geralmente acontece em Portugal. Antes de entrar no avião já me haviam informado sobre o caos do trânsito da capital de França, mas só vendo para crer é que se consegue ter noção da realidade.

O stress é uma constante em Paris, no trânsito então é necessário ter os olhos bem abertos com todos os radares bem ligados porque a qualquer momento podemos ser apanhados «na curva». Não circulei de carro, sempre de transportes públicos - Metro e Comboio - e a pé, mas em todos os sentidos consegui entender que os franceses vivem a mil à hora. No trânsito os carros são a prioridade para todos, as passadeiras sem semáforos são completamente ignoradas e ou te atiras e mostras que vais passar a via ou esperas eternos minutos numa tentativa que alguma alma se decida a parar para nos deixar passar. Além das não paragens nas passadeiras existem também por Paris as tradicionais bicicletas que tanto circulam na estrada como no momento seguinte seguem no passeio e quase te levam pela frente. Todos andam de bicicleta numa verdadeira demonstração de rapidez e de passagem por onde der jeito. Agora as modernas trotinetas elétricas também fazem parte da moldura de circulação da cidade e estas funcionam exatamente como as bicicletas. Ora nos passeios, ora nas estradas para passarem nas passadeiras como se fossem peões e continuarem o trajeto na via da avenida seguinte. Um verdadeiro caos ao cimo da terra que não fica sozinho.

É que abaixo do solo, as estações de metro também são um verdadeiro caos onde se não tiveres cuidado és atropelado por quem corre para apanhar a ligação seguinte. Corredores enormes, curvas que podem esconder um atleta bem apressado que leva tudo à frente porque não pode perder um segundo que chegue a circular com moderação. E sim, por mais que andasse atento, fui atropelado por atletas mais afoitos que não viam ninguém pela frente. 

28
Mai19

Bloqueio da porta do combustível

abastecer combustível.jpg

 

Existem situações que só acontecendo para acreditar! Há uns dias, após o aviso de reserva ter surgido no ecrã do veículo, deixei andar uns quilómetros, por saber que quando o primeiro sinal de alerta acontece ainda tenho cerca de cem quilómetros a fazer. Quando parei num posto de abastecimento, fui fazer o pagamento do valor que tencionava colocar e eis que chego junto ao carro e a porta do combustível não abriu! É assim a minha vida de condutor!

Raramente deixo que chegue à reserva e quando o sinal de alerta surge logo tento parar na bomba para fazer reforço, no entanto desta vez isso não aconteceu bem assim e quando tentei abastecer o carro fiquei no bom sentido da palavra bloqueado. Tentei abrir a porta, nada, abri a mala do carro para por dentro abrir o tampão e nunca encontrei a patilha exata. Uns bons dez minutos passaram, voltei ao balcão, pedi o dinheiro de volta e segui para casa. No dia seguinte voltei a tentar a abertura da tampa e nada. Lá fui até à oficina onde me explicaram como funciona a abertura manual e fiz o pedido para que o fecho novo seja encomendado para ser colocado para não ter de andar em modo pré história sempre que queira abastecer o carro.