Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

16
Mai14

Praia

O Informador

PraiaFui à praia, não tomei banho mas apanhei uns bons raios de sol e desfrutei do ar marítimo que se faz sentir ao longo da nossa costa! É bom andar pelo areal, descansar, divertir e recarregar baterias para no dia seguinte voltar ao trabalho com outra cor, com frescos pensamentos e com a ideia de que na próxima oportunidade lá voltarei a caminhar para uma praia deste país!

O tempo já anda quente, mesmo deixando a ideia que se está no Verão, quando ainda faltam umas semanas para tal acontecer! A meio de Maio estendi a toalha, passei um dia agradável e ainda tive tempo para ler e tirar umas fotos para marcar este primeiro banho solar que apanhei em 2014. Quanto a refrescar-me, aí a coisa foi mais complicada e só molhei até meio da perna, isto porque a água estava bem fria, ao contrário do calor que se fazia sentir fora dela!

A imagem aqui em baixo, que não está muito nítida por estar dentro de água, mostra a quase carcaça de um carapau que estava a ser consumido por pelo menos três pequenos caranguejos! A vida animal é assim e para uns sobreviverem há que consumir o que resta das outras espécies, tal como nós!

Praia

25
Jan13

Adoro açorda

O Informador

É uma verdade! Existem muitos pratos bem portugueses de que eu adoro, mas açorda é açorda e eu adoro!

Pois é verdade, aqui por casa, todos os meses peço para que num dos meus dias de folga seja presenteado com este prato antigo e que eu como até mais não. Eu já sou pessoa de alimento, mas quando a refeição é açorda e então feita pela minha mãe, consigo repetir duas e três vezes e ter sempre o prato cheio para logo ficar vazio. 

Por aqui a açorda costuma ser acompanhada por bacalhau, ovas, salmão ou carapaus, sendo qualquer destes acompanhamentos bom, no entanto os dois primeiros são os meus preferidos para comer com esta comida barata e tão deliciosa. Hum, só de pensar nisto já estou a ficar com água na boca.

A açorda aqui da minha zona é feita com o pão cortado aos bocadinhos, sendo fácil comer com o garfo. Já comi açorda alentejana e confesso que não gostei lá muito de ver as fatias de pão a serem banhadas com o resto desta caldeirada caseira. Açorda para mim tem que ser como a cá de casa, porque se assim não for, já não é a mesma coisa.

Quem for fazer açorda e me queira convidar para a experimentar, estejam à vontade! Depois digo se gostei ou não!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook