Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Banner billboard da campanha 50% desconto desenvolvimento pessoal
31
Dez17

Literatura | Preferidos de 2017

| O Informador

2017 foi o ano em que um maior número de obras literárias me passaram pelas mãos e pelos olhos. Li quarenta livros de forma completa, e quem segue o blog regularmente já deve saber que mesmo que não goste não deixo uma leitura a meio. Além de continuar a acompanhar vários autores de que gosto, percebi que é na novidade e desconhecido que tenho também de fortalecer a leitura, ganhando novos conhecimentos através dos diferentes estilos cada vez mais usados pelas obras lançadas. Agora que 2017 termina, faço um balanço literário, elegendo os três livros que mais me chamaram a atenção entre as quatro dezenas que me fizeram companhia.

 

Em primeiro lugar tenho a destacar, sem qualquer dúvida no momento da escolha, um livro documentário que me fascinou do início ao fim. É Isto que Eu Faço, de Lynsey Addario, onde uma foto jornalista conta através de imagens e através de uma escrita fluída e sincera a realidade que enfrentou ao longo de anos em que viveu entre destroços de guerra por vários continentes, enfrentando inúmeros contratempos e colocando a sua própria vida em risco. Este é dos melhores auto retratos que li até hoje, percebendo a crua realidade que é descrita pela autora que não se deixou levar por palavras bonitas como forma de embelezar o que verdadeiramente quis contar. É Isto que Eu Faço é a realidade que muitos viveram pelos quatro cantos do Mundo, entre batalhas e o que restou após os grandes conflitos gerados pelas grandes potências. Esta obra marcou-me, sendo um verdadeiro prodígio literário para quem gosta de perceber quem está do outro lado da barricada e vive os momentos dramáticos pelo amor à profissão.

16
Fev17

Confissões de Inverno

| O Informador

confissões de inverno.jpg

Autor: Brendan Kiely

Lançamento: Janeiro de 2017

Editora: Bertrand Editora

Páginas: 240

Classificação: 5 em 5

 

Sinopse: Quando a vida de Aidan Donovan, de 16 anos, se começa a desmoronar à sua volta, ele procura refúgio no bar do pai e nas atenções do padre Greg, o único adulto que o escuta. Chegado ao Natal, Aidan entra numa crise profunda ao compreender a natureza obscura do afeto do padre. Vira-se então para um novo grupo de amigos: Josie, a rapariga por quem talvez esteja apaixonado, Sophie, a amiga um pouco rebelde, e Mark, o carismático capitão da equipa de natação, cuja sensação de angústia rivaliza com a de Aidan. Um romance ousado e corajoso que olha de forma intensa e sensível para os desafios do crescimento e do amor

 

Opinião: Um tema tabu de que não se fala, mesmo sabendo que existe entre vários núcleos fortes da igreja. A pedofilia existe no seio religioso e isso não é segredo para ninguém. Claro que ninguém pode generalizar tanto com este crime como para com outros, mas que existe e tem de ser debatido, lá disso não existem dúvidas.

Confissões de Inverno retrata a vida de um jovem adolescente que após perceber que o pai é uma figura ausente e a mãe opta por circular por festas e eventos onde pode dar nas vistas, acaba por encontrar refúgio na casa paroquial da vila. Como mentor encontra um homem aceite pelas pessoas por aparentar tranquilidade e paz enquanto padre, sendo um confidente, amigo e ouvinte. Mas será que este padre é afinal o que parece ou terá muito a esconder perante os temas que apresenta aos mais novos na cave da casa onde habita com o sacerdote mais velho?

Um jovem desamparado em termos familiares e que acaba por cair nos braços perigosos de uma pessoa que aparenta a todos ser de confiança pela função que desempenha. O que é o Amor para um rapaz que está à descoberta dos sentimentos e que acaba por perceber mais tarde que a aproximação, os abraços e apertos que enfrenta no escuro, encostado a uma mesa, são afinal uma obrigação para satisfazer os desejos de um adulto que não consegue controlar as suas perversas vontades. O que um adolescente cria na sua mente quando é levado a crer que tais comportamentos são os mais corretos no momento de evoluir como pessoa? Quem poderá estar a par de tudo o que acontece nos sucessivos encontros? O que fazer quando se percebe que não se está sozinho e que aquele segredo que vai prevalecendo enfrenta o complexo e medo ao mesmo tempo que está a um passo de ser descoberto por todos?

10
Fev17

Atual leitura... Confissões de Inverno

| O Informador

Confissões de Inverno parece ser daqueles romances arrancados a ferros devido aos temas que aborda e onde tudo geralmente é tratado com pinças e de modo bastante leve. Não conheço o trabalho de Brendan Kiely mas a sinopse deste livro logo me despertou um certo interesse, acreditando que a sensibilidade sobre como tudo é tratado na descrição de vida de um jovem adolescente irá acabar por me conquistar enquanto leitor que adora um bom livro que me leve a puxar pelos sentimentos e emoção ao longo de cada página. 

Confissões de Inverno, lançado pela Bertrand Editora, é a partir de hoje a minha Atual leitura...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Imagino sim porque estive um ano agarrado aos emai...

  • O Informador

    Mensagens ilustradas também dispenso, prefiro o fa...

  • O Informador

    Vi os seis episódios num só dia! Achei boa, com al...

  • Cláudia C Silva

    Tal e qual! Detesto!Imagina uma consultora imobili...

  • P. P.

    Também não gosto de falar ao telefone, telemóvel,....

Mensagens

Mais comentados

Pesquisar

Posts destacados