Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

30
Mar18

Um género de folar

O Informador

folar.jpg

Não provando não sabemos se é bom, já lá dizem os mais velhos e a mensagem vai passando de geração em geração e esta é a pura das verdades! Já provei folares tradicionais da zona Norte do país e confesso que não me cativaram assim tanto, mas acabei por comprar um género de folar alentejano, que no momento da compra ouvi o nome mas que não me ficou na memória, tendo pesquisado e não consegui encontrar a identidade deste produto, mas o que é certo é que com ou sem o nome real, o sabor é fantástico.

Uma massa doce, que comi em modo sandes onde coloquei queijo e salpicão, e que me deliciou! Este género de folar é verdadeiramente uma delícia, daquelas delícias inesperadas que chegam a uma montra de pastelaria e que te piscam o olho. Comprado, levado para casa e servido para transmitir a sua verdadeira essência, mostrando que os lugares e mesmo as mãos pasteleiras que produzem quase o mesmo produto conseguem provar a diferença em termos de qualidade para que se fique com uma boa memória para se voltar a repetir mais tarde. 

26
Nov17

Curtas e Diretas #95

O Informador

café pastel de nata.jpg

Já alguém comeu um Pastel de Natal da Bagga do Continente? Pela zona o Pastel de Natal da cafetaria do supermercado da Sonae bate aos pontos os que são vendidos na mesma loja! Só de pensar já me apetece sair de casa e ir ao Continente pedir o Menu Café/Pastel de Nata por 1€.

24
Jun14

Presente Mínimo da Mana

O Informador

MinimoO meu gosto por algumas coisas é peculiar e quem sabe de tais factos por vezes aparece-me com pequenos presentes que são comprados, elaborados ou pensados contra os seus gostos, tal como é o caso. A Patrícia odeia os pequenos bonecos amarelos apelidados em Portugal por Mínimos, no entanto, como gosta de me fazer alguns miminhos, andou a costurar este pequeno peluche para me dar como presente numa noite de Verão.

Já no meu aniversário ela me fez o bolo com os Mínimos como protagonistas e agora ofereceu-me este pequeno boneco que já anda aqui pela secretária para me poder lembrar sempre dela quando estou a escrever os textos do blogue e a navegar pela internet.

Obrigado mana por teres paciência para mim e por me fazeres este pequeno ser silencioso!

08
Dez13

Evasão de prato alheiro

O Informador

evasão de prato alheiroNão resisti e tive que registar o momento em que três pássaros conhecidos como pertencentes à espécie apelidada na gíria como «pardal telhado» invadiram um prato onde minutos antes esteve um bolo delicioso a servir como lanche a alguém.

Os animais assim que viram a mesa sem humanos e riscos por perto logo desceram das suas árvores para se apoiarem nas bordas do tabuleiro e do prato e começarem a penicar as migalhas que tinham sobrado. Pela aptidão com que fizeram a sua invasão, parece que o hábito de tal atitude já lhes é rotineiro e a julgar pela boa forma física com que se mostraram, não existem mesmo dúvidas!

Gosto da vida animal que me distrai com tais situações!

24
Nov13

Pastéis de Belém

O Informador

pastéis de belémUma tarde fria de Inverno e um passeio pela zona de Belém não podia acontecer sem entrar no famoso espaço dos Pastéis de Belém para saborear o que de bom existe pelo mundo doceiro nacional!

Um café ou um chá bem quente e dois Pastéis de Belém e eu fico feliz por uns momentos! Convém confessar que apetece sempre mais que dois exemplares do famoso doce, mas a bem da saúde é sempre bom manter a calma porque se o desejo falar mais alto começam os pedidos e tudo corre mal depois.

O famoso espaço lisboeta é um marco da cidade e do país e sempre cheio e com filas de espera, eis que este estabelecimento pode ser considerado como sendo detentor do segredo de uma verdadeira maravilha doceira do mundo.

Delícia!

09
Nov13

Bolo de Aniversário

O Informador

boloNo dia 5 completei 27 anos e uns dias depois tive direito a um jantar com direito a bolo feito pela mana adoptiva Pa, que me deixou contente!

Já sabia que a Pa andava a preparar alguma surpresa doceira para me oferecer pelos anos, tanto que o teste dos Mínimos já tinha sido feito em modo plasticina, mas confesso que nunca esperei ver este trabalho final. Foi o primeiro bolo do género que ela fez e correu tão bem. Além do bom aspecto posso dizer que estava delicioso com a sua massa e recheio achocolatados!

Obrigado pelo bolo Mínimo que me ofereceste porque adorei como te adoro a ti!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook