Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Big Brother sem confrontos

big brother.jpg

Decisões e confrontos foram prometidos no início de mais uma gala do Big Brother e no final as promessas não passaram disso mesmo, já que os concorrentes estão tão escaldados que quando chegam às galas armam-se em anjinhos do coro e só comentam com meias palavras os temas para os quais são convocados.

As tentativas de confronto começaram com Miguel e Mafalda de lados opostos e com um bloco de imagens sobre a guerra que os dois têm provocado na casa. Se um provoca, o outro sente-se picado, se ela fala ele acende o rastilho e o que em tempos parecia uma relação de amor-ódio agora parece uma guerra acessa que despoletou muito à custa de ciúmes e de situações mal resolvidas há umas semanas atrás. Sai Miguel do confronto e entra Bárbara para um frente-a-frente com Mafalda onde o apelidado por diabo louro continua no centro das atenções. Bárbara está cada vez mais próxima de Miguel, Mafalda já esteve próxima e afastou-se por vontade própria. Agora as duas não se entendem e têm o Miguel pelo meio com se estivessem a disputar a sua atenção num qualquer drama de adolescentes apaixonadas. O confronto das raparigas e as imagens mais carinhosas de Miguel com Bárbara em grande destaque na gala onde a apresentadora tentou empurrar os dois concorrentes um pouco mais para os braços um do outro.

Novo confronto, desta vez entre Mafalda e Diogo por entrarem em desacordo após serem convidados a assistirem ao jantar romântico do Miguel com Bárbara e por Mafalda revelar o que tinham provocado, as questões que foram feitas para o quarto secreto e afins. Diogo sentiu-se incomodado por Mafalda revelar o que haviam feito e dito e ao longo da semana acabaram por desatinar por Diogo se sentir traído no jogo numa semana em que esteve nomeado. Patrícia e Tatiana também tiveram as suas picardias ao longo da semana, a Patrícia por não deixar nada por dizer e a Tatiana por querer sobressair na semana em que esteve nomeada e precisou de aparecer um pouco mais, criando alguma troca de palavras desnecessária. Bernardo e Rúben também ficaram frente-a-frente por se atacarem nos últimos dias por não terem palavra e de nomearem quem diziam que não o iriam fazer. Isto dos confrontos podia ter sido muito bonito e criar algum impacto, como já aconteceu em edições de reality shows antigos, só que nos dias que correm este esquema da produção em tentar espicaçar os concorrentes já não pega de maneira nenhuma por todos estarem na defensiva com o que dizem e fazem, estando bem controlados, ao contrário do que acontecia no passado. 

Jéssica foi eleita de semana a mais invisível da casa e teve o papel na gala de escolher os cinco concorrentes mais ativos no jogo, Miguel, Mafalda, Bárbara, Patrícia e Miro, que ficaram assim no grupo dos protagonistas, já Jéssica, Tatiana, Rúben, Sónia, Bernardo e Diogo ficaram no grupo dos invisíveis. Os protagonistas foram ao cubo e tiveram de tomar decisões de forma rápida, tendo de expulsar o menos protagonista entre os cinco, optando pela Mafalda. Já os invisíveis na sala tiveram de expulsar um dos seus elementos, calhando o destino à Jéssica. Mafalda e Jéssica foram assim para a zona de perigo e Mafalda acabou por ganhar um voto extra para a ronda de nomeações. Para ser sincero, achei esta brincadeira tão mal feita que parecia que a consequência a ser dada dependia de qual o concorrente que fosse expulso pelo seu grupo. Como foi a Mafalda teve um voto a mais nas nomeações, mas se fosse um Miro, que é uma autêntica planta no jogo, poderia resultar numa nomeação direta, digo eu, numa onda de suposições. 

Curva da Vida esteve em votação entre Bárbara e Tatiana e o público escolheu que seria a Bárbara a mostrar a sua história. Afirma ter sido uma criança feliz, sem lhe faltar nada, praticando desporto desde cedo até aos dias que correm. Revela uma paixão enorme pelo irmão, mais velho, mostrou que teve pouco carinho dos pais, lembrando-se de poucos momentos carinhosos com os seus protagonistas, mas não lhes tirando o mérito de serem bons pais. Na adolescência sofreu algum bullying pelas redes sociais devido ao seu corpo sem formas femininas na altura, o que se esforçou para alterar e combater. Pelo caminho teve um namoro que não vingou e entrou na faculdade para estudar desporto . A entrada no Big Brother representa um momento de descoberta e confessa que a sua participação está a tomar um rumo que não estava pensado de início. 

Big Brother sem sal

big brother.jpg

Numa gala com dupla expulsão, a grande noite do Big Brother de Cristina Ferreira foi dedicada ao amor ou à falta dele dentro da casa e à tentativa da produção em criar de forma forçada casais. Com Miguel como protagonista a perder o grande destaque, a polémica da semana dos contactos com o exterior do casal Rúben e Tatiana a não ser tema para a gala, a noite de Domingo foi tudo menos digna da reviravolta no jogo prometida ao longo da semana. Ou seja, promessas feitas mas tudo por cumprir!

Com o início marcado com o encerramento das votações entre Mafalda, Sónia e Joana, logo aconteceu a primeira saída da noite com a namorada do também já ex-concorrente Ricardo a deixar o jogo por vontade do público. Diana, Bernardo e Patrícia foram os novos nomeados para que a segunda saída ditasse o final da participação da Diana no Big Brother. Numa só noite, as mais indesejadas do momento pelo público acabaram por assim por sair. 

A tentativa de criar romance ao quadrado com Bárbara, Miguel, Diana e Bernardo em destaque na gala, com demonstração de imagens onde todos viram o que os vários lados deste quarteto e outros concorrentes disseram ao logo da semana sobre as suas aproximações. Isto é somente a forma forçada e com a qual não concordo da produção em colocar romance na casa, não deixando os sentimentos dos concorrentes avançarem de forma livre. Com isto, Bárbara e Miguel ficaram com um jantar a dois para acontecer ao longo da semana, com direito a pernoitarem no quarto extra da casa nessa mesma noite. Qual a necessidade da produção forçar estes acontecimentos quando o público já mostrou não gostar deste jogo preparado e elaborado com um guião onde não deixam os concorrentes seguirem a sua linha natural do jogo?

Curva da Vida entregue ao Bernardo sem revelar muito para além do que já se conhecia. Pais separados, vários irmãos, o tirar de um lado para colocar no outro e a falta de carinho sentido ao longo do seu crescimento por serem muitos e sentir que não existia tempo para o filho mais velho pela dedicação que os pais deram aos mais novos e ao trabalho que sempre foi necessário. Aos dezoito anos saiu de casa, rumou a Lisboa para estudar e continua a ser uma pessoa fechada e com dificuldade em se entregar aos outros. 

Big Brother sem limpeza e emoção

big brother.jpg

A gala que Cristina Ferreira anunciou como tendo muito para acontecer fora do que tem sido normal nas últimas semanas começou com a salvação de duas das nomeadas da semana, a Mafalda com 6% e a Sónia com 10%.

Primeiro vídeo da noite com a falta de higiene com que a Diana tem cozinhado para os companheiros de casa. Ao longo da semana deu para perceber que a Diana usou o pano das limpezas para pegar em massa esparguete do lava louça e colocar no tacho, num ato muito recriminado e nada aceite pela maioria das pessoas que prezam alimentação de qualidade. O público reagiu, já na casa a maioria dos concorrentes ainda se riu destas imagens e acabaram por brincar com a situação, o que não acho de todo normal. Depois surgiu o tema da falta de limpeza que tem sido uma constante, mais até nesta última semana. Todos apregoam e apontam o dedo mas poucos limpam para tentarem manter a casa limpa. Mais uma vez o centro destas duas discussões acabou por ser o Miguel por se insurgir contra os restantes, tanto com a questão da falta de higiene para com a comida como para com as limpezas que muitos se recusam a fazer. Onde andam os tempos em que aos Sábados a casa era limpa de fio a pavio e mesmo que ripostassem tinham de manter as coisas em condições?

Diana a ser confrontada com as suas imagens onde diz preocupar-se com o que o filho pode pensar sobre o que dizem de si mas que depois tem atitudes menos próprias, numa incongruência de argumentos e comportamentos um pouco estranha. O público há várias semanas que se mostra cansado desta Diana intrometida e dentro da casa até quem lhe é mais próximo se mostra desagradado com os seus comportamentos.

Curva da Vida da Joana onde falou da separação dos pais e das pessoas que começaram a fazer parte da sua vida a partir dos novos relacionamentos dos progenitores. Em adolescente quase que foi violada por um desconhecido, perdeu a sua auto estima com o tempo devido ao seu padrasto, tendo entrado na faculdade enquanto trabalhava e tentava passar pouco tempo em casa para não sofrer com o que ouvia do companheiro da mãe. Em 2020 apaixonou-se, foi traída com a melhor amiga e deixou-se abalar. Em 2021 entrou no Big Brother, apaixonou-se pelo Ricardo e sente-se grata pela mudança de vida que conquistou a partir de então.

A gala contou ainda com o momento dispensável de Tatiana e Rúben no cubo para o sistema de máquina da verdade animada mas sem qualquer necessidade. Patríca, Jéssica e Bárbara no confessionário para falarem do Miguel num novo momento sem qualquer utilidade. E o momento patrocinado pela Donuts onde todos puderam ver os momentos de boa disposição da semana ao sabor das novas bolachas da marca no que se pode apelidar por publicidade descarada em pleno direto.

 

Big Brother de Halloween

Numa noite pautada pelo Halloween, a gala do Big Brother aconteceu em torno da célebre noite das bruxas e assinalou também o regresso da mítica voz masculina, após semanas de ausência, que habitualmente acompanha os concorrentes ao longo das várias edições do formato.

A noite começou com as chamadas de atenção de Cristina Ferreira sobre as conversas e combinações que os concorrentes vão fazendo quando a emissão em direto está desligada. O que cada um acredita sobre a populariedade, as conversas certeiras sobre quem vai ou não sair e as suposições que são combinadas em pequenos grupos para criar alguma confusão no dia seguinte. A apresentadora mostrou-se um pouco irritada com os comportamentos e conversas dos concorrentes ao longo da semana, frizou bem o seu desagrado para com vários moradores da casa e só não perceberam as sucessivas diretas que foram dadas se não quiseram.

Miguel foi ao dilema e para ver um grupo de imagens onde falavam mal de si teria de nomear a pessoa que está mais próxima de si, que seria a Jéssica, segundo o próprio, o que foi recusado. Ao ter recusado ver as imagens, todos os outros concorrentes viram o dito vídeo contra si. Depois já em grupo, todos viram o vídeo em que o Diogo afirma ao Miguel ser seu amigo e defensor e que nas costas revela totalmente o oposto a vários dos companheiros de casa. As imagens da discórdia da semana foram mostradas. Todos andaram a preparar partidas, uns aceitaram, outros levaram a mal mas foi Miguel a cair no rídiculo e a ter um mau momento quando deitou sabonete líquido para o cabelo da Catarina ao longo de uma discussão de ambos com vários intervenientes pelo meio. Mais uma vez uma gala em que o Miguel esteve no centro das atenções, tudo porque o grupo o deixa brilhar, fazendo com que este destaque lhe seja dado por lhe darem créditos com jogo gratuito através de tudo o que faz e diz com reações contrárias.

Momento curva da vida com a Sónia, uma das últimas concorrentes a entrar. Filha única, nasceu em Peniche, numa casa sem condições onde passou algumas necessidades básicas. Aos seis anos foi atropelada, levou gesso numa das pernas e por ter varicela fez uma grave infeção que quase lhe tirava a perna. Em criança quase que foi violada pelo avô, sofreu com isso, mais tarde foi violada aos treze anos por três rapazes. Aos dezasseis começou a trabalhar e apaixonou-se e foi mãe aos dezanove anos, com a filha de três meses voltou a engravidar, pensou em abortar, mas seguiu com a gravidez e enfrentou novos problemas pela falta de dinheiro até 2019, ano em que refere que conseguiram a estabilidade familiar. Um testemunho duro, contado de forma crua e de sofrimento. 

Numa primeira fase com os cinco nomeados, Bárbara, Catarina, Diogo Coelho, Jéssica e Patrícia, ainda a votação, três foram salvos com 1%, 2% e 3%, ou seja, Diogo Coelho, Jéssica e Bárbara, respetivamente. Patrícia foi ao duelo final com Catarina, levando a melhor com 20% contra os 80% da Catarina que deixou assim o jogo, após semanas quase consecutivas a ser nomeada. 

Big Brother sem motivação

Prometia ser «a noite do inesperado» na abertura de mais uma gala do Big Brother onde Cristina Ferreira se apresentou de preto e prometeu mostrar o que irá provocar as guerras dos próximos dias na casa. Só que as promessas ficaram mesmo por aí, já que esta foi das galas mais calmas desta edição do reality show. 

Mafalda esconde comida semana após semana, com consentimento de alguns outros concorrentes, e diz que o faz para pouparem e conseguirem chegar ao final da semana com comida suficiente. Uns escondem para controlar os outros numa casa de adultos que todos deviam ser racionais e esta questão é simplesmente absurda por não saberem falar e conversar sobre o que devem ou não comer ao longo da semana. A questão é que vários afirmam que alguns não se controlam quando existe mais comida disponível mas não apontam nomes... A questão é, não seria mais fácil assumirem que são os "alarves" para que estes percebessem que se têm de controlar?!

La Tempestad foi um dos BBPlays da noite com a tripla Diogo, Mafalda e Miguel em destaque por formarem um triângulo com tantas arestas por limar que até acabam por cair no ridículo. É notório que o Diogo gosta da Mafalda, mas não o admite perante a própria, já a moça gosta de estar com o Miguel que brinca mas não avança porque existe um Diogo meio obcecado que deixa escapar comentários e comportamentos menos próprios de um homem de 29 anos que não assume os seus sentimentos. Miguel diz respeitar o Diogo e daí não se aproximar mais de Mafalda, já Diogo afirma não gostar da Mafalda para além da amizade, tudo porque esta afirma que a questão da diferença de idades faz algum peso na sua linha de raciocínio. Ela sabe que o Diogo nutre sentimentos por ela, ele controla-a, o Miguel brinca com a situação e o trio começa a provocar mal estar perante o grupo.

Catarina e Patrícia num frente-a-frente sobre os confrontos e bate boca que foram tendo ao longo da semana. Patrícia afirma que a Catarina fez e disse certas coisas, já esta diz não o ter feito, ambas viram as imagens para que a provocação mútua acontecesse e venha a dar maior polémica pelos próximos dias. Os restantes concorrentes tiveram de assumir um dos lados desta guerrilha, Catarina ficou com a maioria e ganhou o poder de atribuir um voto duplo nas nomeações. 

Diana e Frederica no confessionário para serem queridas inimigas ao Domingo após uma semana a trocarem picardias. Estes concorrentes são tão hipócritas com esta demonstração de falsidade dominical que devem achar que somente os crentes religiosos seguem as vivências do Big Brother.

Rúben como comentador de serviço numa gala sem grande conteúdo e onde era necessário encher um pouco o tempo para prolongar o que podia ser despachado desta vez em pouco mais de duas horas. Rúben teve assim o papel para comentar algumas imagens da semana somente porque sim, sem interesse e relevância. 

 

Big Brother... Entradas por saídas

big brother.jpg

Ainda não chegou a meio da edição e o certo é que o atual Big Brother já conta com mais entradas do que qualquer outra edição até aqui transmitida. Cristina Ferreira e direção do canal prometeram antes da estreia uma temporada de tempestade e o que vejo é que somente os frouxos aguaceiros entraram na primeira fornada de concorrentes e que foi necessário chamar alguns reforços para uma entrada extra. Como mesmo assim não chegou para provocar algum reboliço necessário, eis que duas novas entradas aconteceram numa noite com duas saídas!

A gala começou bem com a desistência da planta de seu nome Rúben da Cruz. O senhor que passou as últimas semanas a falar em desistir acabou por ser convidado quase num encosto contra a parede a deixar o jogo. Tanto disse que queria deixar a casa que acabou mesmo por o ter de fazer sem se conseguir despedir dos companheiros de casa, entrou no confessionário sem saber ao certo ao que ia, viu as imagens onde falava na vontade de sair por várias vezes e rua, como a célebre ex-comentadora Ana Garcia Martins sempre dizia, que se abra o alçapão. 

Novas entradas aconteceram no feminino e Sónia foi a primeira a chegar diretamente de Peniche com muito para dizer aos que já vivem na casa da Malveira há umas semanas. Se me pareceu na primeira impressão uma concorrente que tem muito para dar ao jogo, sinceramente não, mas o certo é que com as suas opiniões que foram mostradas do casting já conseguiu provocar alguns dissabores. Bárbara, de Vila Nova de Gaia, estudante de desporto e assumidamente uma grande fã das redes sociais, principalmente do tiktok. Ambas as novas concorrentes criticaram os mesmos concorrentes, a Diana por ser intriguista, a Cátia por ser provocadora, o Bernardo por nada fazer e o Miro por ser uma planta. 

BBPlays da vida com a guerra da Diana má cozinheira e do Miguel esforçado sem direito a comer o que queria. Eles discutiram, ela chorou, não cozinhou e o pouco que fez era mal feito e não agradou ao estômago da maioria, mas como todos são amigos só o Miguel se queixou em alto e bom som ao longo da semana num frente-a-frente. Depois Diana teve direito, a solo, a ver as imagens do que todos disseram nas suas costas sobre a má comida que foi feita no período em que esteve a tomar conta da cozinha e também percebeu a opinião que alguns têm sobre si por se meter nas guerras que não são suas. Os fofos, só que chatos, Diogo e Mafalda, a verem os seus melhores e piores momentos de casal, de amigos, como dizem, ao longo da semana, com o afasta e aproxima com os ciúmes do Diogo para com o Miguel pelo meio. A Mafalda manda e dá dicas ao Diogo, este aceita, fica nervoso e segue em frente na sua vida de planta sem rumo e sem qualquer opinião. Diogo depois conseguiu ver, a solo, imagens sobre o que todos dizem sobre a sua relação submissa para com a Mafalda e acabou por aceitar o que viu, dando razão aos colegas por somente jogar muito em torno da colega de casa. Já a dois, viram novo bloco de imagens onde a aproximação de Mafalda para com o Miguel é notória e os ciúmes que têm existindo entre este trio. E o que dizer dos códigos que surgem na roupa que entra na casa e com os quais foram confrontados? Todos os envolvidos admitiram que usavam cores de roupa que entrava na casa para saberem como estavam no jogo e todos ficaram a saber que a partir de agora mais nenhuma roupa entra na casa do Big Brother até ao final da edição, o que vai provocar alguma tensão por estarem condicionados ao que já têm na casa, sem acesso a novas peças, deixando acordos e patrocínios assim de lado e começando a ter que reciclar vestimentas daqui em diante, o que significa que ficarão dois meses e meio sem terem roupa nova disponível. O que tenho a dizer sobre este tema é só uma coisa... Estudassem e ficassem calados quando recebessem as dicas!

 

Big Brother sem Ouro

big brother.jpg

Em noite de Globos de Ouro na SIC, a gala do Big Brother foi de saídas e entradas, sem ouro mas com grande tentativa para criar falatório e discórdia. O anúncio foi feito perante uma edição intitulada de Tempestade que iria virar Furacão com a entrada de X concorrentes com direito a uma dupla expulsão.

Os novos concorrentes chegaram e logo foram mostradas imagens sobre o que tinham a dizer sobre os residentes que entraram de início no jogo. Diogo Coelho a abrir estas segundas entradas, com 29 anos, casado e pai de gémeas, a promessa deste novo residente para entrar na casa é a de bater de frente com alguns dos concorrentes que se têm tentado mascarar no jogo. Os novos concorrentes tiveram de fazer escolhas, a Diogo Coelho calhou destruir uma dupla, optando por separar a Frederica e a Joana, optando o Diogo por fazer parceria com a Frederica. Juliana Vieira, a concorrente que vende conteúdo sexy na internet e que promete com o corpo dar bem nas vistas dentro e fora da casa. Para já acredito que provoque alguns ciúmes entre os casais da casa e também que tenha na frontalidade a sua arma forte no jogo. A Juliana teve de fazer nomeação direta com a sua chegada e acabou por escolher a Mafalda. Patrícia, de 38 anos, e Jessica, de 18, mãe e filha, as concorrentes chegam de Vila do Conde com uma boa energia, a mais nova então parece que entrou para dizer o que pensa sem receios e de forma bem espontânea, tendo ficado com a função de fazer uma expulsão direta que calhou à Diana que parecia deixar o jogo de forma inesperada, deixando a casa em lágrimas, no entanto já em estúdio a Diana despediu-se de todos mas regressou em segredo à casa para um quarto secreto. Onde já se viu algo do género mesmo? Já a Patrícia teve de entregar duas nomeações assim que entrou na casa, optando por nomear a Diana e Joana Taful. Bernardo, de Évora, afirma nunca ter tido uma namorada pela sua forma de ser complicada, não gostando que lhe toquem na roupa nem que se metam na sua vida, sendo assumidamente uma pessoa nervosa. O Bernardo teve que eleger a dupla mais fraca para os colocar a viver por uns dias na toca, no jardim da casa, tendo eleito o Ricardo e a Tatiana com a desculpa de serem cromos repetidos que nada estão a acrescentar ao jogo.

BBPlay em mais uma gala, sem nexo algum por esta demonstração de imagens acabar por deixar os concorrentes oprimidos para exporem as suas ideias ao longo da semana por saberem que a qualquer momento as suas conversas vão ser expostas e causar ruído na casa. Se querem um jogo livre e espontâneo porque forçam com estes vídeos que acabam por deixar os concorrentes congelados em certos momentos? Contínuo a não concordar com este recurso dos BBPlays, mas a produção parece não conseguir fazer um jogo sem esta vontade de mais do mesmo. Unidos pelo BB com a guerra aberta entre a dupla Catarina e Miguel envolvendo grande parte do grupo nesta intriga que não se consegue entender desde o início. Corta Casacas 2022 foi o segundo vídeo da noite com o leva e trás que vários concorrentes vão criando na casa, no diz que disse aqui e acolá para tentarem gerar a discórdia e criarem conteúdo. Deixem os miúdos jogarem sem colocarem esta pressão meus caros senhores que criam o guião!

Momento Curva da Vida entregue ao Miguel, muito para lhe dar um pouco de mais protagonismo após nova semana em que se manteve em altas com as críticas na casa e com várias discussões onde teve o papel principal. O concorrente revelou nascer numa pequena aldeia onde pouco conviveu com crianças, crescendo muito sozinho. Em jovem adulto sofreu dois acidentes, teve uma desilusão de amor, licenciou-se, começou logo a trabalhar e voltou a apaixonar-se por uma mulher mais velha que o ajudou a encaminhar um novo caminho, ficou noivo mas o casamento não vingou, até que após várias derrotas e perdas se inscreveu no Big Brother e continua a achar, pelo seu egocentrismo, que não tem nada a perder. 

 

Big Brother, a guerra das estrelas

Cristina Ferreira convocou seis armas pesadas do canal que em dupla entraram na casa do Big Brother ao longo da noite. Manuel Luís Goucha e Cláudio Ramos, Rita Pereira e Eduardo Madeira e Rúben Rua e Maria Cerqueira Gomes foram os apresentadores e atores chamados para entrarem em ação após uma semana de grandes discussões dentro do jogo. 

BBPlay com G. I. Ana com o surto de álcool da Ana Barbosa que após beber umas cervejas a mais na festa semanal resolveu iniciar a sua gritaria e atacar com os seus agudos o Pedro Guedes, isto para começar numa noite que parecia seguir tranquila. A partir desse momento a semana de liderança da concorrente não mais foi a mesma e os ataques e agudos foram consecutivos com a Barbosa a dar um triste espetáculo por tudo e por nada. Acreditando ser intocável e defendendo sempre que tinha razão ao longo da semana, só ao ver as imagens em plena gala começou a chorar como que a implorar desculpa mas defendendo que «fui eu mesma» em todo aquele drama feito. O mal está feito, a sua presença na casa junto do público está mais que queimada e agora é esperar que possa sair rapidamente e com uma boa margem para perceber que os portugueses não gostam de vencedores ingratos. Ao longo da gala ficou de cara trancada e diz-se «incompreendida» quando errou várias vezes, mesmo após terem brincado com a sua má disposição e a resposta ao Big Brother foi «já falamos» como que ameaçando a desistência. Já o mano Guedes ainda aproveitou o momento para brincar com a situação em tom de ironia, o que deixou a colega de casa ainda pior. 

Tirem-me Deste Filme voltou a destacar as picardias da semana entre Nuno e Leandro, Pedro e António, Leandro e Jaciara, Nuno e Ana, Leandro e António, Jaciara e Nuno, Pedro e Ana, Catarina e Nuno, ou seja, quase todos contra todos num jogo onde António e Ana acreditavam que iam ser os protagonistas e estão a ser pelos piores motivos por defenderem que é armando confusão que um reality show em modo Desafio Final funciona. 

Dona Cristina e seu Big Brother

big brother desafio final.jpg

O Desafio Final de 2022 do Big Brother começou há uma semana e logo adiantei que o conjunto de concorrentes convidados a entrar tinham quase tudo para que esta edição fosse um bombom em termos de polémica e foi mesmo assim que correram os primeiros dias com discussões e picardias a surgirem de vários lados e em várias frentes. Com Dona Cristina, como Ana Barbosa trata a apresentadora, a surgir decotada para mostrar a joia da coroa de milhares, os comentadores Marta Gil e Flávio Furtado a revelarem gostar desta edição eufórica do reality show com o histerismo, picardias, guerras e conflitos já existentes e ainda agora o jogo da inimizade começou. Oh que bem que os percebo por gostarem de um reality show mas envolto em polémica!

BBPlay a começar com Concorrência Furiosa - Parte 1 com António e Ana Barbosa de um lado contra Nuno Homem de Sá e Débora. Tricas da edição anónima entre António e Ana contra Débora a que se juntou agora o Nuno. Por outro lado também foi visível o embate entre Leandro e Gonçalo Quinaz numa luta de palavras e quezílias que parecem já ter antecedentes exteriores ao programa. Tudo isto sem esquecer o amor ódio também ele antigo entre Jaciara e Nuno. Os que outrora ficaram conhecidos por serem bons para discutir assim continuam e agora com novas guerras pelo meio, o que adoro como espetador. Afinal o que é um reality show polémico sem diz que diz e discussões?

O segundo BBPlay teve como título Os Básicos, uma vez que os concorrentes estavam divididos em dois grupos, os básicos com poucas regalias e os que tinham direito a utilizar todos os bens e cantos da casa. Com isto António e Ana voltaram a estar na berlinda por acharem e afirmarem que o jogo de anónimos em que entraram foi mais rigoroso que as edições dos famosos e que já estavam habituados a ficarem sem regalias, levando essa conversa em diante, o que acabou por irritar alguns dos concorrentes. 

Terceiro BBPlay de seu nome Concorrência Furiosa - Parte 2 com Nuno a mandar "passear" a Catarina e a picar vários concorrentes com o passa e mói com pequenos comentários para espicaçar e perceber quem se deixa provocar. Débora também relatou aos novos colegas o que passou na sua casa com Ana e António e viu os mesmos a gozarem consigo durante a semana. Neste momento e porque os três concorrentes surgem de uma edição de anónimos, eis que os galhardetes foram trocados em direto na gala sem hesitações e fugindo dos receios que os famosos omitem aos Domingos. Neste tema volto a frisar que vejo um António muito em torno de um só alvo, a Débora, levando a Ana atrás de si, o que poderá prejudicar ambos a médio prazo dentro da casa, uma vez que parece não existir jogo do tio sem ser dizer mal dos outros na companhia da sua confidente. 

Bruna a ter o momento confessionário a solo da noite para ver as suas melhores imagens da edição famosos de onde mal saiu para voltar a entrar nesta nova edição, tendo visto também os seus melhores momentos da semana e revelando que foi com o coração que resolveu voltar a entrar na casa logo de seguida, mesmo deixando Bernardo em espera no seu novo dia-a-dia. Bernardo também em estúdio comentou a reentrada da namorada, tendo já assimilado ter ficado cá fora por umas semanas sem ela, anunciando ao mesmo tempo que na Segunda-feira irá visitar a casa para se encontrar com a Bruna, num cenário que irá fazer lembrar a visita do Marco à Marta na primeira edição nacional do Big Brother com o recurso a uma grua, tudo para ser visto no diário da tarde do programa apresentado por Mafalda Castro. 

Também Gonçalo Quinaz teve direito a momento a solo no confessionário para os melhores e não tão bons momentos. O concorrente já começou com o choradinho das saudades dos filhos para se embelezar junto do público como um pai preocupado, mas Cristina não o deixou fugir da guerrilha com Leandro e acabou por o fazer comentar a luta de palavras como se tudo tivesse acontecido de maneira amigável. De semana não se gramam e quando chegam ao Domingo anda tudo em paz!

Débora viu a sua semana na casa, os falsos sorrisos dos seus antigos companheiros da edição anterior, os comentários nas costas, as aproximações e justificações que fez a determinados concorrentes, por jogo ou por atração... A Débora a ser Débora sem mostrar diferença do que já habituou o público, como a própria diz e a voltar a ser posta de parte por alguns concorrentes do grupo... «A Débora é isto!» e como espetador até gosto desta Débora, embora perceba que se tivesse de conviver numa casa com a querida que iria cansar facilmente!

Boeing Boeing

Boeing BoeingBoeing Boeing está de regresso ao palco do Teatro da Trindade para uma mini temporada, isto depois de ter esgotado a sala nos primeiros meses do ano e ter andado em digressão nacional ao longo dos últimos meses.

Com produção da Yellow Star Company esta premiada comédia internacional tem feito as delícias do seu público, tendo agora conquistado a minha preferência. Já o havia dito antes mas volto a repeti-lo, esta produtora de Paulo Sousa Costa tem feito um óptimo trabalho, levando a cena excelentes espetáculos dignos de todos os aplausos.

Com Boeing Boeing fartei-me de rir com tantos enganos na vida de Bernardo, protagonizados pelo próprio. Ele é o noivo de um trio de mulheres que nada têm haver umas com as outras, a não ser o facto de serem hospedeiras de bordo com horários diferentes, serem levadas pela cantiga de Bernardo e andarem num amor de enganos. Isto até ao dia em que tudo muda e onde até a empregada doméstica do conquistador vê a sorte aparecer-lhe à frente. 

Em palco estavam Sofia Ribeiro, Patrícia Tavares, Melânia Gomes, Elsa Galvão, Joaquim Horta e João Didelet, um elenco capaz de surpreender, mostrando em alguns casos que os palcos são mesmo a essência da representação. Se a tradução de Boeing Boeing esteve a cargo de Marc Xavier, a encenação ficou pelas mãos de Cláudio Hochman. Paulo Sousa Costa, o produtor, teve também o papel de adaptar para a realidade nacional este espetáculo que tem feito sucesso por onde tem passado.

Boeing Boeing pode ser vista de quarta a sábado, às 21h30, e domingos, às 18h00, pela sala principal do Teatro da Trindade. Um espetáculo que vale a pena ser visto e que me fez lembrar do sucesso que a série brasileira Sai de Baixo teve entre nós há uns anos.

Um bom momento para descontrair, colocar os cintos e ser levado pelos ares! Aconselho a quem gostar de boas comédias porque aqui existe verdadeiro entretenimento!