Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

01
Mar15

O dia de hoje!

O Informador

Acordar a meio da manhã, nada comi como pequeno-almoço por falta de apetite! A sala esperava-me com o recúo para a programação do serão de ontem onde a estreia da segunda temporada de MasterChef Portugal aconteceu pela TVI. Quis ver, gostei, mas logo mais contarei o que achei sobre o programa num novo texto! O almoço bateu à porta com uma massa de marisco para não encher o estomâgo com algo que não lhe cabia e a hora de sair chegou!

A tarde, essa foi direta por Lisboa, zona de Belém, onde ao primeiro Domingo de cada mês se realiza a feira de antiguidades com mais expositores que já vi pelo nosso país. Após isso, o Museu Berardo esperava por alguém que lá não tem ido pelos últimos meses, eu. 

Hoje o dia correu absolutamente bem, sem pressas e correrias com tudo à mistura... Amor, mimo, passeio, cultura, nada de compras indispensáveis, comida e bem-estar. Agora ao serão fica-se por casa a colocar a escrita e leitura em dia, dando uma vista de olhos pelo que se está a passar por aí e com a televisão a fazer-me companhia!

28
Mai14

Rigo

O Informador

RigoRigo, o artista e ativista que defende os direitos humanos tem agora uma demonstração do seu trabalho no Museu Berardo e O Informador já esteve perto das peças que têm percorrido o mundo. Tendo começado o seu percurso nos anos 80 em Lisboa, com os seus trabalhos de banda desenhada, com os fanzines e os murais do pós-25 de Abril, rapidamente São Francisco aceitou este talento, tendo Rigo envolvendo-se nas pinturas de murais com ligações às comunidades minoritárias. 

Com o ativismo como manchete, o artista mostrou todo o seu talento de diversas formas, estando a calçada, o mosaico, o azulejo e a escultura entre as suas preferências. No entanto é com a grande obra Teko Mbarate que chegou até mim, neste trabalho único e de perfeição que não consegue passar despercebido a quem visita o Museu lisboeta.

Um submarino com animais, pessoas, cestos, terra e tudo o que é necessário para uma viajem são os elementos que se transformaram numa obra de arte! O que existe para contar através deste trabalho? O mundo, a vida e a ligação entre o ar, a terra e o mar! Muito há para observar nestas peças de Rigo que aconselho mesmo serem vistas porque aqui há talento físico para ser mostrado!

Rigo Rigo Rigo RigoRigo

30-a-50-nobel-literatura-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: