Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

02
Jun18

Festa do Livro em Belém está de volta

O Informador

festa do livro em belém.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa, no seu primeiro ano como Presidente da República, abriu os portões do Palácio de Belém para a primeira edição da Festa do Livro em Belém, continuando a mostrar o seu gosto pela literatura que sempre foi um dos seus pontos fortes enquanto comentador televisivo. Este ano, a terceira edição da Festa do Livro já se encontra a ser preparada e com data marcada. 

Foi numa das suas primeiras visitas à 88ª Feira do Livro de Lisboa que o Presidente Marcelo anunciou que de 31 de Agosto a 02 de Setembro, os jardins do palácio irão voltar a receber a feira literária que já se começa a tornar uma tradição graças à sua vontade. 

Será mais uma vez em parceria com a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros - APEL - que esta terceira edição da Festa do Livro em Belém irá realizar-se com dezenas de bancas de diversas editoras, onde se juntam sessões de autógrafos, cinema ao ar livre e várias outras atividades numa programação diversificada que pode ser acompanhada com algumas pausas pela zona da restauração que irá estar disponível pelo espaço. 

05
Jul17

Marcelo, o Pai da Nação

O Informador

marcelo rebelo de sousa.jpg

Ao longo dos anos Marcelo Rebelo de Sousa foi conquistando Portugal graças à sua presença televisiva com o comentário semanal mais visto ao longo de anos. O professor resolveu candidatar-se ao lugar central da política nacional, venceu com maioria e rapidamente conseguiu conquistar muitos dos que não votaram em si. Hoje, Marcelo é o nosso Presidente da República e com o passar do tempo poderá ser mesmo apelidado como o Pai da Nação.

Qualquer que seja a situação de maior destaque, boa ou má, acontecimentos agendados ou imprevistos, o atual Presidente marca presença. Não existe forma de dar a volta à sua presença porque quando menos se espera e quando se acredita que os compromissos não podem ser adiados, eis que Marcelo aparece num acidente de maior gravidade para se inteirar da situação e apoiar as vitimas. Para o bem e para o mal Marcelo está presente, mostra interesse em saber o que se passa e as medidas imediatas que podem ser tomadas para melhorar qualquer situação menos boa. Isto é um Presidente, bem distinto do que estávamos habituados até aqui ao longo de várias décadas onde rostos importantes lideraram o país mas só tiveram mão e estima pela secretária. Agora não, agora o rosto da nação está nos locais em que é necessário estar, altera os planos a qualquer momento e não deixa nada por fazer ou dizer quando assim tem de ser. Muitos acham que por andar sempre em viagem acaba por não ter tempo para rever as leis e obrigações da sua função, não acredito que Marcelo deixasse isso para trás, acreditando sim numa boa equipa por detrás de um rosto e na forte inteligência de um Homem que sempre estudou para ser o melhor. 

Marcelo Rebelo de Sousa é o melhor Presidente da República que Portugal podia ter nos dias que correm, alterou a forma de estar em Belém, virado para o povo e não para si, aproximando-se das pessoas sem receios, deixando a segurança em apuros mas servindo uma nação que o aceitou de bom grado e se tem rendido à sua perseverança, aos atos, afetos, palavras em momentos certeiros e acima de tudo por ser o líder presente e próximo do que é sentido e vivido no país. 

01
Mar15

O dia de hoje!

O Informador

Acordar a meio da manhã, nada comi como pequeno-almoço por falta de apetite! A sala esperava-me com o recúo para a programação do serão de ontem onde a estreia da segunda temporada de MasterChef Portugal aconteceu pela TVI. Quis ver, gostei, mas logo mais contarei o que achei sobre o programa num novo texto! O almoço bateu à porta com uma massa de marisco para não encher o estomâgo com algo que não lhe cabia e a hora de sair chegou!

A tarde, essa foi direta por Lisboa, zona de Belém, onde ao primeiro Domingo de cada mês se realiza a feira de antiguidades com mais expositores que já vi pelo nosso país. Após isso, o Museu Berardo esperava por alguém que lá não tem ido pelos últimos meses, eu. 

Hoje o dia correu absolutamente bem, sem pressas e correrias com tudo à mistura... Amor, mimo, passeio, cultura, nada de compras indispensáveis, comida e bem-estar. Agora ao serão fica-se por casa a colocar a escrita e leitura em dia, dando uma vista de olhos pelo que se está a passar por aí e com a televisão a fazer-me companhia!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Mais comentados

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook