Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Big Brother de Cristina

curva da vida cristina.png

Após duas edições de Famosos e um Desafio Final do Big Brother o trajeto que levou Cristina Ferreira à apresentação de reality shows chegou ao fim da primeira temporada. Mais de cinco meses de programa continuado com o entra e sai de três grupos de concorrentes em três fornadas seguidas, e eis que neste final a produção desafiou Cristina Ferreira a mostrar a sua Curva da Vida enquanto apresentadora do programa. Foi ao longo da noite da última gala, que celebrou Bruna como a grande vencedora do Desafio Final, que o público foi convidado a assistir a esta passagem de Cristina, da estreia no dia 02 de Janeiro ao final a 05 de Junho, pelo programa, o que a marcou, os receios e o que ficou perante o futuro. 

Nesta passagem Cristina revelou como tudo começou, a reunião com o convite de Bruno de Carvalho, a entrada de Jardel e Jaciara, o sim repentino de Marta Gil. No dia 02 sentiu que tudo tinha mudado e que o Big Brother voltou a ser tema de café. A entrada do Leandro dias depois da estreia, os receios pela má entrada do cantor no jogo e a tentativa de proteção pela carreira, o Nuno Homem de Sá a destabilizar o grupo... Até ao dia em que a TVI recebeu a carta do tribunal com a acusão de violência por parte de Bruno de Carvalho a Liliana. A gala começou sem saberem como iria correr a noite, o discurso sem preparação com o que estava a acabar de acontecer no exterior com as acusações a Bruno e na mesma noite faleceu a mãe de Mário Jardel, numa gala que Cristina revela ter sido a mais difícil por tudo ter sido feita em nervos e sem marcações sobre o que ia e podia acontecer. A apresentadora e diretora pediu desculpa por não terem conseguido proteger o antigo diretor do Sporting, sentindo-se também ela derrotada por isso. As semanas passaram e o Kasha terminou vencedor com Jorge Guerreiro a elevar os seus níveis de popularidade na segunda posição. O Kasha acabou por revelar perante o público que com a sua entrada no Big Brother voltou a acreditar em si, saindo do poço onde se sentia há vários meses sem conseguir ver mérito em si próprio.

Uma edição terminou e logo outra começou com uma Bruna desconhecida para o público nacional, um Bernardo que entrou a medos e os dois revelaram-se o casal sensação da edição. Num grupo bem distinto entre si, com pessoas de várias áreas profissionais, a vida na casa foi diferente, mais calma que o habitual mas o público rendeu-se a esta calmaria do dito grupo da amizade após a intensidade do primeiro lote de concorrentes famosos. Cristina revela que nos primeiros dias da nova edição sentiu-se ausente perante os novos rostos que faziam parte da sua vida, com tempo e espaço entrou na suas vidas e acolheu-os tal e qual os primeiros. 

Bruna, a vencedora do Big Brother

bruna.webp

Chegou ao fim o Desafio Final do Big Brother 2022! Um pouco mais que cinco meses após Cristina Ferreira estrear-se na apresentação do Big Brother, com a sua primeira edição com famosos na casa, ontem, a 05 de Junho de 2022 terminou a aventura onde famosos expuseram a sua vida ao longo de quatro meses, com dois grupos divididos por dois meses cada para mais tarde alguns voltarem a ser convidados para este Desafio Final que reuniu famosos e antigos anónimos numa só edição onde se queriam os melhores dos melhores. Bruna, Francisco, Gonçalo e Pedro foram os finalistas desta edição que se queria mais puxada que as anteriores, e eis que a escolha final do público recaiu com 91% da votação na Bruna, a merecida e desde o início a minha vencedora do Desafio Final do Big Brother, com Gonçalo a ficar na segunda posição, Pedro no terceiro lugar e o Francisco na quarta posição.  

Familiares, ex-concorrentes e público a encherem o estúdio da Venda do Pinheiro, Cristina Ferreira de branco com penas com os nomes dos concorrentes que lhe passaram pelas mãos nestas três edições consecutivas de Big Brother e todos os concorrentes tiveram direito a solo no confessionário com Bruna a abrir as hostes com os seus melhores momentos ao longo desta edição de Desafio Final. Confessando-se orgulhosa da sua prestação, falando na independência da mulher que sempre quis mostrar com a sua estadia na casa, Bruna foi a concorrente que não precisou de se defrontar em guerrilhas e criar barulho para sobressair, tendo um dos percursos mais positivos dos últimos reality shows. Após ver os seus melhores momentos Francisco, falou da saudade sentida pelo exterior e dos conflitos com que se debateu por não ser essa a sua premissa para estar na vida. O ator revelou ainda que as suas reservas e medos acabaram por se revelar na força para chegar ao fim com o equilíbrio possível pelos vários momentos de superação. Gonçalo refletiu sobre a sua passagem após ver os melhores momentos das suas cinco semanas de programa. Acredita que a sua entrada nesta edição do Big Brother o ajudaram a arrumar gavetas pessoais e também com os que lhe são mais próximos cá fora, sentindo que recebeu reconhecimento com este seu regresso aos reality shows sobretudo sobre as polémicas que tem tido nos últimos tempos. Já Pedro viu a sua participação como um misto de emoções, de início pesado mas que foi ultrapassando com a boa disposição e os seus pontos de ironia. Tendo revelado que as discussões lhe tiraram energia ao longo da estadia na casa, prezou sempre a tranquilidade, mesmo que os tubarões da casa a quisessem tirar.  

Os concorrentes receberam presentes especiais por parte do Big Brother, com Gonçalo a receber a mensagem «vá aprender inglês, seu rústico», devido à sua pouca qualidade na oratória com a língua inglesa. Rei das Piadas Secas foi o livro em branco que Pedro recebeu para começar a preencher com a sua ironia. Bruna recebeu uma t-shirt com a sua célebre expressão muito mencionada na casa, «misericórdia». Já Francisco recebeu uma ginásio da Lego para nunca lhe faltar um momento para colocar o exercício em prática.

Cristina termina o seu ComVida

cristina ferreira.jpg

A 29 de Março de 2021 Cristina Ferreira estreava nos finais de tarde da TVI o seu Cristina ComVida. o formato não estreou na liderança e poucas foram raras as vezes que a conseguiu alcançar ao longo da sua exibição. Agora, no final do ano, a direção encabeçada pela própria apresentadora anuncia o final do formato que tem ocupado nos últimos meses a faixa horário das 18h00 às 19h00, deixando de fazer parte da programação do canal a partir do dia 06 de Janeiro de 2022, nem um ano após a sua estreia. 

Cristina Ferreira sempre admitiu que os seus projetos em televisão podem acabar a qualquer momento se não estiverem a cumprir com os resultados pretendidos. Aconteceu isso com Dia de Cristina que após uns meses, poucos de exibição, chegou ao fim para dar lugar ao Cristina ComVida que agora tem também o seu final anunciado. “Daqui a um tempo, se eu achar que este programa ou não é deste horário ou tem de acabar ou tem de mudar, mudo. Não tenho problema nenhum com isso. O que é certo é que as pessoas já querem que eu acabe com o programa ou que eu o destrua ou o mude. Vou manter até eu achar que tem caminho”, disse Cristina, diretora e apresentadora da TVI umas semanas após a estreia do seu Cristina ComVida, dando agora veracidade às suas palavras, uns meses após o final anunciado por imprensa e críticos. 

Sempre vi este formato como uma boa aposta mas não para os finais de tarde, sendo um programa bem conseguido, com investimento, mas que deveria ter sido sempre pensado para as três horas matinais destinadas a talk-shows e nunca para um horário em que o público está de regresso a casa e não quer assistir a mais um programa de conversas. Cristina como diretora não consegue estar em direto três horas de forma diária e devia ter pensado este formato e atribui-lo a outros rostos mas para as manhãs, numa ideia semelhante ao formato que lançou na sua ida para a SIC com o Programa da Cristina. Cristina fecha assim o ciclo do seu ComVida, acreditando que a casa da Venda do Pinheiro, que serviu de cenário para o programa, possa e deva ser usado para outro formato, uma vez que a ideia foi bem conseguida, o horário mal escolhido e um lançamento feito quando o público mostrou rejeitar o regresso de Cristina ao canal que a lançou para o estrelato. Agora o ComVida segue para a gaveta, fazendo parelha com o Dia de Cristina, sem se saber para já qual será o futuro como apresentadora dentro do canal.

Big Brother Famosos em 2022

Big Brother Famosos

A mês e meio da final da edição 2021 do Big Brother, a TVI anuncia que no início de 2022 será uma nova edição do Big Brother Famosos a surgir nos ecrãs dos portugueses. Recuperando a ideia de colocar famosos dentro de uma casa, a direção do canal decidiu que no próximo ano serão rostos já conhecidos do público a ficarem isolados, ou quase, para se darem a conhecer no que já foi apelidado em tempos pelo jogo da vida real.

Após três edições com famosos bem sucedidas em 2002 e 2013, o canal voltará agora a apostar nesta versão do reality show, prometendo, segundo o primeiro vídeo promocional muitas novidades, com concorrentes que vão surpreender a entrarem no desafio. A questão que coloco é só uma... Existem verdadeiros famosos a quererem entrar neste jogo após verem tudo o que tem acontecido com as polémicas nas edições com anónimos nos últimos anos?

Goucha e Cláudio no Big Brother

Manuel Luís Goucha e Cláudio Ramos.jpg

A nova edição do Big Brother foi anunciada pela TVI logo no início do Verão mas o secretismo em torno do rosto que iria apresentar esta temporada do reality show de maior sucesso mundial existiu. A imprensa lançou vários nomes nas suas páginas, nas redes sociais muito se comentou sobre se seria somente um apresentador ou uma dupla, eles e elas, do canal ou novas contratações. Certo é que o segredo sobre os rostos que irão apresentar o formato aconteceu até quase ao último dia e nem mesmo a produção do programa sabia, até ontem, quem irão receber todos os Domingos para a condução das galas. A dois dias da estreia, e somente com o núcleo duro de Cristina Ferreira a saber os nomes que já estavam há algum tempo confirmados, eis que a Voz anunciou em pleno horário nobre que os anfitriões do reality show são Manuel Luís Goucha e Cláudio Ramos.

Manuel Luís Goucha vinha a ser bem comentado como o possível apresentador pela imprensa, tendo desmentido e desviado o tema, já Cláudio Ramos conseguiu esconder como um bom ator, criando bons argumentos e revelando sempre em direto que estava fora desta nova edição do Big Brother, mostrando estar sem tempo para abraçar o seu Dois às 10 e a grande aposta do entretenimento da TVI a partir de 12 de Setembro. A dois dias da grande estreia a dupla masculina foi anunciada, deixando de existir suspense para o dia de estreia sobre a questão «quem vai apresentar o Big Brother?»

Cláudio e Goucha, Goucha e Cláudio são a nova dupla da televisão portuguesa. Se vai correr bem? Disso não tenho dúvidas, o que já prevejo é o falatório que a imprensa irá fazer e ao mesmo tempo a risota que irá ser quando os apresentadores começarem com as suas habituais brincadeiras e picardias positivas em direto. Nas redes sociais uns aplaudiram a escolha e outros criticaram e já começaram a difamar, mas quem conseguia gerar consenso se nem mesmo a Teresa Guilherme, a eterna rainha dos reality shows, nunca conseguiu ser aplaudida pela maioria quando era anunciada para cada nova edição? Gosto dos dois, sempre gostei do Manuel Luís e aprendi a respeitar o Cláudio através da sua luta pelos sonhos conquistados. Agora vão estar juntos através da mão da amiga e diretora Cristina Ferreira que uniu dois dos homens da sua vida em televisão e acredito que o sucesso irá estar do lado de ambos.

 

A expulsão do André Filipe

expulso-aldnre-1000x600.jpg

 

Desde que a estreia de Big Brother, a Revolução aconteceu que a maioria do público se fez ouvir nas redes sociais sobre as atitudes e formas de se expressar do concorrente André Filipe. Provocando uma saída ou talvez duas de dois companheiros de casa logo na primeira semana de programa por os levar a atingir limites psicológicos e provocando praticamente todos os outros com a sua forma estranha de estar na casa, eis que o limite da própria produção da Endemol e TVI rebentou e a meio da tarde da passada Quarta-feira, dia 23 de Outubro, o Big Brother decidiu mesmo expulsar esta personagem que vai ficar para a história dos reality shows como o pior concorrente de sempre a sair por maus e irresponsáveis comportamentos.

Ao longo da semana rezou de noite quando os companheiros dormiam ou tentavam descansar, inventou situações que não aconteceram para provocar discussões, comeu brócolos enquanto uma das colegas cozinhava ao seu lado para logo os vomitar e ainda acrescentar frases bem explicitas de nojo, retirou pequenos espelhos que estavam colados na parede da casa-de-banho, benzeu várias roupas dos colegas, tudo isto e mais pelos primeiros dias.

No dia da expulsão o caso agravou-se e este André Filipe assumiu ainda mais comportamentos erráticos perante os que viviam consigo e para com a própria produção. Na piscina, com os outros concorrentes aflitos no jardim, começou a retirar as luzes de dentro da piscina, correndo o risco de apanhar um valente choque, tendo feito o mesmo pelas paredes da casa. Ao ser constantemente avisado pela voz do Big Brother de que iria ser sancionado e que os colegas podiam também ser castigados por sua culpa, tudo piorou, começando a atirar tinta contra os muros da casa, fazendo um género de graffiti, seguindo-se o pontapear de vários objetos do jardim, tal como o atirar de cadeiras para dentro da piscina. Constantemente a produção chamou o concorrente ao confessionário, o que foi de forma constante ignorado pelo próprio. 

Uns bons minutos depois, quando decidiu levar o pedido a sério, entrou no confessionário, as imagens foram-lhe apresentadas e acabou por ser naquele preciso momento expulso sem ter hipótese de voltar para a casa para fazer as malas e despedir-se dos companheiros de jogo.

De início tudo parecia muito encenado pelo próprio André, mas os dias passaram e os comportamentos só pioraram, estando a levar todo o grupo a um limite com que eu próprio também não iria aguentar. Se isto podia no início ser trabalho de ator, o tempo demonstrou que o 《bruxo》 tem consigo comportamentos psicóticos e desviantes, muito ao lado do que se pretende de um programa deste género.

É reality, é Teresa!

Teresa Guilherme - Imagem da revista Vip

Imagem VIP

 

Podem dizer o que quiserem sobre os apresentadores que a TVI tem escolhido para apresentar os mais recentes reality shows, mas o que é certo é que Teresa Guilherme é a rainha e após uma estreia tão bem auspiciosa com a apresentadora como peixe na água e logo a colocar os pontos nos is com a entrada dos concorrentes, eis que no primeiro final de tarde em que entrou em direto para serem feitas as primeiras nomeações, a ordem voltou a ser colocada para que os jovens moradores da casa da Ericeira não se estiquem como aconteceu na última edição do formato.

Concorrentes a falarem no momento das nomeações e ao mesmo tempo que a Teresa a ouvirem uma expressão do estilo, «quando uma burra velha fala, a nova fica calada» a colocar desde logo uma das concorrentes a pedir desculpa por estar a falar ao mesmo tempo que a apresentadora. Não pedindo justificações perante as nomeações e tudo feito de forma rápida, Teresa sem falhas com os nomes dos concorrentes, dando sempre uma dica por meias palavras conforme falava de forma rápida com cada um, brilhando e mostrando que sabe bem o que faz, sem enganos e com todos os tempos tão bem cronometrados que não é necessário tirar espaço a uns para deixar outros brilharem.