Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ebooks-billboard

Festa de Verão sem DJ?

Claro que não! Festa de Verão que é festa tem de ter música, pé no chão e dança. Por isso é que os DJs para festas em Lisboa já estão quase todos com a agenda cheia, mas há possibilidade de encontrar um bom DJ para a sua festa… se for a meio da semana. Já alguém imaginou o que seria uma festa de Verão sem música? Vamos fazer esse exercício de imaginação durante alguns minutos. As pessoas iam começar por conversar e beber cervejas frescas (não se atrevem a fazer uma (...)

Drag Queen na capa da Cristina

Ano novo e novas edições da revista Cristina a caminho! Para iniciar 2018 a lutar contra o preconceito, a equipa da publicação dirigida por Cristina Ferreira volta a surpreender os leitores e convidou uma drag queen para a capa de Janeiro.  Tiago, cujo nome artístico é Stefani Duver, é o convidado para abrir o ano da revista. Sendo um dos rostos principais do bar Finalmente, no Príncipe Real, em Lisboa, fazendo também sucesso pelas redes sociais onde mostra o seu dia-a-dia (...)

Presenças de lingerie!

Os concorrentes dos reality shows quando deixam o formato televisivo em que participaram sempre sabem que se estiverem disponíveis várias são as discotecas e bares que os esperam contratar para futuras presenças com a finalidade de atrair clientes até aos espaços. A nova moda que agora chegou entre os antigos concorrentes da Casa dos Segredos, e (...)

Férias marcadas

Pelos últimos anos tenho passado as férias de Verão pelo Algarve e costa alentejana, agora será por Espanha que irei desfrutar de alguns dias de pausa, num local onde não terei que fazer nada, só a pensar no descanso e bem estar! Acabei por marcar as férias de Julho através da agência de viagens Besttravel! Este ano será para Torremolinos, no sul do país vizinho, que irei passar os meus dias de (...)

Dia ou Noite... A preferência!

Os anos passam e as opções vão sendo alteradas ao longo do tempo. Os dias livres, sejam de folga ou férias, são bem mais proveitosos com o tempo claro, que é como quem diz, em plenas horas diárias, deixando o nocturno para trás, porque para sair e viver na noite já lá vai o tempo! Se tiver de optar entre deitar-me à hora normal para acordar cedo ou estender o serão e passar toda uma manhã a dormir, arrastando a noite pelo dia, tenho que confessar que levantar cedo é bem mais (...)

Ressaca

A idade não perdoa e embora tenha 26 anos, a minha aptidão para andar nas noitadas já não é a mesma de há seis anos atrás. Agora além de não me aguentar para além das três ou quatro da madrugada ainda tenho o problema após a prolongada saída. O dia da ressaca acaba por ser bem pior que o da saída com copos a mais! É um facto, aos 26 anos já sinto o peso da idade e o meu estômago faz um forte alerta sobre essa situação. Primeiro, e aqui falo só dos fins-de-semana porque (...)

Boa acção... Telemóvel encontrado!

Num bar vilafranquense encontrei um telemóvel com alguma qualidade na casa-de-banho. Como todos fazem e não admitem nestes casos, por uns micro segundos pensei em colocá-lo ao bolso, pagar a despesa e sair como se nada fosse e com um telemóvel novo para mim mas já em segunda mão. No entanto, e como não consigo ficar com as coisas alheias, a boa acção aconteceu! Saí do wc, dirige-me ao balcão, entreguei o aparelho ao dono do bar que já sabia a quem pertencia. Telemóvel entregue (...)

Luar do Bairro Alto

Uma noite bem passada na companhia dos amigos pode acontecer em qualquer lado, mas desde que descobri a magia das diferenças do Bairro Alto, em Lisboa, que não dispenso em por lá passar sempre que posso. Aquelas ruas de calçada são outra coisa quando de copo na mão se podem contar histórias e ver passar a banda da vida de todos nós. Neste dia, a lua estava mesmo por cima dos nossos (...)

As saídas com os meus amigos

Posso ir para a noite com meio mundo, mas com quem me divirto mesmo em ruas, bares e discotecas deste país é com os meus verdadeiros amigos, os de anos, e quando estamos juntos não nos conseguimos controlar e é sempre a abanar o ambiente onde parece que só nós marcamos presença.  As saídas noturna com os meus amigos são sempre assim! Começamos na brincadeira, mas calminhos, mas depois e mesmo que não se beba, a loucura ataca-nos e parecemos que estamos possuídos. Sabemos que (...)

Um espaço que não segura ninguém

Abriu para aí há cinco anos, só que não sei o que se passa, nenhum dos seus exploradores por lá pára, andando sempre a mudar de gerência. Estou a falar de um café/bar que por aqui existe. É um facto, todos os outros se aguentam com as mesmas pessoas anos e anos, mas aquele não. Pegam, exploram por uns meses, mas depois algo acontece e voltam a mudar os rostos que lá estão. Muda o nome, a gerência, os empregados e o hábito. O que será que se passa dentro daquele local para (...)