Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Lacoste dos ricos

A Lacoste chegou há Avenida da Liberdade e isso é uma mais valia da marca que chega agora a uma das artérias mais caras do nosso país. Com isto o que acabou por acontecer foi que a marca faz assumidamente a distinção entre o seu público remediado com o dos ricos.

Quem o afirmou foi o representante da marca no nosso país, Afonso Marques dos Santos, ao ter proferido o que passo a citar. «Esta é a primeira loja em Portugal com o novo conceito Premium que representa o posicionamento mais elevado da marca, reforçando a componente lifestyle da nossa coleção para o segmento de luxo».

O que se passa então aqui? Existe uma Lacoste que já não é acessível a todos e depois existe a de topo, aquela onde só alguns conseguem chegar no número 38H da mais cara avenida da nossa capital.

Distinções que nem sempre ficam bem a quem as pratica!

Gisberta de volta a Lisboa

GisbertaRita Ribeiro estreou o espetáculo Gisberta há mais de um ano pelo Teatro Rápido, Lisboa. Agora, depois da digressão que tem feito pelo país onde várias cidades receberam a peça baseada numa história real, a atriz prepara-se para voltar à capital, numa outra sala, o Teatro-Cinema São Jorge.

A partir de dia 17 de Julho e até 24 de Agosto, Rita Ribeiro vai estar na sala lisboeta da Avenida da Liberdade com o trabalho que tem sido aplaudido pelo público que a tem levado de sala em sala e pede o seu regresso agora ao local de partida. Eu irei ver este espetáculo de uma hora tão bem comentado pela critica especializada, querendo conhecer a história de vida da mãe do rapaz que morreu por lutar para poder um dia ser chamado de Gisberta. 

Sinopse

Rita Ribeiro interpreta a mãe da transexual Gisberta que, em 2006, no Porto, foi vítima da violência de 14 jovens internos de uma instituição católica. Ela vai relatando a um jornalista factos da vida do “seu menino”, até o momento em que parte do Brasil em busca do seu direito de ser vista e respeitada como mulher. No discurso, por um lado delator da sua tristeza, há uma ternura que revela o amor incomensurável pelo filho, que se mistura à revolta contra os que mataram o “seu menino”, e a uma subsequente negação a Deus. Também assumirá a sua culpa por não ter sido capaz de realizar o desejo mais fulcral do "seu menino": ser tratada por Gisberta.

Vogue Fashion's Night Out 2013

Pela primeira vez tentei marcar presença no Vogue Fashion's Night Out pelas ruas e avenidas da nossa capital. Mas o resultado não foi o esperado e acabei por ver de longe as ruas, lojas e passeios apinhados de pessoas que quiseram o mesmo que eu, só que com mais sorte.

Lisboa parou e todos saíram à rua! As zonas da Avenida da Liberdade, Príncipe Real e Chiado encheram-se de lisboetas, e não só, para a noite da moda, das visitas, das passadeiras vermelhas, das apresentações e acima de tudo, para o momento de festa que ao longo dos últimos anos tem chamado um maior número de pessoas até este já tradicional evento que não acontece só por Portugal, estando a passar-se em várias capitais mundiais no mesmo dia e praticamente à mesma hora.

Um sucesso é o que se poderá dizer do Vogue Fashion's Night Out 2013 que não me recebeu porque após mais de uma hora a tentar estacionar o carro, com todos os lugares e parques pagos lutados, o cansaço e a fome falaram mais alto e acabei por desistir. Este ano fiquei pela tentativa e todos foram mais fortes que eu, mas em 2014 já tenho o lugar marcado para este evento que ganha cada vez mais destaque com o aumento do número de adeptos.

Sim fiquei triste e irritado pelo tempo que perdi em busca de um lugar onde deixar o carro e no fim não conseguir concretizar o meu objetivo. Para o ano será melhor e a má experiência de 2013 ajudará a elaborar o plano para 2014.