Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

10
Mar20

Cunhas e pedidos nacionais

cunha emprego.jpg

 

Vivemos claramente num país onde a cunha é um ponto forte dentro de variadíssimas áreas e as coisas são feitas de forma tão descarada em certos casos que nem é possível disfarçar. Hoje apetece-me falar de um caso tornado público pela própria protagonista e que em poucas semanas se transformou de um desabafo a um pedido de cunha com resultado.

Lembram-se da fadista Raquel Tavares que foi para a televisão dar uma entrevista emocionante e que na altura foi aplaudida por dizer que estava cansada da profissão que tinha e que queria mudar? Dando até a dica que podia ficar a trabalhar nos bastidores ou a fazer qualquer outra coisa para não estar em destaque nos palcos pelo cansaço de cantar e pelo mundo envolvente da fama. Pois é, quem uns dias depois logo fez participação especial como atriz numa série de outro canal televisivo para logo ser chamada pela direção onde a partilha aconteceu para também integrar a ficção do canal? Como se não bastasse agora virou repórter de um programa semanal. 

Vamos lá ver então o que aconteceu... Senti na altura que tudo era um desabafo mas um claro pedido de ajuda para uma pequena cunha dentro de outro campo, sem que deixasse a fama pelo estatuto, embora tenha sido revelado o contrário. A entrevista foi bem vista mas poucos suspeitaram que aquele disfarçado pedido desse frutos. Não é que agora o choradinho funcionou mesmo e o cansaço demonstrado pelo que fazia abriu-lhe outras portas graças a uma choradeira comovente e grandes cunhas que lhe deram a mão pela amizade?

27
Mar19

Lisboa imita Passeio da Fama

nicolau breyner.jpg

Portugal vive da copia alheia de tudo e mais alguma coisa, visto a originalidade escassear em várias áreas sociais. Agora e como se já viesse tarde, a autarquia de Lisboa, mais concretamente a Junta de Freguesia de Santo António, resolveu inspirar-se no Passeio da Fama de Hollywood e criar o passeio dos nomes consagrados do teatro em plena Praça da Alegria, ali pela zona da Avenida da Liberdade. 

Com a finalidade de homenagear os atores do teatro, a Junta de Freguesia com mais teatros por metro quadrado da capital - Teatro Tivoli BBVA, Cinema São Jorge, o antigo Cinema Condes, Maxime, Fontória, Parque Mayer, Variedades, Maria Vitória e o ABC - resolveu criar a sua própria cópia do Passeio da Fama só que no lugar das estrelas com os nomes das grandes personalidades, será adotada uma outra forma. Os nomes serão escritos a preto ao longo da calçada portuguesa na Praça da Alegria. 

Para já e numa primeira fase serão trinta e cinco os nomes que estarão a partir de hoje, 27 de Março, pela calçada, entre eles os de Nicolau Breyner, Laura Alves e Armando Cortez, porém a ideia é dar continuidade a este projeto ao longo dos anos e alongar o Passeio da Fama nacional pela zona. 

28
Dez18

Já nasceu o filho de Rita Pereira... Lonô

D04A9A41-1018-4DD9-A1BF-86E7F26D2621.jpeg

Rita Pereira foi mãe pela primeira vez no dia 27 de Dezembro de 2018. Após uma gravidez anunciada através de um vídeo em que a atriz da TVI dançava de alegria a dar a novidade a meio do ano, todo o secretismo sobre o tempo de gestação e o sexo do bebé foram mantidos reservados para os mais próximos do casal até há bem pouco tempo. Agora e também sem que nada fizesse contar, uma vez que a imprensa apontava que a criança nasceria mais para Janeiro, Rita Pereira revelou através das suas redes sociais que Lonô terá nascido de parto natural e que está tudo bem com ambos. «Lonô, o nosso filho. Deus da música e da paz. Agora dançamos todos ao som da tua vida. 27.12.2018. Parto natural. Felicidade máxima», parttilhou a atriz com a imagem do casal com o filho nos braços. 

O que também acaba por surpreender é a escolha do nome da criança. Lonô foi a opção do casal que decidiu assim homenagear o Deus da Música e da Paz através do filho, o primeiro de Rita e o segundo do seu companheiro, Guillaume Lalung.

18
Ago17

À Conversa com... Vanessa Silva

vanessa silva 9.gif

Vanessa Silva é uma das melhores vozes nacionais do nosso país mas nem sempre o seu talento tem sido reconhecido. Multifacetada em palco e exigente como um bom profissional tem de ser, Vanessa tem conquistado o público por onde tem passado ao longo de mais de duas décadas de carreira onde além de trabalhar com nomes de excelência como se tornou, ganhou amigos e encontrou o amor ao lado do bailarino Pedro Bandeira. Sem ter medo de arriscar e mudar, Vanessa tem seguido os seus sonhos e é por isso que de Portugal para o Mundo a artista é nossa mas tem conquistado os aplausos internacionais através do seu trabalho que vai já para além dos palcos nacionais, percorrendo mares em aventuras pessoais que mostram a verdadeira essência que um profissional de qualidade tem na sua arte. 

vanessa silva 1.jpg

Estreou-se nas lides artísticas bem cedo ao tentar a sorte em programas como Chuva de Estrelas e Cantigas da Rua da SIC mas foi através da entrada em Academia de Estrelas, na TVI, que deu os derradeiros passos junto do público. Que sonhos tinha a Vanessa antes de pisar os palcos televisivos e o que já havia sido feito antes destas experiências?

Bem, essa pergunta é mais ou menos verdade... É verdade que a Academia me expôs mais, dado ter sido um reality show, mas antes da Academia já tinha feito parte do elenco  do “Cantigas de Maldizer” na SIC , em 1998/99, e do “Sábado à Noite “ na RTP, em 1999|2000, ambos tiveram a duração aproximadamente de um ano, e foram antes da academia. Antes disso e como disseste e muito bem, concorri a uma série de programas, já tinha a minha banda de bares e tocávamos quase todos os dias , sendo que também ainda andava a estudar.

 

Se existisse agora nova oportunidade para entrar num reality que envolve-se aprendizagem como aconteceu na altura com Academia de Estrelas voltava a arriscar sabendo como o modelo de programa está alterado neste momento?

Não, de maneira nenhuma... Não que ache que não tenho nada a aprender, antes pelo contrário, mas dados os moldes dos programas, acho que ao fim de 23 anos de trabalho, se calhar já me podia sentar na cadeira dos júris/mentores...

 

Na Academia alcançou o terceiro lugar e foi a partir daí que começou a ser convidada para integrar vários projetos, tendo sido durante anos, um dos rostos residentes das manhãs da SIC onde fazia o que melhor sabe fazer, cantar. Quando saiu do formato matinal sentiu que tinha de o fazer porque existia outros projetos para abraçar ou foi um pouco empurrada para deixar o programa?

No fundo um pouco dos dois. As manhãs deixaram de ter cantores residentes, e eu nunca parei de fazer outras coisas ao mesmo tempo, fiz espetáculos musicais como “Esta Vida É Uma Cantiga”, “High School Musical”, “Fame”, etc, então foi só o fechar de um ciclo, no fundo.

28
Mar17

O rabo de Rita Pereira

rita pereira.png

Volta não volta lá vem o corpo de Rita Pereira, mais concretamente o rabo, como notícia da nossa querida e simpática imprensa cor-de-rosa. Agora e porque a atriz publicou uma foto em biquíni ao longo de um período de férias pelas suas páginas nas redes sociais, logo começaram a surgir de novo os rumores sobre se o rabo de Rita tem ou não silicone. A sério que não têm mais nada para fazer?

O bumbum da atriz mete assim tanta inveja para que volta e meia o tenham de comentar para saberem se existiu ou não cirurgia estética em tempos? Rita já respondeu, sem existir necessidade também para tal, e revelou que o facto de ter ou não silicone no rabo só lhe diz respeito a si e «Isso acho que devem saber os gajos que me tocam e é só um», o namorado Guillaume Lalung, rematou.