Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Banner billboard Saldos 2019
19
Dez18

Mais vistos em 2018

| O Informador

A equipa do Sapo Blogs já nos enviou o Relatório Anual de cada blog correspondente a 2018, embora ainda faltem uns dias para terminar o ano. Com isto e porque acho que todos vocês, que passam por aqui diariamente ou de quando em vez, merecem e podem saber um pouco mais sobre alguns dados disponibilizados pelas estatísticas, deixo-vos assim as publicações mais visitadas no blog ao longo dos últimos doze meses. 

  1. Fita de finalista da afilhada
  2. Fita de finalista para o primo
  3. As fitas de finalistas...
  4. Quem Me Dera | Mariza
  5. Costa leva novo chá de Marcelo
  6. Finalmente existe ação na Antiga Feira Popular
  7. Dor de cabeça com falta de café
  8. Atual leitura... Nada Menos Que Tudo [Afonso Noite-Luar]
  9. Secret Story 7 | A Estreia
  10. 10 alimentos consumíveis fora de prazo
05
Out18

Dança Theresa May, dança...

| O Informador

theresa may.jpg

Theresa May não tem tido vida fácil nos últimos tempos como Primeira-Ministra britânica, no entanto e para tentar passar uma imagem distinta da formalidade habitual, a entrada no congresso do Partido Conservador foi feita a dançar, descordenada, sorridente e a gozar consigo própria ao som de Dancing Queen dos Abba. 

Enfrentando a oposição dentro do próprio partido face às negociações para com a saída da União Europeia, Theresa May quis assim mostrar um outro lado, o da boa disposição perante o que tem acontecido nos últimos meses, entrando em palco sem jeito algum para dançar mas criando um momento caricato que surpreendeu a plateia e o Mundo. 

30
Jan18

Autoritarismo de António Costa

| O Informador

antónio costa mário centeno.jpg

António Costa continua a liderar o Governo e quem o constitui tem de prestar contas ao Primeiro-Ministro, normal, o que não é assim tão normal são os pedidos de saída dos vários cargos a serem recusados e assumidos publicamente. Costa exige que os Ministros se mantenham e depois quando lá decide que já chega percebe através da comunicação social que a pressão para aguentarem no barco acabou por correr pior do que o previsto. 

Após Constança Urbano de Sousa, no ano passado, só conseguir uns meses depois deixar o Governo após o seu pedido de saída, porque o todo poderoso não a queria fora do seu posto, revelando posteriormente a senhora o seu pedido que caiu em vão porque foi feita pressão para continuar no cargo, agora foi Mário Centeno que já deixou a dica. Caso venha a ser arguido na investigação sobre os bilhetes para assistir ao jogo do Benfica opta por abandonar o seu lugar como Ministro das Finanças. Perante este desabafo, António Costa, do alto dos seus sapatos brilhantemente elegantes já se fez pronunciar e voltou a afirmar algo que já começa a ser usual nas suas expressões quando um elemento da sua equipa pretende abandonar a carruagem. Para Costa, Mário Centeno «se manterá em funções» porque «quem decide sou eu e mantenho toda a confiança» no Ministro. António Costa revela ainda que «o que está em causa não coloca em causa o bom nome, a seriedade e a credibilidade do professor» porque pelo que percebo a corrupção dentro da ideia do "uma mão que limpa a outra" é tudo uma coisa normal de acontecer no seio político que o governante frequenta e onde aprendeu a liderar os caminhos com certos tesouros a serem encontrados pelo caminho. 

António Costa a mostrar uma vez mais que quem manda é o senhor, o rei todo poderoso que chegou para liderar e ter todos aos seus pés. Alguém pode ousar querer deixar o seu lugar? Não, têm de aguentar até o senhor Primeiro-Ministro assim achar correto porque a partir do momento em que entram no atual Governo o destino é somente chegar ao final como a arca de noé sem grandes baixas para que se possa afirma que António chegou à sua Costa ereto e com toda a sua formatura bem fortalecida, mesmo que por trás existam tantas desconfianças e podres que só mais tarde serão descobertos nas profundezas onde os segredos por vezes são colocados.

03
Jan18

Mais lidos em 2017

| O Informador

top 10.jpg

2017 já lá vai e com o ano terminado entramos na altura de fazer o balanço dos doze últimos meses. Aqui pelo blog e olhando para o top 10 dos artigos mais vistos dá para perceber que o caminho que vocês, enquanto leitores, mais apreciam enquanto visitantes do blog anda muito pela área dos famosos, da televisão e da atualidade noticiosa. 

Cristina Ferreira é a rainha do primeiro lugar, o que para mim não é uma novidade. A apresentadora da TVI ocupa o primeiro e o sexto lugar da tabela, tendo assim uma liderança destacada entre os artigos mais vistos. Segue-se o site Dioguinho, onde uma critica pessoal acabou por suscitar interesse e receber novos visitantes pelo blog. Depois Cristiano Ronaldo, Carlos Cruz e Ruy de Carvalho vão compondo a lista onde não falta a política com António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa e onde o programa Pesadelo na Cozinha aparece para abrir o apetite aos leitores do blog. Para finalizar o top mais de 2017 aparecem três textos sobre as fitas de finalistas, textos esses que já têm lugar reservado nos mais lidos ao longo dos últimos anos!

Deixo-vos com o top que todos vocês ajudaram a fazer ao longo dos últimos meses aqui pelo blog!

16
Dez17

Costa leva novo chá de Marcelo

| O Informador

marcelo rebelo de sousa e antónio costa.png

Portugal é um país bem ligado às memórias, embora por vezes o nosso Primeiro-Ministro se esqueça que todos sabemos o que se passou ontem, a semana passada e ao longo do ano. 

Há uns dias António Costa proferiu uma frase que lhe ficou tão bem como outras reações que foi tendo ao longo do ano. O nosso governante afirmou junto da comunicação social que «Este foi um ano particularmente saboroso para Portugal». Foi? Sabores e coisas boas aconteceram ao longo de 2017 e as polémicas e o flagelo dos incêndios ficam onde no meio de tanta coisa agradável que Costa tem visto?

Ouvi tal profanação e pensei que o senhor voltou a deixar escapar nova ideia absurda perante o país! Eis que umas horas depois Marcelo Rebelo de Sousa, senhor Presidente da República que não deixa nada escapar, reagiu e já deu novo chá, de modo suave, ao querido governante que necessita de uns bons comprimidos para a memória. Marcelo apelou para que «haja memória daquilo que aconteceu», frisando que «não haja ideia de que o ano foi todo muito bom, com um pequeno problema que foram as tragédias. Não é verdade. Houve neste ano o melhor e o pior».

Parece-me que António Costa volta não volta tenta limpar os temas desagradáveis que têm marcado o seu tempo de governação com um bom tira nódoas mas em vão. Neste momento ninguém anda tapado e o Presidente Marcelo está tão atento que atira logo o seu alfinete para mostrar que não se podem tapar os maus momentos com os positivismos que muito querem mostrar mas que pouco nos convencem. 

11
Nov17

Os jantares no Panteão

| O Informador

panteão nacional.jpg

O Panteão Nacional está desde o dia 24 de Junho de 2014 ao abrigo do Despacho 8356/2014, onde foi aprovado o Regulamento de Utilização dos Espaços sob tutela da Direção Geral do Património Cultural e desde ai que o local é utilizado para receber várias comemorações, só que se até aqui tudo foi feito de forma bem recatada, com o jantar que foi organizado pela finalização do Web Summit a situação tomou proporções a nível nacional e a polémica ficou instalada com o Governo agora a querer proibir os jantares no Panteão.

panteão nacional mesas.jpg

Ao longo de três anos foi possível a empresas e entidades privadas e públicas utilizarem o salão central deste símbolo português para organizarem jantarem e eventos, só que agora, após a polémica, para António Costa, «é ofensivo utilizar deste modo um monumento nacional com as características e particularidades do Panteão Nacional», reforçando que «a utilização do Panteão Nacional para eventos festivos é absolutamente indigna do respeito devido à memória dos que aí honramos». A questão é se o senhor Primeiro-Ministro só agora teve conhecimento sobre este despacho ou se só falou após ver toda a polémica que o jantar do Web Summit tem causado junto da sociedade em geral e através das redes sociais.

Segundo consta através da comunicação social, o Ministério da Cultura quer agora proibir a realização de festas no Panteão Nacional e que o jantar da passada Sexta-feira, 10 de Novembro, no local só foi conhecido por Luís Filipe Castro Mendes, Ministro da Cultura, após a sua realização. Assim sendo, o Ministro em funções já determinou «a imediata revisão» do despacho de 2014 para que a «proibição de realização de eventos de natureza festiva no Corpo Central do Panteão Nacional» seja feita. Em comunicado foi ainda mencionado que «O Ministério da Cultura não permitirá que a utilização para eventos públicos dos monumentos nacionais possa pôr em causa o caráter e a dignidade próprias de cada um desses monumentos.» Agora pergunto... Será que o senhor Ministro e toda a sua equipa também desconheciam o despacho que deu luz verde à utilização destes espaços para celebrações e festividades?

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Sim! Mas a verdade é que hoje em dia, as pessoaa n...

  • O Informador

    A mágoa que alguém nos provoca deixa sempre mazela...

  • Sofia

    Completamente! Sou desconfia poe natureza.

  • O Informador

    Isso sem dúvida, o que nos magoa de verdade fica s...

  • Sofia

    Há coisas que te fazem que jamais esquecerás!Estou...

Mensagens

Pesquisar