Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

policial-billboard

Hoje faço 33 anos!

Parabéns a mim!

05
Nov19

Acordei cedo, como prática recorrente de forma diária, e logo me apercebi que o telemóvel já continha as primeiras felicitações de aniversário que foram sendo enviadas após as 00h00. Hoje, 05 de Novembro de 2019, completo os meus 33 anos! Yupi! Yupi! Yupi! É dia de festa, é o meu Aniversário!

Agora falando a sério, sim hoje faço anos, mas não sou assim tão entusiasta por momentos festivos como já devem saber. Adoro que me felicitem e podem desde já começar a escrever o vosso comentário, a enviar mensagens ou a deixar a vossa felicitação pelas redes sociais, principalmente pelo Instagram. Gosto das mensagens e imagens carinhosas, sou meio sentimentalão, adoro receber presentes mas grandes festejos não é bem o meu estilo de Escorpião meigo e arisco ao mesmo tempo.

Barbie aposta na inclusão

17
Fev19

barbie.jpg

Foram precisas décadas para que a Mattel percebesse que existe muito mais para além de uma rapariga alta, esguia, loura e teoricamente perfeita. Há uns anos algumas Barbies incluídas na série Fashionistas começaram a ganhar cor na luta contra o racismo, tal como diferentes cores e cortes de cabelo, profissões e tipos de corpo. Agora, no ano em que a Barbie completa o seu 60ª aniversário, eis que um novo passo é dado, desta vez na direção da inclusão social com novas bonecas a serem lançadas mais para o final do ano a refletirem alguns problemas físicos. Os novos modelos a serem lançados contarão com uma Barbie em cadeira de rodas e uma outra com uma perna de prótese removível. 

Segundo a Mattel nas suas páginas pelas várias redes sociais, este lançamento pretende demonstrar «um maior reflexo do mundo que as raparigas vêem à sua volta», mostrando assim um novo esforço para reconhecer que a diversidade perante o conceito de beleza é igualitário a todos. 

Lembro, e após pesquisa, que há duas décadas, a Mattel lançou para o mercado a Share a Smile Becky, uma amiga da Barbie com mobilidade reduzida, mas a mesma foi retirada do mercado em 2017 por não se conseguir incluir no fantástico mundo da Barbie por falta de acessibilidades na casa e nos mais diversos acessórios criados ao longo destes anos. Agora é a própria Barbie que terá as suas novas versões, acreditando-se que assim os novos modelos para além da boneca possam estar a ser desenhados a favor da inclusão, uma vez que estas novas Barbies serão articuladas, tal como tem acontecido ao longo dos últimos anos com as restantes. 

Hoje faço 32 anos! Parabéns a mim!

05
Nov18

eu 1986 2.jpg

Hoje, 05 de Novembro de 2018, completo os meus 32 anos! 

Dispensando imagens de bolos e festejos, desta vez decidi revelar um pouco mais sobre a minha infância, dos primeiros meses de vida. Fui até ao álbum de fotos do meu primeiro ano de vida e decidi mostrar estas três imagens sobre o gordo que era quando nasci. Sempre bem vestido para a época, claro, a condizer com as vestimentas que estavam na moda, dos gorros em jeito de boneco às roupas em lã, tudo era tão lindo naquela altura. 

Agora quero receber mensagens de Parabéns e aguardo que os meus presentes cheguem pelas próximas horas. Não aceito esquecimentos porque uma mensagem neste momento pode ser enviada das mais diversas formas disponíveis e no espaço de segundos. Sejam originais e contribuam para a minha felicidade diária! Ahahah!

 

Hoje é o Meu dia!

05
Nov17

Surpresa! Hoje, 5 de Novembro, faço anos!

Não sou de festas mas gosto de receber pequenos mimos neste dia, mesmo que há distância, sentindo que as pessoas se lembram de mim nestas horas. Na verdade não ligo ao dia em si, achando que não faz sentido criar grandes festejos porque essa ideia iria contra os meus pensamentos e forma de estar. Não gosto de confusão, talvez pensem que sou triste por não desejar festejar mais um aniversário mas sempre fui assim, já que desde criança que o dia de anos era mais um dia, em que apareciam pessoas em casa que não faziam visitas diariamente, que recebia presentes dos mais próximos mas um dia onde nunca me senti confortável, não sabendo talvez celebrar o que poderia ser o meu próprio evento pessoal. No entanto gosto que as pessoas me felicitem e se lembrem do meu aniversário ano após ano, aguardando assim também as vossas mensagens via Blog, Facebook, Instagram, Twitter, SMS, Watsap, Email e ao vivo, caso seja possível!

Na realidade hoje é o meu dia e os 31 já cá cantam! Parabéns para Mim!

Um texto rápido para somente nos lembrar que hoje faço anos, despachando o assunto aqui pelo blog... Quem não liga a dias festivos e coisas do género sabe do que falo!

Fui raptado!

10
Nov16

Dia de Aniversário! Um Sábado! Sair às 18h00! Ser raptado! Sim, foi isso que me aconteceu pelas 18h00 de Sábado, 5 de Novembro, dia em que festejei o meu trigésimo aniversário!

Não quis organizar nada para celebrar o aniversário, nem jantares, nem saídas. Passei o dia a trabalhar, tenho andado cansado e queria que tudo acontecesse como sendo um dia normal, uma vez que também não sou de festejar datas especiais. O que aconteceu? Os queridos amigos tiveram a brilhante ideia de se meterem dentro de um carro ao lado do meu no pátio do meu local de trabalho, prenderam balões dourados com o número 30 às portas do carro e assim me conseguiram convocar para juntos irmos jantar e passar o serão. 

Claro que queriam logo que o rapto tivesse êxito e nem queriam que fosse até casa para tomar banho, mudar de roupa e apanhar um casaco. Queriam ir diretos para o restaurante mas tiveram de fornecer meia hora ao raptado para se colocar apresentável e cheiroso. E assim foi... Fui até casa de forma rápida, despachei-me e entreguei-me aos raptores a tempo e a boas horas para decidirmos ainda onde ir comer.

A chegar aos 30!

28
Out16

No dia 5 de Novembro chego aos trinta anos e se me perguntarem se isso me causa algum problema só tenho a dizer que nenhum... Nada de nada!

Primeiro não sou de ligar a datas e aniversários, sendo um mero ausente com festejos próprios e tenho a confessar que dos outros também. Depois ano após ano não ligo aos número que vou somando sobre a presença na terra. Vou atingir uma marca! Upa! Upa! Poderia ficar todo feliz ou bastante triste, mas não, será só mais um aniversário que nem pretendo assinalar com festas e jantares porque não gosto, não aprecio e não me sinto inspirado para o fazer. 

Lembro-me da única vez que queria muito fazer anos! Os dezoito, tal como muitos adolescentes vibram por estarem a aproximar-se da marca de atingirem a maioridade! O que mudou nessa altura? Queria tirar a carta e perdi o entusiasmo, só a tendo tirado uns bons meses depois, queria conquistar o mundo e o mundo continua de todos e de igual forma. O que na verdade se alterou? Posso dizer que nada, tendo sido praticamente «uma montanha que pariu um rato». 

Aos trinta não tenho ideias do que deverá mudar para os próximos anos porque vou vivendo sem pensar na idade que poderá começar a pesar ou que fará a diferença no dia de amanhã. Tenho vinte e nove e a partir daquele dia quando me perguntarem a idade terei de dizer que tenho trinta anos sem qualquer problema, para mais quando depois a maioria me diz... «Verdade? Não parece nada!» O ego sobe e a verdade sobre a idade é totalmente colocada de lado nessas situações!