Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

16
Mai19

O helicóptero do acidente de Santana Lopes

O Informador

santana lopes paulo sande.jpg

 

Santana Lopes e o candidato pelo seu partido Aliança às Europeias, Paulo Sande, sofreram um acidente de carro no sentido norte-sul da A1. Segundo a comunicação social, o antigo primeiro-ministro ficou encarcerado no veículo após o capotamento do veículo mas antes mesmo de ser transportado para o centro hospitalar de Coimbra falou com a sua equipa eleitoral ao telefone. Os dois políticos sofreram vários ferimentos ligeiros mas o INEM, sabe-se lá porque, enviou um dos poucos helicópteros disponíveis no país para transportar de forma mais rápida os dois rostos do partido Aliança. 

Vamos lá situar as coisas, Santana Lopes e Paulo Sande tiveram um acidente. Correto. O carro capotou. Correto. Ambos ficaram com ligeiros ferimentos. Correto. E mesmo assim e por ser o ex primeiro ministro teve direito a ocupar um helicóptero que podia ser necessário para casos realmente graves para ser transportado para o hospital de Coimbra e que fez com que a estrada tivesse de ser totalmente cortada durante algum tempo. 

09
Jun14

Reportagem 15-12-2013

O Informador

Meio ano já passou após a tragédia do Meco e ainda hoje a imprensa continua a debater o assunto, principalmente a TVI pela mão da jornalista Ana Leal. Se até agora todas as reportagens feitas sobre os jovens que morreram e os seus familiares deram destaque ao acidente, aos culpados, à situação em concreto, desta vez decidiram recordar quem eram os filhos, amigos, namorados e alunos que partiram!

Finalmente uma reportagem sobre a tragédia do Meco que não se debateu sobre a fatídica noite, mostrando quem foram os jovens adultos que deixaram a sua vida junto ao mar por um qualquer erro humano onde alguém e todos foram culpados. A jornalista não tem deixado o caso desde as suas primeiras horas e continua do lado das famílias que ficaram sem os seus filhos, em busca da verdade, mas com uma persistência cansativa publicamente.

Esta reportagem mostrou o outro lado, mostrou as pessoas que viveram e foram felizes ao longo da sua presença na terra, rodeados de quem sempre os amou. Confesso que fiquei comovido ao ver a reportagem 15-12-2013, percebendo a falta que as partidas fazem, o modo como cada qual é recordado e quem foram!

O acidente do Meco não tem de ter julgamento público e embora seja um caso que o país tem acompanhado, queria acreditar que esta reportagem em jeito de homenagem às vítimas poderia muito bem terminar o caso pela imprensa. Aplaudo o bom trabalho jornalístico, mas já chega!

30-a-50-nobel-literatura-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Mais comentados

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook