Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

15
Nov18

Desempregado e Cansado

O Informador

cansado.jpg

Confesso! Estou farto de estar em casa e de procurar emprego dentro das áreas em que me sinto à-vontade e nas quais pretendo continuar. Envio propostas, a maioria não recebe resposta e as poucas empresas que convocam para entrevista lá vou eu.

Na verdade aqui na zona e no espaço de um ano, visto que estive o ano passado pela primeira vez no desemprego e logo consegui emprego na área, desta vez as coisas parecem estar um pouco mais complicadas. Os anúncios são todos para o mesmo e fora da minha linha de opção para já.

Este estado de procurar emprego, andar em entrevistas onde sou selecionado e depois dizem que afinal já não fui a opção ou então ficam sem dizer nada acerca da escolha final de quem fica no lugar, cansa. Será pedir muito um simples email ou sms a confirmar o que já se prevê, de que não se foi o selecionado?

20
Out18

Anúncios enganadores

O Informador

anuncios emprego.jpg

Quem já andou à procura de novo emprego, de certo que já terá reparado que muitos dos anúncios que aparecem nas diversas plataformas de busca indicam mais do que na verdade a oferta tem à disposição. Existem empresas que ainda conseguem anunciar uma coisa e no momento da entrevista apresentam uma outra bem diferente da que divulgam pelos sites de emprego e redes sociais.

Há dias inscrevi-me, via email, numa proposta que encontrei numa página de Facebook dedicada à publicação de anúncios de emprego. Nem cinco minutos passaram até que recebi uma chamada de quem publicou o dito anúncio a querer marcar entrevista e logo perguntei se as funções seriam as que eram mencionadas e se seria para trabalhar para a própria empresa. Era uma empresa de trabalho temporário, no entanto o anúncio dava indicações que seria para integrar a equipa da dita empresa e não para trabalhar através deles para os seus clientes. Questionei a situação na chamada que me foi feita e confirmaram que tinha percebido bem. Entrevista marcada para a semana seguinte. 

No dia da entrevista, cheguei uns minutos mais cedo, como sempre, porque chegar na hora exata não é comigo. Já lá estava uma jovem candidata em espera. Conversamos um pouco antes de ser chamada e como as paredes de certos gabinetes são feitas para poderem ser desmontadas a qualquer momento, ouvi alto e bom som toda a entrevista e logo pensei que tinha duas opções. Ou a minha entrevista seria diferente da dela ou então seria mais um engano entre anúncio e realidade. Quando a entrevista da jovem terminou fiquei em espera um pouco para ficaram em reunião por uns minutos e deu para falar com a candidata que logo me disse que não tinha sido aquilo que estava no anúncio a que respondeu e que não iria aceitar.

A porta volta a abrir-se e começa a minha entrevista. Tudo a correr bem, fazendo que não sabia o que viria a seguir. Até que quando começam a levar a questão para a função logo pergunto se seria para o mesmo que a candidata anterior porque infelizmente tinha sido obrigado a ouvir. Disseram-me que sim e a resposta seguiu com um «não foi isso que estava anunciado e que me confirmaram ao telefone», tendo sido uma das minhas entrevistadoras a ligar, por sinal. Expliquei a razão de não aceitar a proposta e de nem pensar nela sequer e a entrevista terminou nesse exato momento.

24
Fev17

Câmara Exclusiva ao estilo de La La Land

O Informador

Eis que por vezes surgem pequenos pormenores que fazem a diferença. O programa Câmara Exclusiva, da TVI, tem um novo anúncio para ser promovido onde as três apresentadoras - Marta Andrino, Mónica Jardim e Pimpinha Jardim - se vestiram a rigor com as cores do canal e cantarolam um tema ao estilo La La Land, aquele filme do momento que não gostei de ver. Não é um anúncio de milhões mas está original e até suscita um certo interesse quando começa a ser transmitido!

24
Abr16

Maria Rueff na Caixa, com Certeza

O Informador

Alguém já viu o novo anúncio da Caixa Geral de Depósitos? Maria Rueff é o rosto da instituição bancária e sinceramente, embora adore a Maria, não percebo esta escolha! Vejo que os vários anúncios que estão no ar requeriam uma viragem para os lados da comédia, mas a escolha de Rueff não me entra na cabeça!

A Maria Rueff está na Caixa, com Certeza nesta campanha de 2016, mas não a vejo na Caixa, com Certeza, isto talvez porque naquele papel muito mais rapidamente via outras figuras da nossa praça, com uma maior presença televisiva e que causam um maior impacto, sem esquecer o rigor que é necessário neste caso!

31
Out15

Anúncio irritante!

O Informador

Atenção miúdas, este anúncio é dedicado a todos vós! Se gostam ou não é convosco porque quanto a mim e após ter ouvido e visto talvez estas imagens algumas cem vezes em três ou quatro dias - não se esqueçam que só ao serão, e nem sempre, estou em casa - já estou com a Calzedonia atravessada!

Este é um daqueles anúncios irritantes que agora estão sempre a passar nas pausas comerciais de qualquer canal, seja ele generalista ou de cabo. O som de fundo então é do pior que existe dentro do modelo de publicidade que quiseram implantar para a marca!

02
Mai15

Anúncio estapafúrdio

O Informador

Juro que acho que nunca vi um anúncio tão estapafúrdio como este! Estava de costas para a televisão quando começo a ouvir o que me parecia ser a voz da Popota do Continente. Quando olhei para trás deparei-me com uma Luciana Abreu a dançar como uma bailarina que nem tem definição e com uma frases sobre a marca Be Magri «com tudo no sítio»!

Realmente ela tem tudo no sítio mas que degredo de publicidade é esta de tão rídicula? Ahahah! Tive de rever o vídeo por achar que não era real!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook