Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

30
Nov17

Pocahontas

O Informador

pocahontas.jpg

A época natalícia chegou e mais uma vez, após os sucessos dos anos anteriores, Alice no País das Maravilhas e Aladino e a Lâmpada Mágica, a Yellow Star Company volta a apostar num espetáculo de Teatro no Cinema onde existe ligação entre a grande tela e o palco ao longo de cada sessão de encenações viradas para o público mais jovem. Este ano foi a Pocahontas a escolhida para visitar Portugal, contando com Sofia Ribeiro e Marta Faial, em regime de rotatividade, no papel de protagonista deste espetáculo vindo do mundo encanto da Disney.

Com adaptação a cargo de Paulo Sousa Costa, encenação da responsabilidade de João Didelet e com João Correia, Quimbé, Leandro Pires, Mario Pais, Pessoa Junior, Débora Monteiro, Fernando Oliveira e João Vilas a juntarem-se às protagonistas de Pocahontas, esta produção veio para conquistar miúdos e graúdos de 16 de Novembro a 30 de Dezembro, com sessões de fim-de-semana para o público em geral e de semana para grupos e escolas com reserva. Pocahontas encontra-se em cena nos Cinemas UCI El Corte Inglês!

Tendo visto este espetáculo a opinião tem de existir, e ao contrário dos anteriores espetáculos do género apresentados, não vejo esta aposta tão atrativa junto do público. Vamos aos factos! Pocahontas nunca foi um grande sucesso televisivo e de marketing, não sendo esta uma das princesas com maior destaque do mundo fantástico criado ao longo das últimas décadas. Talvez pela história guerrilheira e pelo combate, sabe-se que esta narrativa, quer seja no grande ecrã, em termos de série televisiva e pela literatura, nunca conseguiu chegar às proximidades de outras apostas do género, o que faz logo por si que a atração não se consiga fazer sentir com tanto entusiasmo. Sofia Ribeiro, que adoro, está no elenco, sim, mas neste espetáculo propriamente não vejo que um nome forte da televisão e redes sociais consiga fazer alguma diferença junto do público mais novo. É verdade que a Sofia é um dos pontos fortes do elenco, mas só por isso não chega, sendo necessário existir uma boa personagem, o que a Pocahontas não me parece ser. No que toca ao cenário, ao contrário do que tem sido hábito nas apostas de Teatro no Cinema que a Yellow Star Company tem apresentado, junto do ecrã encontra-se um espaço completamente vazio, o que dá uma visão negativa logo de início. Percebo que assim seja para que exista uma mudança mais rápida entre os vários locais, mas em Aladino e a Lâmpada Mágica, por exemplo, o campo visual estava tão bem recheado com adereços físicos que tudo ajudou a criar outro ambiente. Em Pocahontas existe ainda uma parte em que algumas das personagens se deslocam ao cimo da sala de cinema, o que faz com que o público se tenha de virar, o que com crianças destabiliza um pouco a sala, para mais quando alguns se têm de colocar de pé para conseguirem perceber algo do que se está a passar bem no fundo do auditório. 

11
Ago17

À Conversa com… Diogo Garcia

O Informador

diogo garcia 1.jpg

Diogo Garcia já fez cinema e televisão mas é no teatro onde pode ser visto com maior frequência, fruto do amor pela arte e das oportunidades que têm surgido na sua carreira. Com espetáculos para miúdos e graúdos no processo de crescimento enquanto ator, este jovem ainda tem muito para percorrer no mundo da representação onde cada momento serve para ajudar a ganhar conhecimento e criar laços que ficam para a vida.

Convido-vos a conhecer um pouco do seu percurso e dos projetos que mais marcaram o Aladino dos palcos nacionais!

diogo garcia.jpg

Gostaria que o Diogo se apresentasse ao público em geral que ainda não teve contacto com o seu trabalho.

Ora bem... Então o Diogo é um rapaz cheio de sonhos, um ator com uma maluqueira saudável em palco e na vida, por vezes em excesso, que preza a verdade em cena e fora dela.

 

Atualmente tem sido uma presença assídua dos palcos nacionais, mas até atingir o início de um sonho, que caminhos foram percorridos?

(Assídua acho exagerado) Foram audições em cima de audições, muitos "não", trabalhos fora da área, muito estudo, muitas alegrias e pouco choro, mesmo em situações de maior aperto. A persistência é o fator essencial e a sorte dá trabalho. Não tive medo de "bater à porta" e dizer "Olá, sou ator e estou disponível para trabalhar". Com o tempo aprendi a ter "lata".

10
Dez16

Vencedores de Aladino e a Lâmpada Mágica [11-12-2016]

O Informador

Aladino Setúbal e Lisboa.jpg

Olívia Ortiz, Diogo Garcia, Jorge Kapinha, Quimbé, David Fernandes, Sérgio Ferreira, Luísa Abreu, Helena Caldeira, Débora Monteiro, David Pereira, Anilson Eugénio, João Simões, João Vilas e Adilson Gomes dão vida a personagens como Yasmin, Aladino, Sultão, Génio, Mago Aziz, Abu, Kalila, Bassam, entre outras no musical Aladino e a Lâmpada Mágica, agora em cena no cinema UCI do Dolce Vita Tejo onde ficará até ao final do mês. O Informador, em parceria com a Yellow Star Company, lançou passatempo com a atribuição de cinco convites duplos para a sessão das 16h00 do próximo Domingo, dia 11. 

Eis o nome dos vencedores, que foram selecionados através do sistema automático random.org. Sofia Isabel Silva, Carlos Ribeiro, Manuel Pereira, Margarida Moreira e Roberto Moreno são os premiados deste desafio e irão assim poder assistir a este musical em boa companhia. Lembro que os vencedores irão receber email com a informação para que o levantamento dos seus convites possa ser feito. 

07
Dez16

Vencedores de Aladino e a Lâmpada Mágica [08-12-2016]

O Informador

A Yellow Star Company voltou a apostar na reposição do musical infantil Aladino e a Lâmpada Mágica após o espetáculo ter já sido visto por mais de 15.000 espetadores. O Fórum Municipal Luísa Todi tem recebido esta fantástica produção desde 4 de Dezembro, sendo que a última exibição será amanhã, Quinta-feira, 8. O Informador como não quis deixar os leitores da zona de Setúbal sem a oportunidade de assistirem ao espetáculo lançou passatempo e eis chegado o momento de revelar o nome dos cinco vencedores. 

Rosa Trindade, Sara Bandeira, Maria de Fátima Martinho, Liliana Matias e Hugo Teixeira foram os sorteados através do sistema random.org e irão receber email com as informações para que o levantamento do convite duplo possa ser feito.

Aladino e a Lâmpada Mágica parte logo de seguida para os cinemas UCI Dolce Vita Tejo onde ficará de 10 a 31 de Dezembro com sessões para o público em geral ao Sábado pelas 11h, 16h e 21h e aos Domingo às 11h e 16h, sendo que de Segunda a Sexta as escolas têm o horário das 11h e 14h disponível. 

04
Dez16

Bilhetes para Aladino e a Lâmpada Mágica [11-12-2016]

O Informador

Abril foi o mês que assinalou a estreia de Aladino e a Lâmpada Mágica no UCI Cinema do El Corte Inglês, agora chegou a vez do Fórum Municipal Luísa Todi e dos cinemas UCI do Dolce Vita Tejo receberem este musical que já foi visto por mais de 15.000 espetadores pela sua primeira temporada.

O Natal está a chegar e a Yellow Star Company decidiu fazer regressar assim aos palcos o sucesso que convida miúdos e graúdos a viverem as aventuras de Aladino num Mundo Ideal. Os atores Olívia Ortiz, Diogo Garcia, Jorge Kapinha, Quimbé, David Fernandes, Sérgio Ferreira, Luísa Abreu, Helena Caldeira, Débora Monteiro, David Pereira, Anilson Eugénio, João Simões, João Vilas e Adilson Gomes dão vida a personagens como Yasmin, Aladino, Sultão, Génio, Mago Aziz, Abu, Kalila, Bassam, entre outras neste espetáculo onde o teatro e o cinema se juntam num só espaço.

Aladino e a Lâmpada Mágica encontra-se em cena de 4 a 8 de Dezembro às 11h e às 17h para o público em geral e às 11h e 14h no Fórum Municipal Luísa Todi em Setúbal e de 10 a 31 de Dezembro nos cinemas UCI Dolce Vita Tejo com sessões para o público em geral ao Sábado pelas 11h, 16h e 21h e aos Domingo às 11h e 16h, sendo que de Segunda a Sexta as escolas têm o horário das 11h e 14h disponível. 

O Informador, em parceria com a Yellow Star Company, tem para oferecer aos leitores do blog cinco convites duplos destinados à sessão de dia 11, Domingo, pelas 16h00 nos cinemas UCI Dolce Vita Tejo. 

 

 

02
Dez16

Bilhetes para Aladino e a Lâmpada Mágica [08-12-2016]

O Informador

Aladino Setúbal e Lisboa.jpg

Abril foi o mês que assinalou a estreia de Aladino e a Lâmpada Mágica no UCI Cinema do El Corte Inglês, agora chegou a vez do Fórum Municipal Luísa Todi e dos cinemas UCI do Dolce Vita Tejo receberem este musical que já foi visto por mais de 15.000 espetadores pela sua primeira temporada.

O Natal está a chegar e a Yellow Star Company decidiu fazer regressar assim aos palcos o sucesso que convida miúdos e graúdos a viverem as aventuras de Aladino num Mundo Ideal. Os atores Olívia Ortiz, Diogo Garcia, Jorge Kapinha, Quimbé, David Fernandes, Sérgio Ferreira, Luísa Abreu, Helena Caldeira, Débora Monteiro, David Pereira, Anilson Eugénio, João Simões, João Vilas e Adilson Gomes dão vida a personagens como Yasmin, Aladino, Sultão, Génio, Mago Aziz, Abu, Kalila, Bassam, entre outras neste espetáculo onde o teatro e o cinema se juntam num só espaço.

Aladino e a Lâmpada Mágica encontra-se em cena de 4 a 8 de Dezembro às 11h e às 17h para o público em geral e às 11h e 14h no Fórum Municipal Luísa Todi em Setúbal e de 10 a 31 de Dezembro nos cinemas UCI Dolce Vita Tejo com sessões para o público em geral ao Sábado pelas 11h, 16h e 21h e aos Domingo às 11h e 16h, sendo que de Segunda a Sexta as escolas têm o horário das 11h e 14h disponível. 

O Informador, mais uma vez, entre em parceria com a Yellow Star Company para oferecer aos leitores do blog cinco convites duplos destinados à sessão de dia 8, Quinta-feira, pelas 17h00, a realizar-se no Fórum Municipal Luísa Todi.

10
Abr16

Aladino e a Lâmpaga Mágica

O Informador

aladino

A iniciativa Teatro no Cinema quando apareceu pela mão da Yellow Star Company parecia tímida por ser uma nova aposta feita onde a união de dois estados da representação acontecia. Nos tempos que correm e com Aladino e a Lâmpada Mágica em cena tudo indica que a fórmula resulta e que está para durar!

Recorrendo ao mundo imaginário das aventuras de Aladino e com um elenco que reúne rostos conhecidos do grande público e novatos na área, este espetáculo consegue cativar miúdos e graúdos do início ao fim, para mais com os momentos de interacção para com os mais pequenos a acontecerem ao longo de todo o espetáculo com as várias personagens a percorrerem os corredores e escadarias da sala de cinema que se transforma ao longo de quase hora e meia num palco teatral.

Aventura e romance em união para a aproximação do público alvo acontecer estão de mãos dadas com vários momentos de boa disposição que ajudam a soltar uma boa gargalhada a quem se deixa envolver nesta fantasia animada encenada por Paulo Sousa Costa e João Didelet. 

Há uns meses assisti ao Alice no País das Maravilhas, com a mesma mecânica de interacção entre a grande tela e a representação ao vivo, e posso dizer que um salto de qualidade aconteceu de um espetáculo para o outro. Além do elenco, do texto e da interacção tão essencial neste tipo de produções com quem está sentado a assistir, nota-se na perfeição que o tempo tem feito com que a aposta se revele vencedora, com um trabalho de equipa fantástico e com rostos que saltam de um projeto para o outro a mostrarem uma evolução fantástica. 

Aladino e a Lâmpada Mágica é daquelas apostas que conseguirá estar meses em cena com sala cheia por estar criada de forma a não levar o público a cansar-se a meio da exibição. Quem leva os mais pequenos a ver percebe que no final a experiência é positiva, dando a oportunidade aos mais novos de começarem desde cedo a apreciar a boa arte da representação nacional e pelos palcos deste país. 

30-a-50-nobel-literatura-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook