Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

mw-billboard

Nada Menos Que Tudo | Afonso Noite-Luar

Manuscrito

Publicado por O Informador, 23.03.20

nada menos que tudo.jpg

 

 

Título: Nada Menos Que Tudo

Autor: Afonso Noite-Luar

Editora: Manuscrito

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Junho de 2017

Páginas: 248

ISBN: 978-989-8818-98-0

Classificação: 1 em 5

 

Sinopse: Neste livro encontras, a cada página, uma mistura de sensações, muito amor e muito sexo.

Estes textos, que escrevi especialmente para ti, vão fazer-te sonhar, despertar essa tua vontade e curiosidade adormecida pela rotina, libertar o teu atrevimento natural e fazer-te desejar nada menos que tudo.

No meu universo não há vergonhas, receios, tabus ou lugares proibidos, mas principalmente não há arrependimentos. Tudo é possível na minha cama e fora dela. E para isso só precisas de uma coisa: querer.

Peço desculpa, ainda não me apresentei……sou o Afonso. Prazer.

 

Opinião: Nada Menos Que Tudo pode conquistar leitoras que se sinta frágeis e com necessidade de sonhar. A mim não conseguiu cativar em nada, tanto que comecei a ler, parei, retomei, voltei a parar e passaram mais de dois anos até que finalizei a leitura somente porque não gosto mesmo de deixar livros a meio, mesmo que sejam muito maus. 

Com pequenos textos de uma página a revelarem histórias com vários pontos repetitivos entre si, nesta obra feita somente para vender e ser lida quando não se tem nada para fazer, sendo um recurso mesmo de última linha, as partilhas de pensamentos e vontades por parte do narrador são feitas de forma a apelar ao descomplexar da mulher, o que nem sempre funciona no que é relatado. 

Vejo muitos dos textos como uma descrição sexual do corpo feminino, num autêntico modelo de objeto para ser usado e não como um ponto para ser visto perante um todo onde o amor exista. Não sei que imagem Afonso Noite-Luar quis passar das relações, mas sei que a maioria das pessoas não olham para o seu companheiro da forma como tudo é descrito neste livro que nada acrescenta. A par disto existe a demonstração do poder feminino em que é claramente notada a força da mulher, mas tudo retratado de forma tão fria onde tudo é virado para o poder físico e sexual esquecendo as ligações e refletindo somente no «somente preciso de sexo forte e vamos seguir viagem».

E só porque insistem... Irei ler!

Publicado por O Informador, 24.08.19

nada menos que tudo.jpg

 

A 17 de Setembro de 2017 anunciei ao mundo via blog que iria iniciar leitura do livro Nada Menos Que Tudo, da autoria de Afonso Noite-Luar, tal como podem comprovar se visitarem o texto em questão. Hoje, em pleno Verão de 2019, continuo a detetar uma certa curiosidade sobre a minha possível opinião perante este livro, o que não aconteceu. E qual a razão de tal não ter acontecido, perguntam desse lado e bem. Pois bem, a verdade é que não finalizei a leitura, não existindo assim opinião formada sobre o mesmo para ser publicada para que todos pudessem passar os vossos lindos olhos. No entanto, praticamente dois anos depois e por verificar tamanha curiosidade que me leva a ter o texto sobre a Atual Leitura de outros tempos entre os mais vistos em algumas semanas do ano, resolvi, por vocês que visitam o blog em busca de opinião formada sobre o Nada Menos Que Tudo, voltar a pegar de início nesta obra do gentil Afonso Noite-Luar, publicada pela editora Manuscrito e ler do início ao fim para vos poder dar uma ideia do que senti ao longo de cada partilha que é feita sobre o autor perante as suas pequenas histórias contadas. Faço isto por quem me segue e chega até ao blog propositadamente devido a este livro, como tal aguardo que quem leu alguma coisa do autor que se faça ouvir porque a opinião chegará finalmente dentro de alguns dias aqui pelo blog. Combinado? Siiiiiiiim!

Atual leitura... Nada Menos Que Tudo [Afonso Noite-Luar]

Publicado por O Informador, 17.09.17

nada menos que tudo.jpg

Curiosidade é talvez a descrição que melhor possa fazer sobre a leitura que irei fazer de Nada Menos Que Tudo. Primeiramente achei que este livro da autoria de Afonso Noite-Luar, o misterioso autor da editora Manuscrito, iria um pouco ao encontro do sucesso Larga Quem Não Te Agarra, de Raul Minh' Alma, mas ao folhear o exemplar que tenho para ler pelos próximos dias percebi que a escrita vai um pouco mais além em termos de sensualidade e provocação, sendo que existe em comum entre os dois lançamentos textos curtos e de rápida leitura, fazendo com que este livro seja também um bom companheiro para se ir desfrutando e não para ser devorado de uma assentada. 

Assim sendo e como irei usufruir da companhia de Nada Menos Que Tudo ao mesmo tempo que vou lendo outras obra, esta será uma Atual Leitura que ficará comigo pelas próximas semanas e não por uns dias!