Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Sono na condução

estrada.jpg

Acordei cedo, não dormi as horas recomendadas e de que necessito para começar o dia bem e aguentar até à noite sem quebrar energias. Como era dia de folga deixei-me ficar por casa de manhã aproveitando para ler um pouco, comer com maior calma e ter aqueles momentos parados que só em dias de pausa podem existir. De tarde acabei por seguir direito ao mar para um passeio, acabando por lanchar pelo caminho.

O pior disto tudo foi mesmo o regresso a casa, já quando começava a anoitecer e percebi que o sono começava a fazer-se sentir com os olhos a quererem fechar ao longo do percurso. Sei que é perigoso mas a meia hora de casa acabei por parar, esticar as pernas, bebi água e café, coloquei um Halls na boca, um podcast no rádio como companheiro de viagem e a janela aberta para apanhar ar e seguir viagem.

Cheguei bem e por querer tanto chegar a casa e vir concentrado em não fechar os olhos para não adormecer ao volante, acredito que o percurso até foi feito de forma mais rápida do que se viesse no meu estado normal. Dei boleia ao sono, o que é totalmente arriscado e errado e sei que não deve ser feito, mas inconscientemente segui viagem e quando cheguei a casa é que tomei real noção do que acabei de fazer e que podia ter corrido mal, não só para mim mas também para com quem me cruzei. Erro pessoal, admito!