Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

bandadesenhada-970x250-billboard

Sapatos Italianos

sapatos-italianos.jpg

Autor: Henning Mankell

Ano: Maio de 2012

Editora: Editorial Presença

Número de páginas: 288 páginas

Classificação: 2 em 5

 

Opinião:

Com um início de apresentação de Fredrik Welin enfadonho, este homem solitário que vive numa ilha glaciar há mais de uma década com o seu cão e gata passa todo o tempo a vaguear pelo pequeno território que é seu, a única coisa que sabe ter na vida. 

Só que de um momento para o outro entra na rotina deste ser isolado Harriet, uma antiga e forte paixão que trás consigo uma grande revelação que começa a alterar o rumo de vida que Fredrik tem. Será que existe sempre tempo para recomeçar de novo qualquer relação? Algo que foi descoberto por este homem que vê entrar na sua existência pessoas cujas quais nem sonhava existirem. 

Através de um texto fluído mas monótono, o autor Henning Mankell relata ao leitor o quase dia a dia das alterações de vida que vão acontecendo com o sexagenário que anteriormente só via o carteiro e poucos mais aparecer com as suas maleitas imaginárias. Uma narrativa sem interrupções mas monótona onde tudo parece demorar para acontecer, não me tendo este romance conquistado em alguma das suas partes. 

Solidão, dor, sofrimento, doença, aprendizagem e laços são as bases de Sapatos Italianos que não consegue ser um livro cativante por cansar o leitor com os lentos acontecimentos sem emoção que vão aparecendo junto do morador daquela ilha que pensa estar bem sozinho quando percebe que afinal é com os outros que tem de sobreviver ao longo do que lhe resta da vida. 

 

Sinopse:

Fredrik Welin passou os últimos doze anos da sua vida numa ilha do Báltico rodeada de gelo, tendo como única companhia o seu cão e a sua gata, e como única visita o carteiro. Um dia, vê uma figura aproximar-se lentamente e percebe que nada voltará a ser o mesmo. A pessoa que vem perturbar o seu exílio auto imposto é Harriet, a mulher que ele abandonou sem qualquer explicação há quase quarenta anos. Harriet diz vir obrigá-lo a honrar uma promessa que ele lhe fizera, mas Fredrik está prestes a descobrir que o seu reaparecimento esconde outra surpresa...