Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Sabores da vida

10
Mai19

sabores.jpg

 

Ao longo da vida vai sendo normal criar uma certa ligação com certos sabores que por vezes chegam, permanecem e ficam somente na memória. Sabores que marcam e que ficam, mesmo que sejam procurados ao longo dos tempos e jamais encontrados. 

Lembro tão bem o sabor de um iogurte de baunilha que comia em criança e que desapareceu do mercado, sendo substituído por outras gamas da mesma marca. Ao longo dos tempos, já décadas, aquele sabor a baunilha sempre permaneceu, já comprei várias iogurtes com o mesmo aroma mas nenhum conseguiu ter aquele sabor que se tornou sempre especial e que parece inexistente nos dias que correm. Sei que baunilha é baunilha mas a composição daqueles iogurtes deveria ter um toque especial que ficou na memória do meu paladar para sempre. Ainda agora, a escrever este texto, me surge aquela ideia que tenho de agrado ao saborear aqueles iogurtes.

A par disto existem também alguns pratos que posso comer em variadíssimos locais mas que em nenhum consigo encontrar a fórmula perfeita como a minha avó os cozinhava. Aquele sabor especial, o toque de midas, e o cheiro eram diferentes e por mais que coma e tente encontrar a aproximação da receita perfeita não consigo lá chegar. Existia uma porção mágica que jamais voltarei a encontrar.

Os sabores que nos marcam e por muito que os melhores cozinheiros do mundo consigam superar as suas próprias expetativas, o que nos toca em algum momento jamais consegue ser ultrapassado.

Estes são apenas alguns sabores que ficaram e permanecem na memória desde a infância, mas outros existem do mesmo modo. Quem não sabe o sabor exato de algo especial que provou, deliciou e que não voltou a encontrar perante a sua própria infelicidade?

 

 

2 comentários

Comentar post