Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Hdeusesemitos-billboard

Renascer na praia

Um dia de folga, combinar anteriormente ir até à praia, sair de casa por volta das 9h30 para umas compras de última hora e partir por volta das 10h00. Uma hora de viagem que dá início a um dia bem passado ao sol, em boa companhia, sem stress e confusão! Isto é a representação de um bom dia de praia, o pior é o regresso, quando o corpo já está com uma moleza em cima incrível, existindo uma viagem para ser feita e com uma vontade de adormecer como pendura e não querer perder o sentido da viagem, percebendo sempre por onde se passa. Não se fala e não se consegue perceber bem o tempo que a viagem de regresso demora, no entanto a vontade é chegar bem a casa, tomar um banho para tirar a areia e sal acumulados pelo corpo, comer alguma coisa e deitar, relaxar, dormindo até ao outro dia de manhã!

Um dia de praia dá-me uma moleza enorme e o regresso a casa é quase sempre com o pensamento que o dia foi bem passado, serviu para descansar e conviver e que no final vou dormir como uma passarinho exausto em busca do seu ninho acolhedor! Um dia ao sol entre a areia e o mar, com conchas e algas, gaivotas e peixes a passarem é o ideal para deixar de lado o dia-a-dia cansativo de trabalho e da vida normal feita de rotinas. O bom tempo tem o dom de levantar a auto estima de cada um, desfazendo os novelos de mau humor que sobrevivem por cada ser ao longo do inverno e comigo uma ida à praia serve para renovar e reforçar energias, desde que o tempo seja bem aproveitado e não tenha que levar com tempestades de areia!

A moleza que a praia me faz é incrível e quando deixo o areal o que me apetece mesmo é entrar num hotel logo ao virar da esquina, subir a um quarto com uma bela vista, tomar um duche, deixar-me ficar a apreciar o mar longínquo, ali deitado, a olhar através da janela o outro lado, o horizonte, puro como quando vim ao mundo! Adormecer!