Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Relançamento dos Tamagotchi

20
Mar18

tamagotchi.jpg

Os mais novos têm uma novidade pronta para experimentarem nos telemóveis dos pais que também irão reviver o sucesso de outros tempos. O regresso dos Tamagotchi já havia sido anunciado pela Bandai Namco em 2017 e agora todos já podem ter acesso às pequenas criaturas através dos sistemas operativos iOS e Android. 

Os Tamagotchi já regressaram a várias partes do planeta e Portugal já conta com as novas criaturas virtuais que irão conquistar os mais novos como uma novidade e também os mais velhos que secretamente irão cuidar dos animais de estimação dos filhos, tudo a pensar no bem-estar da «criatura animada», claro. 

Longe vai o ano de 1997 em que surgiram os primeiros Tamagotchi, em formato de ovo num porta-chaves que nos acompanhava para todo o lado. Cuidando e estimando, os seres virtuais precisavam e voltam a precisar, nesta nova versão, de serem alimentados, dos cuidados de higiene, de brincarem e de dormirem, mas desta vez e porque a sociedade vive em constante mudança, até nas redes sociais os novos Tamagotchi marcam presença. Outra das novidades deste regresso é que, ao contrário dos primórdios, as novas criaturas não morrem se estiverem vários dias sem visitas e cuidados, sendo praticamente imortais. O crescimento do Tamagotchi pessoal irá estar ao encargo do seu «padrinho», estando a pequena criatura em evolução consoante a forma como é tratada. 

Sabes que mais? Este foi um dos sucessos que acompanhei e na altura tive dois Tamagotchi, um pinto que durou e durou e um cão menos capacitado para a sobrevivência. Há vinte anos atrás era fácil agradar os miúdos com este tipo de conteúdos, hoje acho difícil esta renovação conseguir alcançar o sucesso junto do principal público-alvo. 

Para os mais distraídos, eis os links diretos para poderem descarregar nos respetivos sistemas operativos a aplicação My Tamagotchi Forever, iOS e Android.

 

3 comentários

Comentar post