Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

12.09.18

Pronta para a Luta | Estreia a 13 de Setembro


O Informador

pronta para a luta.jpg

Angela (Michèle Laroque) pensa que tem uma vida ideal. Vive em Nice, num belo apartamento, com um marido atraente e uma charmosa filha adolescente.

Contudo, na noite de Natal, a filha deixa-a para ir ter com o namorado, o marido anuncia que quer a separação e a sua melhor amiga toma soporíferos ao invés de passar a noite com Angela.

Face a tudo isto, Angela não tem outra escolha senão reinventar-se. Isso não é fácil, tendo em conta que tem de lidar com uma mãe tirana, uma melhor amiga histérica e um psiquiatra com métodos muito experimentais.

Uma comédia romântica francesa tem tudo para dar certo e foi isso que pensei com Pronta para a Luta, onde em plena véspera de mais um Natal a filha de Angela, Lea, lhe comunica que não irá passar a noite da consoada em casa e o marido termina o casamento de anos. Abandonada na noite mais familiar do ano, Angela vê-se sozinha quando percebe que nunca passou a noite comemorativa do nascimento de Jesus com a sua própria mãe, restando-lhe a melhor amiga, Charline, que também está nem aí para a época. 

Um jantar a ser preparado para a família e de um momento para o outro a solidão abatesse numa mulher que vive para os outros e deixou muito por fazer ao longo da vida. Uma noite de Natal diferente de tantas outras e um futuro instável adivinham-se. 

A solução para o que está para vir é mesmo reinventar-se, procurando ajuda do seu psiquiatra Steinman, refugiar-se junto da sua tresloucada melhor amiga e aproximar-se de uma mãe que parece ser a dona da razão. É a partir daqui que Angela começa a alterar o seu dia-a-dia, ganhando uma nova vida, aprendendo a conviver, procurando novas experiências e pretendendo alcançar um novo tipo de felicidade, mesmo que para isso tenha que cair e cometer vários erros até acertar no novo caminho a seguir. 

Uma paixão desde logo sentida no início de toda a história entusiasma no decorrer da película, mesmo com os saltos de percurso que vão sendo dados a favor de uma história não tão direta como poderia ser. No geral acho que esta é daquelas comédias francesas, mais uma, que serve perfeitamente para ver em família num final de tarde de fim-de-semana. Bem disposta, nada exagerada, com personagens caricatas e particulares e com um enredo simples mas com um bom encadeamento lógico sem criar demasiadas expetativas. 

Uma comédia leve com um elenco bem composto numa narrativa que tem como mote o sentido da vida,  aplicando a ideia do recomeçar de novo com a vontade de ser feliz e fazer melhor. 

Pronta para a Luta estreia a 13 de Setembro de 2018 nos Cinemas.