Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

infantil-billboard
28
Mar20

Por um futuro melhor

futuro.jpeg

 

Neste presente incerto em que todos agora vivemos o futuro parece até aqui meio incógnito. Podemos idealizar, tentar criar, sonhar, mas a verdade é só uma, a de que estamos numa incerteza sobre o que será da humanidade daqui em diante, sabendo desde já que teremos uma experiência antes e uma outra após Covid19.

Acredito que tudo tem um significado para acontecer e que esta pandemia global não surgiu também por acaso para que todos venhamos a entender que os conflitos e quezílias pessoais que se transformam em algo universal têm de terminar para criar um Mundo melhor em torno de todos nós. Somos humanos, aparecemos para viver, comunicar, ajudar, amar mas sempre sabemos que um dia tudo terminará e que todos iremos ter o momento final, um após um, porque até ao momento e caso algo mude na descoberta dos procedimentos para a vida eterna, todos estamos de passagem. Como tal, vamos aprender com este malfadado vírus, que não é chinês, é de todos e perante o qual também todos estamos sujeitos. Pobres e ricos, heteros ou gays, patrões e empregados, velhos e novos, pretos e brancos. Todos estamos sujeitos e expostos a esta contaminação que chegou sem se fazer anunciar, bloqueou milhões de vida, tem causado os seus desastres a vários níveis mas quando tudo estiver controlado poderá transformar-se numa grande lição humanitária perante a qual todos têm o dever de refletir para que amanhã possamos fazer parte de uma sociedade melhor.

Iremos de certo retirar ilações bem positivas deste caos que está instalado de momento no espaço de todos onde de certo iremos saber perceber que a comunhão, o cuidado para com os outros, a disponibilidade e o positivismo serão alguns dos pontos fortes que retiraremos desta situação de isolamento, distância e reaprendizagem, onde o valor do tempo ganha um novo destaque nas nossas vidas que pareciam tão corridas. Afinal sempre existe tempo, só não o sabíamos utilizar nas melhores condições!

2 Comentários

Comentar post