Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ebooks-billboard

Podcasts, entrevistas e falhas

podcast.jpg

Tenho andado numa onda de ouvir diversos PodCasts, da atualidade ao humor, das entrevistas às conversas de café e por estes dias deixei-me levar por um segmento de entrevistas entre autores portugueses. Como sempre a entrevistadora autora assumiu o seu lugar e o entrevistado foi um autor que entrou recentemente no mercado e que tem visto o sucesso com a sua primeira hora a florescer. No entanto o que não consegui encaixar foi a falta de criatividade da moça para não conseguir conduzir a entrevista em boas condições, existindo diversos momentos de pausa, em que se notava perfeitamente que a questão era tão básica ou irrisória que nem merecia resposta mas lá o rapaz se tinha de esforçar um pouco para deixar escapar umas simples palavras para tentar ficar bem na fotografia. Nem sempre os convidados a entrevistar são fáceis, mas será que a moça entrevistadeira não conseguiu perceber com os minutos a passarem que estava a ser tão simplória na forma como estava a conduzir a conversa que nem merecia obter respostas? O trabalho feito até tem vindo a ser interessante, mas por vezes, e mesmo com outras entrevistas já tinha notado tal situação, as questões colocadas roçam o básico e não ficam nada bem junto de pessoas que estão habituadas a responder a questionários bem elaborados de jornalistas e especialistas da área. Um esforço da moça para conseguir conduzir uma entrevista com pés e cabeça seria tão melhor.

É nestes momentos que gostava de ter um pouco do boom pessoal e virtual da Joana Marques com o seu Extremamente Desagradável para revelar nomes e conseguir anunciar perante a sociedade quem anda a falhar com os seus sonhos criados. É bom sonhar, é bom levar esses sonhos em diante, mas convidar uma pessoa para ser entrevistada e depois não se estar minimamente preparada para uma hora de conversa é declaradamente para levar com nota negativa de quem está, tal como eu, deste lado a ouvir. A Joana Marques que a ouça que ela vai ver como as palavras lhe vão morder!

Uma entrevista tem de ter bom conteúdo sem deixar que o convidado fique em suspenso sem saber o que dizer. Esta moça perguntadeira está neste momento com pontos negativas na minha lista entre os meus PodCasts literários, o que é uma pena, já que existem bem poucos conteúdos nacionais virados para o mundo dos livros.