Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

19
Set20

Padrinho do Afonso

Padrinho do Afonso

 

Momentos acontecem, inesperados mas já pensados anteriormente, revelando a surpresa que podia não ter sido se não tivesse deixado a ideia um pouco de lado. Sempre tive na ideia que seria padrinho do filho da minha melhor amiga, mas com o tempo fui pensando que seria do segundo rebento e não do primeiro.

Gravidez em tempos de pandemia, pouco nos conseguimos ver nestes últimos meses, o pequeno nasceu umas semanas antes do previsto. Com algum receio não o fui ver nos primeiros dias entre nós e quando fui conhecer finalmente o meu sobrinho acabei por ser surpreendido com a frase, «Tio Ricardo aceitas ser meu Padrinho? Os papás e eu gostávamos muito...». Claro que sim, é que é claro que aceito!

Como não aceitar ser o padrinho do meu pequeno Afonso, do bebé tão desejado e que após ter nascido acreditei que seria tio e não o padrinho, ficando em espera que um futuro irmão surgisse. Tão estranho quando levantei a fralda, quase obrigado pela mamã minha amiga porque não o queria destapar nem aproximar muito, que o tapava e encontrei a barra de chocolate com o convite mais que aceite, isto porque embora tivesse pensado que esta hipótese seria possível, acabei por criar na mente que não seria desta e afinal foi mesmo.

Fiquei feliz, sim, mesmo ficando algo paralisado, mas feliz, com vontade de agarrar o meu Afonso, sem poder para já, mas agora com maior ideia de que todo este afastamento obrigatório que sofremos a nível mundial termine de vez para poder finalmente ter o meu afilhado no colo, podendo voltar à vida normal como sempre tivemos para o ver crescer, apoiar e amar como assim tem de ser e já seria se fosse somente um tio por amizade de mais de duas décadas, mas como padrinho o desejo é ainda maior para marcar sempre presença nos seus momentos especiais daqui em diante e vê-lo crescer feliz, com muito amor e em paz. 

Obrigado pais e Obrigado Afonso por seres tão pequeno e por já me fazeres sentir tão meu e tão nosso!

 

 

Os livros infantojuvenil mais vendidos...

9 Comentários

Comentar post