Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ebooks-billboard

O tempo da escrita à mão

thought-catalog-rdmlsjr-tq8-unsplash-1[1].jpg

Já percebeste que o tempo da escrita à mão está cada vez mais fora de prazo? Nas últimas décadas os teclados e os ecrãs têm ganho grande destaque na escrita, sendo cada vez menos necessário a escrita de lápis ou caneta. O futuro passa, sem sobra de dúvidas, pelo virtual e fica inevitável que o processo de escrita manual seja também ele reformulado, uma vez que a forma de escrever, a letra cada vez mais desorganizada pela falta de prática, e os símbolos que estão a ganhar destaque em detrimento das palavras que já nem são escritas manualmente, sendo tudo feito através de teclados fixos ou virtuais.

Onde ficará o poder da escrita à mão daqui a umas décadas quando a mesma for deixada por completo de lado? Tudo começou com símbolos, passando para letras desenhadas e o futuro será mesmo feito de simbolismos com letras que surgem de um toque e onde os dedos começam a nem perceber como se fazem as belas curvas do S ou as montanhas que distinguem um n de um m. A tinta da caneta deixa de ser necessária, o carvão do lápis já começa a ficar ultrapassado e até as pinturas dos mais pequenos agora já são feitas num tablet sem se correr o risco de encontrar paredes pintadas a qualquer instante. 

O tempo da escrita à mão já está a ficar ultrapassado e em menos do nada poderemos dizer... "ainda sou do tempo dos cadernos onde tinha de desenhar as minhas primeiras letras na perfeição" ou "ainda sou do tempo de acabar testes escolares com uma dor no pulso descomunal de tanto escrever". Ainda sou do tempo da escrita manual que cada vez pratico menos.

 

Novidades da Wook no campo da Educação

8 Comentários

Comentar post