Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

universitarios-billboard

Não há coincidências...

Passeio por Lisboa, paragem no Jardim da Estrela, livro O Amor Não É Isto como leitura e uma esplanada cheia de pessoas que pensaram o mesmo que nós e estão a desfrutar de uma festa pelo local. Abro o livro, começo a ler o seu sétimo capítulo e percebo que não existem mesmo coincidências.

Poucas linhas depois do início da página 27 percebo que António, o protagonista do livro de Cláudio Ramos, vive numa moradia bem perto do local onde me encontro a ler a sua vida ficcional.

Com tantos locais para onde ir e aproveitar esta tarde de Domingo consegui aparecer no centro da acção do livro que me faz agora companhia como se tivesse tudo planeado. Estas coisas dão que pensar!

O Amor Não É Isto também é uma obra que tem várias coincidências nas vidas dos seus personagens e a qual aconselho. Não há mesmo coincidências...