Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

feiralivro-billboard

Não Fujas Mais | Harlan Coben

Editorial Presença

Publicado por O Informador, 17.02.20

não fujas mais.jpg

 

Título: Não Fujas Mais

Título Original: Run Away

Autor: Harlan Coben

Editora: Editorial Presença

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Janeiro de 2020

Páginas: 360

ISBN: 978-972-23-6497-3

Classificação: 3 em 5

 

Sinopse: Um thriller entusiasmante de um dos mais apreciados mestres do suspense da atualidade.

Ele perdeu a filha. Ela está agarrada às drogas e a um namorado abusivo. E deixou bem claro que não quer ser encontrada. Um dia, por acaso, o pai vê-a a tocar guitarra em Central Park, Nova Iorque. Mas já não é a menina de quem se lembra. Esta mulher vive à beira do abismo, está assustada e claramente metida em apuros. Sem qualquer hesitação, ele não para sequer para pensar. Aborda-a e pede-lhe que regresse a casa.

Ela foge. E só há uma coisa que um pai pode fazer: segue-a por um mundo negro e perigoso cuja existência desconhecia. Quando dá por si, tanto a vida dele como a da sua família estão em risco. E para proteger a filha dos males desse mundo, ele tem de os encarar de frente.

 

Opinião: A minha primeira leitura de Harlan Coben aconteceu com Não Fujas Mais, um thriller que une suspense e relações familiares numa só história fluída, rápida e com várias surpresas do início ao fim. Como num bom livro nem tudo o que parece é, nesta narrativa é precisamente esse ponto que prende, por se perceber rapidamente que cada personagem tem os seus segredos. 

De início logo conhecemos Simon, um pai que descobre o paradeiro da filha que tem andado afastada. Viciada em drogas e andando pelas ruas do Central Park, Paige abandonou a família para viver com o namorado que nada de bom tem para lhe dar. Procurando a filha, Simon e Ingrid deslocam-se ao local onde tudo aponta que possam encontrar Paige, mas a situação acaba por fugir do controlo do casal e o inesperado acontece, sem que consigam triunfar com as suas buscas, bem pelo contrário. 

Sem poder revelar mais, para que não percam o interesse nesta leitura, Não Fujas Mais é uma história envolta em mistério e locais impróprios onde o crime pode estar mesmo ao virar de cada parede através de personagens que se odeiam devido a cada negócio e situações do passado. Inesperado, corrido e comovente, esta narrativa engana o próprio leitor numa fase inicial com as apresentações bem descritas de personagens e locais que parecem nada esconder até que se entende que dentro dos mais próximos existem segredos que nem devem ser comentados quando pertencem a um passado que pode prejudicar o presente de forma bem grave.

Por vezes vale mais fingir que não se sabe ou deitar tudo a perder com uma revelação que pode provocar um final antecipado? Esta é a ideia deixada perto das últimas revelações e que deixam o leitor em reflexão por se saber que em muitos casos a valorização do bem abafa o mal de cada um, pensando na estabilidade, mesmo que os erros de outrora fiquem sempre na memória de uns e outros sem que se tornem num prejuízo perante a realidade futura. 

Uma história que me prendeu mas que não surpreendeu tanto como esperado. Vejo que em Não Fujas Mais, Harlan Coben criou um bom enredo, excelentemente encadeado, mas faltou emoção, necessitando de um pouco de força para conquistar e virar de forma surpreendente um jogo que a certo ponto é descoberto pelo leitor pela impassividade com que certas personagens agem no tabuleiro dos mistérios que os envolvem. 

 

Compra AQUI o teu exemplar de Não Fujas Mais

não fujas mais capa.jpg