Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

wook-natal-billboard

Literatura para finais de Agosto

Sugestões

14
Ago19

livros.jpg

 

Agosto é mês de férias e em momentos de pausa as leituras costumam fazer companhia a todos nós para que o descanso seja passado também na companhia de boas histórias criadas para nos entreter, inspirar e ajudar. A pensar nos próximos dias, uma vez que também irei estar a descansar, optei por criar um texto sugestivo sobre alguns dos livros que estão a ser lançados e que parecem poder ser a companhia ideal para os diferentes gostos literários. 

 

Três Mulheres, de Lisa Taddeo, é um dos livros mais vendidos e falados do ano, sendo um retrato real da sexualidade e intimidade das mulheres. Três histórias verídicas que são relatadas com base num trabalho de investigação que se prolongou por dez anos. Este é um livro de memórias e testemunhos destinado aos leitores que gostam de conhecer histórias verídicas com que se possam identificar. 

 

O Anjo Caído é o thriller de Daniel Silva que volta a colocar Gabriel Allon no centro de toda a ação quando é chamado a entrar no Vaticano para uma nova investigação onde o futuro do planeta pode estar comprometido se tudo não ficar resolvido a tempo. Um regresso do autor e da sua personagem central a um espaço que já é bem conhecido pelos leitores que seguem a obra de Daniel Silva. 

 

Pepetela lançou Jaime Bunda e a Morte do Americano, livro que é lançado em Portugal pela Dom Quixote. Neste novo romance o regresso do divertido James Bond angolano e das suas aventuras acontece e as novas aventuras acontecem em Benguela, debatendo uma sociedade que Pepetela bem conhece. 

 

Um livro que promete perante os volumes já lançados é a terceira parte de A Revolta de Atlas, da autoria de Ayn Rand. Numa mistura de thriller com filosofia e questões que envolvem política, metafísica, economia, sexo e ética, neste livro a forma de estar e pensar de Ayn Rand é descrita para que o leitor se debata sobre os seus ideais. Não conheço os volumes anteriores, mas acredito que estes livros sejam uma celebração da vida e do positivismo com que a enfrentarmos. 

 

Augusto Cury também está de volta com Treinar as Emoções para ser Feliz, um livro de desenvolvimento pessoal e espiritual de autoajuda onde é necessário seguir de espírito livre para receber o que de bom existe para receber para nosso próprio bem. A felicidade é fundamental, um direito de todos e tem de ser conquistada passo a passo, dando aos outros o que gostaríamos de receber. 

 

Para os jovens adultos surge As Coisas Mais Delicadas, de Mattew Quick. Uma jovem de 18 anos que nunca se sentiu inserida na sociedade recebe um livro de um professor, o clássico Ceifador da Pastilha Elástica. A partir daí e por perceber que pode ser quem é perante os outros, a rapariga além de se apaixonar por um jovem poeta, torna-se amiga de um recluso também ele autor. A partir daqui e começando a tomar as suas próprias decisões, Nanette percebe que a liberdade é um desejo que pode ter e começa a exagerar nas mudanças, o que poderá não correr assim tão bem. 

 

Seis sugestões bem distintas que vos deixo para que nas próximas semanas, com férias ou sem elas, possam ter nova literatura do vosso lado. Um livro é um bom amigo, silêncio, leve e didático que nos ajuda a refletir, viajar, conhecer e ao mesmo tempo descansar sem sair do lugar. Leiam, um de cada vez, ao ritmo pessoal e consoante o próprio gosto. As histórias estão lançadas e agora só as têm de apanhar! Outras novidades literárias podem ser encontradas na Wook!