Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

universitarios-billboard

Ler com gosto ou não

Existem vários estados de espírito que nos mudam a forma como encaramos a leitura de um livro e também existe o facto de se gostar ou não do que se está a ler e isso influenciar a rapidez com que se entra na história e a queremos terminar para saber como tudo termina.

No entanto, também podemos passar o mesmo tempo a ler um livro de que gostamos e a ler um que não liguemos tanto e no fim perceber que conseguimos despachar bem mais páginas quando estamos a gostar do que quando não gostamos e fazemos o esforço. 

Eu não gosto de deixar livros a meio, mesmo que não goste do que estou a ler, tento ao máximo ir até ao fim para ficar o assunto arrumado, mas noto, cada vez mais, que demoro bem mais tempo a ler o que não gosto do que o contrário. Falo mesmo em matéria de comparação entre o número de páginas e os minutos. Posso estar durante dez minutos a ler um livro, com o mesmo tipo de letra que o outro, a mesma quantidade de palavras por página, mas no fim percebo bem que quando estou a ter uma leitura que não me entusiasma, demoro bem mais tempo a ler e talvez o que consigo ler em dez minutos quando gosto não o consiga fazer quando não gosto, precisando de mais uns minutos.

O meu cérebro parece que bloqueia a capacidade de raciocínio e concentração quando não estou a gostar do que estou a fazer. Quando se fazem as coisas de forma contrariada é o que dá!