Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

leituras-verao-billboard
09
Jan20

Ler com as mantas

ler.jpg

 

Ler descansado, já recostado na cama, embrulhado nos cobertores e com a manta pelas costas para que o corpo aqueça e se deixe embalar por belas histórias que me fazem viajar pelo mundo, conhecendo lugares, aprendendo sobre a história, passeando por terrenos com valor e que sei que dificilmente irei pisar um dia. É assim que gosto de passar os últimos momentos de cada dia, mesmo quando estou prestes a pensar no momento em que as luzes se apagam, os sons terminam e é tempo de deitar para descansar. 

Adoro ler à noite, quando a casa já está praticamente em silêncio, embrulhar-me nas mantas, ficar com o chá e algumas bolachas pela mesa-de-cabeceira para viajar, percorrer, conhecer e aprender. Um romance que me faça sonhar, um thriller que me leve a correr sem sair do lugar, uma biografia para conhecer quem está do outro lado... Como é bom ter o gosto pela leitura, apreciar cada palavra, conviver com personagens que são tão semelhantes com pessoas reais com quem me posso cruzar diariamente. 

Ler na pacatez do lar é excelente, mas defendo que um bom leitor consegue captar a essência de cada obra onde quer que seja, desde que queira e esteja dedicado ao momento. Ler por ler não tem valor, estando o mesmo no significado atribuido a cada obra que se transforma em histórias que me podem marcar em determinado momento. 

Ler faz bem, aproveitem!