Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

universitarios-billboard

Leituras de Fevereiro

Sair da rotina no trabalho, andar por outras zonas do país que não a minha, ter um maior lote de canais televisivos e poucas horas diárias disponíveis para ler tem os seus pontos negativos e mais uma vez o meu gosto pelos livros foi deixado um pouco ao abandono pela vida que tenho tido ao longo das últimas semanas. Em Fevereiro só um livro consegui que me fizesse companhia e isso não me deixa nada contente!

O JogoO Jogo

Com autoria de Anders de la Motte, O Jogo poderia ser um excelente primeiro volume de uma trilogia de sucesso, no entanto a forma como a sua principal história se desenrola torna a narrativa num percurso sem nexo onde as novas tecnologias se cruzam com um caso de conspiração.

Através de vários momentos iniciais de suspense, O Jogo arranca de forma forte e agarra o leitor, mas devido ao modo como a base da história perde força, a meio do livro já nada faz sentido e o que conseguiu prender pelas primeiras páginas rapidamente perde o seu sentido. A curiosidade sobre o que acontecerá depois e onde tudo se irá passar desaparece quando a forma de comunicar cai por terra e o fio condutor passa a contar mais uma história de perseguição onde os bons se misturam com os maus.

O Jogo tinha tudo para poder dizer que é um livro promissor, mas deixou muito a desejar! Tendo uma escrita de leitura fácil e uma história corrida, o que correu mal foi mesmo o caminho percorrido pelas personagens que fugiram do processo inicial que conseguiu cativar, ao contrário do que aconteceu depois!