Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

sveva-casati-billboard

Kebab

05
Abr15

A minha história com os kebab é algo singular! Vamos lá há explicação!

Antes de mais quero revelar que talvez há uns dez anos que não como carne de borrego, quer dizer, achava que não comia! Isto porque adorava comer um bom kebab, daqueles que são servidos em alguns restaurantes rápidos espalhados pelos centros comerciais do nosso país. Hum, que bem que aquilo me sabia que nem parava para pensar com que carne tais sandes e pratos são feitos. Comia e sempre que era hora de uma refeição e tinha um espaço do género há mão lá ia eu pedir um kebab, com um molho fantástico num menu a fazer lembrar os restaurantes de hambúrgueres e pizzas. Foi assim talvez durante sete ou oito anos, até que um dia, a minha companhia de eleição acabou por se descair, perguntando-me como gostava assim tanto de kebab e não comia borrego. Os alarmes soaram na minha mente e o alerta bloqueou para sempre o que achava tão delicioso e irrecusável.

De talvez há dois anos para cá que nunca mais fui a um espaço do género, pensando que andei enganado durante tanto tempo e onde ninguém me conseguia chamar há razão sobre o que estava a comer. O sabor, aquele bom sabor que me chegava aos lábios nada tinha haver com a pobre carne de borrego que é servida aqui por casa ou em restaurantes. Como consegui não perceber que os temperos mudavam todo o paladar e que andei a ser enganado tanto tempo?

E é esta a minha triste história com os kebab! Infelizmente separamo-nos para sempre e tão depressa não existe volta a dar! Rutura fatal por engano de borregos, é a verdade!

11 comentários

Comentar post