Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

universitarios-billboard

Jardins Proibidos

Jardins ProibidosJardins Proibidos, uma das primeiras novelas de sucesso da TVI, corria o ano de 2000, está de volta, agora em 2014, num spin off do sucesso de outros tempos.

Catorze anos passaram desde o início da novela que celebrizou Vera Kolodzig e Pedro Granger como protagonistas através de um amor que lutou contra os preconceitos familiares. Agora os atores principais estão de volta aos estúdios de gravação da Plural para mostrarem a evolução que as suas personagens tiveram ao longo deste tempo.

É a primeira vez em Portugal que passados vários anos se volta a pegar numa história de sucesso e reconta-se o que já tinha passado. Esta produção não é um remake como a Globo fez com várias das suas novelas - Escrava Isaura, Gabriela, ... - sendo esta uma continuação do passado, com as mesmas personagens, agora com outras vidas que entretanto foram agarrando novas amizades e ganharam novas famílias. 

Vera e Pedro voltam a ser os protagonistas de Jardins Proibidos, tendo ao seu lado a dupla Maya Booth, que também integrou o elenco da primeira versão de Jardins Proibidos, e Diogo Amaral. Vários são os atores que estão de volta à história, como é o caso de Rita Salema, Lurdes Norberto, Pedro Górgia e Teresa Tavares.

A apresentação à imprensa já aconteceu, o elenco já está fechado e as gravações a terem início. O que falta então para o público poder assistir à repescada trama? Esperar por Setembro para a estreia de Jardins Proibidos acontecer!

Será que a série de fim-de-semana que passou a novela com mais de cento e cinquenta episódios com transmissão diária em 2000 conseguirá voltar a ter sucesso passados estes anos? Acredito que sim porque uma boa história de amor a lembrar os bons momentos do passado torna-se sempre num forte momento de nostalgia e crença.

Jardins Proibidos foi a primeira novela portuguesa que vi! Achas que irei perder a continuação das histórias que prenderam toda a família ao ecrã na altura? Não me parece!