Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

17.09.18

Instagram | Seguir para deixar de ser Seguido


O Informador

instragram.jpg

Vou comentar em modo de alerta sobre uma situação que há umas semanas tinha detetado mas que não levei a sério, pensando que tinha sido uma situação esporádica, mas entretanto percebi que a mesma peripécia voltou a acontecer comigo e com outras pessoas. 

Todos ou quase todos andamos pelo Instagram, já agora para quem não me segue é só clicar aqui, e existem novos seguidores que até gostamos das suas publicações e também começamos a ver o que vão partilhando pela rede social. Tudo bem, é legitimo, sendo também aceitável que eu possa seguir quem não me segue e vice-versa. O que não percebo é como um grupo tão grande de comunicação social nacional consegue andar a fazer «Seguir» pelas suas várias páginas a bloggers para depois quando têm a mesma resposta deixarem de ser seguidores. Ou seja, a intenção do grupo Impresa é só mesmo Seguir para serem seguidos dentro das várias páginas para depois se desconectarem, ganhando seguidores para virarem costas. 

Esta situação havia acontecido comigo à uns tempos com a página do Jornal Expresso. Seguiram-me, retribui e no mesmo dia deixei de ser seguido. Tudo bem, podiam não ter gostado do que partilhei, pensei na altura. Uns dias depois fui seguido pela página principal da SIC, segui mas fiquei atento e sabem que mais? Deixei de novo de ser seguido. Mais recentemente comecei a ser seguido pela página do programa Fama Show, sabem o que fiz? Nada! Até agora ainda sou seguido mas aposto que assim que os começar a seguir que retiram logo o gosto pelo meu perfil. Esta situação poderia ter acontecido só comigo, mas outros bloggers começaram a queixar-se do mesmo. É o caso da página The Girl Who Reads Books em que lhe aconteceu exatamente o mesmo com o Jornal Expresso e a SIC Notícias. Seguiram para serem seguidos e deixarem de seguir.

Já com pessoas comuns acho este tipo de comportamento desnecessário, mas uma grande empresa que pode ver as suas contas crescerem através de campanhas de marketing e mesmo publicações a promoverem outras páginas a andar praticamente a enganar o público? Um erro maior que só se cai há primeira porque percebendo a marosca já não se vai atrás destas ideias das personagens que comandam as redes sociais do grupo Impresa. 

Fica aqui o alerta para os mais desatentos!

28 comentários

Comentar post