Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Universitários-billboard

Iniciativas literárias no Alentejo

livros frigorifico.jpg

Rumar ao Alentejo em pleno Verão tem sempre algo de bom para além do descanso conseguido por terras quentes mas bem tranquilas e onde a paz de espírito parece existir. Este ano no Município de Alvito os velhos frigoríficos que já nada serviam para a sua função habitual conseguiram ganhar nova vida e aliaram-se ao mundo das letras para colocarem habitantes e turistas a lerem um pouco mais pelas ruas das aldeias e vilas. 

Perante o lema «livros fresquinhos de levar ler e devolver», vários frigoríficos foram reformulados e distribuídos por praças e até pelo complexo de piscinas para se tornarem em pequenas bibliotecas gratuitas e disponíveis a todos. De jornais diários, revistas semanais e livros, a leitura está a um passo de todos, sem existir necessidade de requisição. Com estes frigoríficos só é necessário abrir a porta, perceber o que existe, levar, ler e devolver assim que a leitura estiver despachada. Podem ler nos bancos de jardim, levar até à esplanada do café da esquina ou até para casa, desde que devolvam no fim. Ao devolverem livros acredito que a ideia seja também deixarem livros que tenham por casa e os queiram doar e foi perante esse lema que levei a minha ideia em diante.

Nas férias lembrei-me que tinha na mala do carro quatro livros infantis para doar a um biblioteca e dois de adulto e no último dia, quando já colocava as malas para regressar a casa, veio à lembrança que os podia deixar num dos frigoríficos da aldeia e assim o fim. Ficaram entregues à sociedade, bem guardados, esperando que venham a ter utilidade e sejam lidos por várias pessoas nos próximos tempos. Fiz a minha doação literária de Verão por também ter gostado da iniciativa e perceber que por vezes simples ideias acabam por se revelar boas criações!

frigorifico livros.jpg

2 Comentários

Comentar post