Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

17.03.17

Grandes Histórias de Amor


O Informador

grandes histórias de amor.jpg

Autor: José Jorge Letria

Lançamento: Janeiro de 2017

Editora: Guerra e Paz

Páginas: 216

Classificação: 2 em 5

 

Sinopse: Incendeiam este livro histórias de amores arrebatadores como os de D. Pedro I e D. Inês de Castro, Simone de Beauvoir e Jean-Paul Sartre, Almeida Garrett e a viscondessa da Luz, Ava Gardner e Frank Sinatra, Oscar Wilde e Lord Alfred Douglas, John Lennon e Yoko Ono, Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro. Afinal, como escreveu Luís de Camões, o amor é «fogo que arde sem se ver». O fogo que arde neste livro pode não se ver, mas queima.

Os grandes amores desafiam as barreiras do tempo e do espaço e, muitas vezes, é a sua dimensão trágica que os mitifica e eterniza. Nestas páginas há histórias de amor heterossexual e homossexual, antigas e modernas, famosas e menos conhecidas, mas todas elas capazes de nos fazer suster a respiração.

 

Opinião: De Adão e Eva a Pedro e Inês para os amores mais recentes de Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro ou John Lennon e Yoko Ono, Grandes Histórias de Amor é um ponto entre várias reticências dos grandes romances que marcaram a sociedade e que se eternizaram de uma maneira ou de outra ao longo dos tempos.

Pela mão de José Jorge Letria, esta obra reflete um pouco cada forma de amar de figuras impares da nossa História. Os beijos roubados atrás do palco, as grandes viagens românticas, as declarações, os desaires, inconfidências, traições e verdades, tudo serve como fonte de inspiração para se percorrerem vidas que foram passadas com um grande amor que nem sempre esteve presente mas que marcou de certa forma uma etapa de cada momento que se conseguiu eternizar com o tempo e junto de todos.

Através de pequenos e rápidos textos, o autor conduz o leitor por histórias já conhecidas, umas mais célebres que outras, ao longo do tempo. Vários são os pares que tomam lugar nesta narrativa onde pormenores são contados de forma leve, sem grandes exatidões para que somente seja feito um exercício de lembrança junto de quem gosta de apreciar um bom romance real possa depois procurar mais sobre cada par, cada amor e cada verdade do que é relatado de forma pessoal e ao sabor do que ficou para contar ao longo dos anos que vão passando.

Sinceramente acho este livro um pouco fraco, podendo cada história estar bem melhor desenvolvida ao ponto do leitor se sentir agarrado através de um maior desenvolvimento de cada facto. Somos convidados a conhecer, entramos na história e depois tudo termina de forma rápida, não existindo uma posterior lembrança e noção de quem é quem, pelo menos estre os casais ou possíveis casais que não são tão conhecidos pelo leitor. Alguns dos textos ficaram, mas mais aqueles que já tinha na memória, não me lembrando agora, horas depois em que escrevo este texto, de partes do que li porque não consegui encaixar os protagonistas na sua história para me ficarem na memória posterior e saber daqui a uns tempos quem amou quem e de que forma. Noto que se tivesse um maior desenvolvimento histórico que as coisas podiam correr bem melhor, mas este livro deixa-se ficar por breves resumos dos feitos amorosos que marcaram os amantes de ontem e foi para isso que foi criado, quem sabe como ponto de partida para algo que possa surgir de forma mais elaborada daqui a uns tempos, não se sabe.

Bom para quem gosta de apreciar uma bela e real história de amor mas mau para quem gosta de se envolver na história e não tem tempo para tal.