Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

05
Jan19

Falemos de má vizinhança?

| O Informador

vizinhança.jpg

Hoje apetece tocar no tema dos maus vizinhos que por vezes nos aparecem pela frente sem que tenhamos pedido tais acontecimentos. 

Vivo numa espécie de prédio onde partilhamos a escada para o primeiro andar com quem vive justamente na casa do lado. Foram anos a viver ao lado de uma senhora viúva que me viu crescer, mas com a sua morte a casa foi vendida e o seu novo proprietário resolveu alugar o espaço a uma família meio complicada. Pois é, além de não serem lá muito simpáticos, estas pessoas conseguem estar há mais de dois anos a viverem no prédio, a partilharem as escadas connosco e nem uma vez pensaram que deveriam limpar e lavar as escadas que frequentam. Coragem é mesmo ver que a sua entrada tem as marcas dos pés por ninguém lá passar vassoura e esfregona, sendo o resto das escadas limpas porque nós, pessoas normais, não gostamos de pisar lixo que sempre vai aparecendo pelos degraus. Será que estas pessoas não têm consciência que vivem em sociedade e que convém colaborarem nas limpezas coletivas? 

Não limpam mas sujam, batem com as portas de casa como se estivessem a ser seguidos por algum alienígena faminto, os vidros das janelas e mesmo a porta estão tapados com panos bem escuros para que não sejam vistos, fumam dentro de casa, não abrem janelas e a varanda que conseguimos ver está recheada de sacos e lixo, isto já para não falar de quando se lembraram de fazer grelhados justamente na varanda com o fumo a entrarmos em casa, mas nesse caso foram avisados porque já estavam a abusar da sorte. A isto podemos chamar de boa vizinhança?

A única coisa que esta família tem de bom é que estando dentro de casa não se ouvem, não existindo qualquer barulho que passe para as casas do lado. Estarão sempre a dormir ou existirá um pacto de silêncio? Pelo menos nesse sentido não incomodam, mas em tudo o resto a socialização não é das melhores pela falta de cuidado de adultos que certamente deixaram os seus valores morais para trás.

Felizmente que pouco nos cruzamos porque andam sempre a correr para não serem vistos pelas ruas! Ao menos isso!

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Banner mrec Saldos 2019

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Happy

    Eu vi e gostei muito!

  • Gorduchita

    Não defendendo de forma nenhuma a empresa de medic...

  • O Informador

    É possível porque nas carrinhas é mesmo para despa...

  • O Informador

    O meu não perde o contacto com o cabo, mas só liga...

  • Anónimo

    Quando vou à medicina do trabalho num edifício ond...

Mensagens

Pesquisar