Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

23.11.15

Envelhecer com calma


O Informador

Lá fora a chuva batia, o vento fazia-se sentir e o som comum das conversas de quem passa não existia! Cá dentro a cama servia para me aconchegar na manta, a televisão passava episódio atrás de episódio de Scandal e o ecrã do telemóvel ia ligando com novos alertas das redes sociais. O Inverno chegou de vez e é tempo de ficar em casa a aproveitar o que sabe cada vez melhor!

Ouvir o mau tempo que se faz sentir na rua, saber que o frio veio para ficar por uns dias e ter tudo à mão dentro de quatro paredes sem ter de sair é perfeito. Comer o que ajuda a aquecer, ficar enrolado nas trouxas quentes, apreciar a ficção nacional e internacional, ligar-me ao mundo pela internet, possuir livros e acima de tudo descansar o corpo e a mente são os bens essenciais que por estes dias mais se aprecia.

Aos poucos tenho aprendido a desfrutar das coisas boas do lar, sem sentir a necessidade de sempre sair como por outros tempos. Antes, tivesse chuva ou fizesse sol, tinha de sair de casa, nem que fosse por uma hora, sentindo que se ficasse fechado o dia não corria da melhor maneira. Agora consigo aproveitar os momentos caseiros, sei entreter-me e ficar por aqui sossegado, sem aquelas necessidades de sair, gastar inevitavelmente dinheiro, ver pessoas, andar debaixo do mau tempo, circular de um lado para o outro, por vezes sem sentido algum...

Uma coisa positiva do envelhecimento é esta! Os anos vão passando e a calma vai conquistando os seres mais irrequietos do mundo! 

23 comentários

Comentar post