Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ebooks-billboard

Elite 4 | Remexeu e abusou...

elite 4.jpg

E eis que na quarta temporada Elite continua com várias personagens já conhecidas mas ganha um novo fôlego com a chegada de um novo diretor e a sua família de três filhos ao colégio, Ari, Mencía e Patrick e também do príncipe Phillipe, estando estes quatro jovens destinados a mexer com as restantes personagens que transitaram do passado. Numa temporada que parece remexer no que já foi feito para dar de novo quase a mesma história com novos rostos, a nova fornada da série espanhola foi notoriamente realizada para colocar o público a comentar. Bastantes cenas de sexo, destruição pessoal e conflitos são a base da série juvenil que continua a fazer as delícias dos tops mundiais da Netflix. 

Numa junção entre o romance e as traições com bastantes cenas de nudez e onde os crimes e os interessem ganham destaque, a quarta temporada de Elite reúne em oito episódios um núcleo de personagens que demonstram que é em torno do sexo que tudo se pode resolver para se atingirem fins. Com atores com idades um pouco acima dos 20 anos mas a darem vida a personagens de 18, como tem vindo a ser hábito nas séries do género para facilitar todo o processo legal e ao mesmo tempo mostrar corpos definidos, Elite continua a trazer consigo a ousadia inserida no luxo, em vidas que parecem perfeitas mas que ao mesmo tempo escondem grandes problemas. Nesta temporada especifica olho para o enredo criado por Carlos Montero e Dario Madrona como que a percorrer um caminho paralelo do que pode ser considerado porno, mostrando demais e criando demasiadas cenas em determinados episódios em que parece que todos seguem as mesmas leis, levando a que as cenas sexuais surjam em demasia em tão poucos minutos seguidos, o que pode não correr bem no futuro junto da ideia de que "o que é demais enjoa".

Depois e falando da história rotativa que pode acabar por cansar por prender personagens e ao mesmo tempo apresentar novos núcleos como substituição. Elite parece ser daquelas produções que ao servirem poucos episódios por temporada acaba por não cansar, no entanto ao final de quatro temporada os mais atentos conseguem perceber que determinadas personagens estão rotuladas para seguirem um caminho sempre mais do mesmo. Os que se apaixonam e são usados, os traidores, os vadios e os problemáticos, sem querer falar nos conquistadores, os que estão sempre prontos para se meterem entre casais formados, os mal feitores e os vingadores. 

Com várias pontas soltas a serem deixadas para o depois, onde podem nem ser esclarecidas, esta temporada de Elite mostra tudo no primeiro episódio, roda em circulo ao longo dos restantes para terminar com um novo assassinato que ficará por esclarecer na próxima sequência de episódios, embora saibamos quem foi o culpado. Onde já vimos um crime acontecer e depois a próxima temporada começar sem quase se falar do passado? Parece que desta vez não será diferente, porque percebemos que da terceira para a quarta vaga tudo ficou limpo com o regresso às aulas de todos como se nada tivesse acontecido na noite de final de ano escolar. 

Ao mesmo tempo percebemos que nesta roda os que já seguem de trás acabam por perder impacto, vendo as suas próprias histórias pessoais perderem ritmo e consistência para serem baralhados e darem de novo, como é o caso do casal Omar e Ander que ficam ameaçados pela intromissão de Patrick, já Rebeka perde toda a sua liberdade por se sentir atraída pela recém chegada Mencía, perdendo o impacto que tinha anteriormente, tal como a velha guerra de saias entre Guzmán e Samuel que continua, mudando a conquista, mas continuando num mais do mesmo que parece ser eterno, chegue quem chegar. 

Que preparem agora a quinta temporada com base no que foi feito desta vez, esclarecendo mais, mostrando menos e encaminhando a história sem esquecer o passado de cada personagem.

elite.jpg

Podes ver também as Histórias Curtas que foram lançadas antes do lançamento desta quarta temporada...

Histórias Curtas de Elite - Nadia e Guzmán

Histórias Curtas de Elite - Guzmán, Caye e Rebe

Histórias Curtas de Elite - Carla e Samuel

Histórias Curtas de Elite - Omar, Ander e Alexis

4 Comentários

Comentar post