Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

mw-billboard

Elite 3 | Continua o sucesso...

Publicado por O Informador, 19.03.20

elite 3.jpg

 

Três temporadas e a renovação do sucesso continua a imperar para com o fenómeno da série espanhola Elite. O mistério em torno de um crime continua a ser a arma forte desta série Netflix onde não falta um bom e muito bem conduzido argumento. 

Usando a fórmula das temporadas anteriores, Elite não perde o ritmo e não esquece o que já aconteceu nos episódios anteriores, baseando-se ainda na morte de Marina logo na primeira temporada. Continuando a destacar as diferenças sociais, onde temas como o preconceito, aparência, chantagem, influência, hierarquia, poder, traição e submissão se cruzam com paixões, jogos de sedução, homossexualidade, drogas, doenças e crimes que se destacam na vida de um grupo de jovens estudantes de um colégio privado onde todos têm o seu lugar. 

Vivendo de grandes reviravoltas e recheada dos dramas habituais e que levam a algumas personagens a ganharem um maior destaque ao longo da temporada, a terceira fase de Elite retrata o ano final para muitos antes da passagem para a universidade, mostrando as preocupações, o poder económico para se seguir em frente, as bases para se conseguir e o que outros fazem para que os jogos de sedução os consigam levar em diante numa vida estudantil. Com isto e porque as entradas e saídas de personagens são fundamentais para ajudar a movimentar a histórias, dois novos alunos chegam ao colégio, negros por sinal, o que é uma estreia na série, e ambos trazem consigo as oportunidades para mexerem com o que teoricamente já estava estabelecido nas relações existentes. Apresentados como novos pares amorosos, rapidamente se entende que estes dois novos alunos não surgem somente com essa finalidade, mexendo com outros pontos e personagens para fazerem mexer e tocar em outros temas como os interesses e traições dentro do próprio seio familiar. 

A par de tudo isto existe o crime habitual para ser debatido e deixar o espetador curioso e em suspenso para descobrir quem o praticou. O assassinado é logo revelado de início, restando saber, como sempre, quem praticou o ato e esse é dos mistérios bem guardados mesmo até ao último episódio, que simplesmente posso revelar que me deixou surpreso por tudo o que acontece, pela forma como cada cena é tratada para que nada falhe na preparação de uma quarta fase que deverá surgir em breve. 

Com cada episódio a dar destaque a uma personagem, como os próprios nomes dos episódios indicam, existe quem acabe por ter um desenvolvimento bem destacado nesta temporada, ganhando espaço e conquistando com todo o processo renovado do «quem matou?», que ganha nova vida nestes episódios.

Esta série tem todos os ingredientes necessários para continuar a conquistar sem cansar o público. Que venha a quarta fornada de episódios porque desta vez voltou a parecer tão pouco. Numa próxima temporada já sabemos que existem personagens que poderão não aparecer com tanto destaque porque terminaram a sua fase de estudantes no colégio, no entanto Elite tem sempre bases para continuar a desenvolver, chamando novas histórias e utilizando também quem saiu e que continua em suspenso no tempo para poder voltar com novos temas. 

Vejam a espanhola Elite porque o mérito do seu sucesso está lá todo!

 

8 Comentários

Comentar post