Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

17
Set20

É reality, é Teresa!

Teresa Guilherme - Imagem da revista Vip

Imagem VIP

 

Podem dizer o que quiserem sobre os apresentadores que a TVI tem escolhido para apresentar os mais recentes reality shows, mas o que é certo é que Teresa Guilherme é a rainha e após uma estreia tão bem auspiciosa com a apresentadora como peixe na água e logo a colocar os pontos nos is com a entrada dos concorrentes, eis que no primeiro final de tarde em que entrou em direto para serem feitas as primeiras nomeações, a ordem voltou a ser colocada para que os jovens moradores da casa da Ericeira não se estiquem como aconteceu na última edição do formato.

Concorrentes a falarem no momento das nomeações e ao mesmo tempo que a Teresa a ouvirem uma expressão do estilo, «quando uma burra velha fala, a nova fica calada» a colocar desde logo uma das concorrentes a pedir desculpa por estar a falar ao mesmo tempo que a apresentadora. Não pedindo justificações perante as nomeações e tudo feito de forma rápida, Teresa sem falhas com os nomes dos concorrentes, dando sempre uma dica por meias palavras conforme falava de forma rápida com cada um, brilhando e mostrando que sabe bem o que faz, sem enganos e com todos os tempos tão bem cronometrados que não é necessário tirar espaço a uns para deixar outros brilharem. 

Podem surgir muitos Cláudios, Júlias, Gouchas e até Isabeis, no entanto a Teresa é mesmo única na apresentação de reality shows, comandando o jogo com as suas aparições, sabendo baralhar e apimentar com indiretas e mesmo discursos preparados para virar o jogo como entende que é necessário a favor do espetáculo. Vendo Teresa Guilherme na liderança de mais uma edição do Big Brother, exatamente vinte anos após a grande estreia do formato em Portugal, é caso para dizer que a apresentadora e os programas da vida real foram feitos no nosso país para continuarem a surgir no pequeno ecrã juntos enquanto for possível. 

13 Comentários

Comentar post