Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ebooks-billboard

«E ainda dizem que está mau!»

No Verão é inevitável ouvir-se o «E ainda dizem que está mau!»! Basta começar a dar uma notícia televisiva sobre as enchentes que acontecem pelas praias nacionais ou algum diretor de um hotel algarvio a falar da estadia elevada que a sua unidade hoteleira tem para as próximas semanas que logo alguém deixa escapar a famosa frase. Uma coisa parece-me ser certa, quem deixa escapar coisas deste estilo é porque não pode ir de férias e aí até aceito o comentário ou então é porque pode ir e prefere ficar em casa a passar os dias de descanso a que todos os trabalhadores têm direito, remoendo-se em vão!

Será que quem opta por ficar em casa a passar férias, mesmo podendo alugar uma casa ou enfrentar os cada vez mais acessíveis preços hoteleiros, não percebe que quando deixa escapar estes comentários sobre a sociedade que goza a vida porque pode está a mostrar ciúmes por não fazer o mesmo? É que as pessoas falam dos outros por fazerem isto ou aquilo e não olham para si próprias para perceberem que também podem ter o mesmo que os do lado, simplesmente não querem e preferem gastar o mesmo dinheiro de quem vai de férias a beber minis e a comer caracóis no café da esquina.

É um facto que muitas famílias não podem dispensar esse dinheiro para umas férias num local de praia ou para descansar por o orçamento ser apertado, mas aí a questão é outra. Agora quando sei que existe possibilidades para se desfrutar de uns dias fora de casa e fazem-se outras opções que levam a que se gaste o mesmo valor monetário, então aí não me venham com a cantiga de que todos gostam de viver há grande.

Quem vai de férias é porque pode e se não puderem, desde que não me peçam dinheiro emprestado, podem ir para a praia, neve ou campo há vontade porque isto não está assim tão mau para todos, só para alguns e para os que se queixam de barriga cheia. Gente invejosa!

Existe quem não possa e aí compreende-se que se fique em casa. Agora quem pode e prefere gastar em baboseiras e depois ainda mostra algum picanço quando assiste a uma notícia das férias dos outros... Poupem-me aos aziados do dinheiro no colchão!

Eu felizmente posso ir de férias para outras zonas por ter trabalho e conseguir guardar algum todos os meses para poder descansar quando tenho os meus merecidos dias. Quando não puder logo se verá... Mas se posso não vou ficar a chorar na tasca sobre a inveja que tenho dos outros!