Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ebooks-billboard

Bancos desconfinados

EFB008D0-BA00-492C-ACAE-EC69E4B2DEAA.jpeg

Os bancos de jardim voltaram a ganhar liberdade após dois meses em que ficaram confinados, suspensos e com fitas e placas a ditarem as regras do "não sentar" para quem passava.

Portugal começou a desconfinar aos poucos e os bancos de jardim voltaram assim a ficarem disponíveis, de forma legal, uma vez que muitos, eu incluído, sempre se continuaram a sentar de forma clandestina durante este período de tempo. Se as pessoas iam ao seu passeio diário e faziam as suas paragens, qual a necessidade de nos fazerem sentar nos muros, na relva, nas escadas, quando existe um banco mesmo ao lado? Qual a diferença de sentar no chão ou num banco em tempos de pandemia?

Os bancos voltaram a sair do castigo na sua totalidade após dois meses em reserva, já nós, queridos humanos, vamos ganhando liberdade aos poucos e com muito cuidado. Sentem-se agora de forma confortável mas com mil cuidados para não deixarmos de desconfinar ao longo das próximas semanas.

 

2 Comentários

Comentar post