Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

01
Mar16

As Cores de Um Amor Oculto

as_cores_de_um_amor_oculto_fnl_300dpi.jpg

Autor: Firmino César Gonçalves

Data: Dezembro de 2015

Editora: Chiado Editora 

Número de páginas: 282 páginas

Classificação: 3 em 5

 

Opinião: Oficialmente revelo que As Cores de Um Amor Oculto levou-me a fazer uma aproximação com a parte poética que há muito andava ausente da minha vida. Sendo este livro uma união de poemas e pensamentos do autor sobre o amor não correspondido ou magoado, página após página o leitor é convidado a conhecer um ser que sonha, prolonga as suas vontades e sente platonicamente o que está longe, o que não tem correspondência. O ser humano feminino é o verdadeiro amuleto do poeta apaixonado que idealiza um futuro a dois porque sozinho vale tão pouco em comparação com um amor correspondido. Não será a vida recheada de um vazio quando não é partilhada por dois seres que têm um sentimento em comum capaz de seguir de mãos dadas numa comunhão entre o belo, a paz e a paixão? Firmino César Gonçalves mostra como um poeta vive num amor não correspondido, oculto e abafado num mundo em andamento onde a vida pode ser efémera se não aproveitarmos os bons momentos que nos podem ser oferecidos dia após dia. Uma reunião poética refletida num trabalho de autor para ser apreciado aos poucos, em momentos calmos e de forma a ficar na memória!

 

Sinopse: No "As Cores de um Amor Oculto" encontram poesias, pensamentos ou desabafos com todo o sentir e muito pouco do pensar, uma escrita total de inspiração sem qualquer limite na disciplina da escrita ou regra poética, escrevo como sinto e não sinto como escrevo.

A Poesia ainda é mais bela quando trata das singularidades da Mulher, e como um eterno apaixonado de toda a essência, belezas e personalidades, escrevo com toda a Paixão, Amor e Admiração como forma de Homenagem a todas que inspiram e fazem a Alma transpirar.

2 Comentários

Comentar post