Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Árvore de Natal: conheces a tradição e história deste símbolo?

Publicado por O Informador, 13.12.19

 

Consegues imaginar o Natal sem uma bela árvore de natal, totalmente enfeitada, e, claro, sem todos os outros efeitos associados a esta altura do ano? Acredito que não, mas alguma vez paraste para pensar de onde surgiu a tradição da árvore?

Quero que tenhas este conhecimento, portanto vou dar-te todas as informações que precisas saber sobre a história e tradição deste símbolo natalício que é regra não só em Portugal, mas em todo o mundo.

 

História da árvore de Natal e a sua tradição

Há muitos séculos atrás já era tradição decorar plantas verdes como sendo um símbolo de fertilidade e vitalidade. Em outros locais os pinheiros eram usados para afastar os maus espíritos para que estes não entrassem e para nutrir a esperança pela chegada da primavera.

Já a verdadeira tradição de enfeitar a árvore no Natal pensa-se que venha da Alemanha, no ano de 1419, onde um padeiro decorou a sua árvore, ano após ano, com frutos de uma forma geral, os mais tradicionais e os frutos secos.

No dia de Ano Novo, as crianças podiam “sacudir” a árvore e comer o que caía da mesma. Ano após ano essa versão foi evoluindo, chegando ao ponto em que nos encontramos hoje, em que uma árvore de natal tem fitas, bolas e luzes.

A árvore de Natal tornou-se um símbolo tão conhecido que no parque temático do passeio marítimo de Algés, numa recriação da aldeia do Pai Natal, os efeitos estão incluídos (1), assim como acontece na maioria das cidades portuguesas nesta altura do ano.

 

Quando a árvore de Natal é enfeitada?

A decisão do momento certo para enfeitar a árvore é de cada um. Uns decidem enfeitar dia 1 de Dezembro, sem exceção, outros no mês de Novembro. Os mais fanáticos têm os efeitos durante todo o ano e, em Dezembro, apenas ligam as luzes.

No entanto, independentemente da data escolhida, a regra é juntar a família neste momento, com muitas fitas, bolas e luzes à mistura; por vezes, inclusivamente, outras figuras associadas a esta altura do ano. Caso tenha interesse nestes efeitos (2), consulte as mais de 32 página do catálogo De Borla.

A estrela no topo costuma ser colocada por um membro da escolha da família ou pelo membro de mais idade.

 

Além da árvore de Natal...

A árvore é um dos principais símbolos do natal, mas não é o único. Juntamente com a árvore, vem o presépio que retrata o nascimento do menino Jesus. Muitas pessoas, no entanto, exageram na compra das peças, portanto a pergunta impõe-se: precisamos mesmo do que estamos a comprar?

Muitas famílias também decoram a restante casa com quadros, fitas ou luzes. Algumas até aproveitam o exterior da casa e adicionam luzes que dão, sem dúvida, um ambiente convidativo.

 

Que outras tradições podem ser encontradas nesta época festiva?

A decoração é um dos pontos altos desta época festiva, mas não é a única. Outras tradições que deves conhecer são:

Prendas ficam debaixo da árvore ou dentro da meia: umas famílias deixam as prendas debaixo da árvore de Natal – iluminadas pelas luzes desta – enquanto outras penduram uma meia de Natal e colocam as prendas na mesma. Lembra-te que estas prendas devem ser compradas de forma consciente e inteligente.

Ceia na noite de 24 de Dezembro: a ceia de Natal é um momento de reunião de família, onde os pratos típicos são saboreados ao longo de conversas e gargalhadas.

Abertura dos presentes de Natal: dia 24 à noite, 25 à meia noite ou 25 de manhã – a escolha é vossa! Por vezes, como existem crianças ou familiares de mais idade, a primeira e a última opção são escolhidas, mas muitas famílias gostam de abrir os presentes no dia 25 à meia noite.

 

Agora que conheces a história da árvore de Natal e a tradição associada, faz deste um momento especial para toda a família. Enfeitem juntos e estejam todos presentes no momento de colocar a estrela no topo e no ligar das luzes.

 

natal o informador.jpg

 

Fontes do artigo:

(1) Conteúdo disponível em dn.pt (consultado a 2 de dezembro de 2019)

(2) Catálogo De Borla de Natal (https://www.kimbino.pt/deborla/)

(3) Infográfico: Kimbino