Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

mw-billboard

Apresento o Leitor e o Leitor!

Publicado por O Informador, 18.03.20

literatura.jpg

 

Neste canto de escrita resolvi dar espaço ao Leitor e ao Leitor, por nomes mais exatos, ao Leitor permanente de livros e imprensa nos tempos livres e por gosto e ao Leitor por obrigação, esporádico e por motivos tendencialmente profissionais. 

Os dois não se conhecem, convivem no mesmo espaço mas ignoram-se e por vezes têm pensamentos horrorosos um do outro. Se um tem nos livros e imprensa uma boa companhia de entretenimento cultural, passando algum do seu tempo livre entre histórias que o ajudam a viajar, sonhar e realizar, já o outro somente segue as novidades do dia-a-dia, estudando por obrigação e consultando dados porque o seu percurso laboral assim o exige. Um está de livre vontade de livro ou jornal na mão diariamente, já o outro sente-se na obrigação de ler para aprender, fazendo-o cansado e sem real vontade. Se o leitor livre e dedicado diverte-se com a literatura, o leitor por obrigação leva tudo como um sacrifício, lendo o jornal para estar a par da atualidade, procurando a revista para saber quais os novos progressos científicos na sua área para poder ter uma tirada de génio atualizado na reunião de emprego. Se um se diverte o outro é sisudo, tudo uma reflexão do que as pessoas são na verdade.

Na literatura é perfeitamente visível uma premissa universal. Entre fazer com vontade e obrigação, a satisfação ou a falta dela é tendencialmente notória. Caso para se dizer que «Gostar é desfrutar, obrigar é castigo!».