Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

06
Mar20

Aposta forte no BB2020

bb2020.jpg

 

Nuno Santos chegou à direção da TVI em Janeiro e aos poucos começou a mostrar algum trabalho a nível de programação e novos projetos, mas muito lentamente. O que tem feito de forma rápida é o número de contratações para criar o futuro do canal que foi líder durante anos para o deixar de ser com a saída de Cristina Ferreira para a SIC no final de 2018 e com o crescimento do canal da Impresa até à liderança. 

O novo diretor do canal de Queluz optou por ajustar futuras estreias e contratações para depois sim apostar forte com outros nomes que surgem de fora do canal e alguns até um pouco imprevisíveis mas que aos poucos começa a ser percetível a vontade de renovar, rejuvenescer e apostar no futuro de forma jovem, refrescante e onde o talento existe para desfolhar. 

A primeira grande aposta será no BB2020 e é nesse ponto que a primeira contratação, e também a que causou maior impacto foi mesmo a de Cláudio Ramos, que deixou os seus vários programas no universo SIC e mesmo a vizinhança de Cristina para abraçar a apresentação do regresso do Big Brother aos ecrãs nacionais. O Cláudio mudou, foi anunciado e começou a trabalhar. Os dias passaram e nada mais parecia acontecer dentro do que seria a aposta no reality show, começando o público a pensar que toda a restante equipa seria um pouco mais do mesmo do que foi feito anteriormente. Eis quando novos nomes foram anunciados e quase de rajada. Ana Isabel Arroja e Rui Simões, ambos rostos e vozes da Rádio Comercial, passarão também a entrar na casa dos portugueses com um papel a anunciar nos vários blocos diários do B2020. A surpresa surge logo de seguida com a contratação de Mafalda Castro, que esteve na equipa da última edição do programa da RTP, The Voice, onde acabou por ser a revelação ao lado de Catarina Furtado e Vasco Palmeirim. A influencer e responsável pelas manhãs da Mega Hits também está na equipa do novo Big Brother, sendo, segundo a direção do canal, uma aposta que chegou ao canal para ficar. Agora e sem se esperar, Ana Garcia Martins, a conhecida blogger A Pipoca Mais Doce, surge como comentadora residente do reality show e a grande promessa Maria Botelho Moniz, que nos últimos anos tem mantido um papel ofuscado na SIC, troca de canal e deixa a reportagem do programa de João Baião e o comentário no Passadeira Vermelha para ser uma das apresentadoras dos blocos do BB2020.

Há um mês estes nomes eram inesperados de ser chamados pela direção da TVI, agora começam a fazer sentido através dos pontos fortes que a equipa de Nuno Santos tem revelado sobre o futuro do canal. O lema é «a mudança começa agora» e até os rostos centrais do canal parecem estar em renovação para baralhar, dar de novo, intercalando com a apelidada novidade de quem promete e não teve até aqui a oportunidade de se destacar. Estes nomes, e mais uns quantos que devem estar para surgir, são o futuro da televisão e é nessa visão que parece estar o destaque do canal que caiu e agora tem a ambição de continuar a levantar o que correu mal em mais de um ano para voltar a ser o que era. 

Um líder que sabe o caminho e que foi mentor de Daniel Oliveira, uma equipa que já toda ela esteve na frente de grupos de sucesso, da rádio à televisão, um conjunto de novos profissionais a ser chamado para reforçar quadros e ajudar na mudança com vontade e um público curioso com as três etapas de mudança que já foram anunciadas para acontecer ao longo deste ano. Primeiro vem o BB2020 e uma nova linha de ficção para terminar com a atual que não conquistou o público, isto ao mesmo tempo que na informação as mudanças estão prestes a acontecer. Em Junho está previsto o Euro2020 se tudo correr como previsto, levando a que outros horários para além dos jogos de futebol sofram mexidas com novos produtos e rostos a marcarem a diferença da TVI bafienta e repetida dos últimos anos. Depois em Setembro aparecerá a terceira etapa onde está prometida a alteração final nas manhãs e tardes do canal. 

Por agora, os novos rostos estão a ser anunciados em catadupa, os novos formatos a serem analisados e quem já se esteja a preparar para acolher quem chega e com quem irão trabalhar e desenvolver novos esforços. Se isto vai resultar? A esperança está muito em cima do reality show e isso é notório por tanta aposta a ser feita, no entanto é necessário fazer bem, diferente e não cair no erro de outros tempos, o que aparentemente não vai acontecer pela forma como tudo está a ser preparado para provar a diferença e a novidade. 

Prognósticos só mesmo no final do jogo, no entanto estas contratações inesperadas e que causam algum espanto por cortarem com o que tem sido feito nos últimos anos já demonstram a intenção de arriscar para reconquistar. O tempo e o público dirão se este será o caminho correto, mas a verdade é uma, alguns dos melhores do futuro já estão contratados!

 

 

Compra o mais recente livro de Cláudio Ramos

eu cláudio.jpg

2 Comentários

Comentar post